Aumento de tarifa de ônibus em Taboão da Serra

aumento de passagem de ônibus

Ônibus em Taboão da Serra. A cidade da Grande São Paulo, que conta com uma frota municipal de 107 veículo, agora tem uma das tarifas mais altas do País, passando de R$ 2,75 para R$ 3,00. O aumento é superior a inflação acumulada desde janeiro do ano passado, quando houve o último reajuste. Prefeitura alega que os custos dos transportes, principalmente pneus, aquisição de veículos e salários, tiveram também crescimento acima da inflação.

Tarifa de ônibus sobe em Taboão da Serra
Valor de R$ 3,00 é um dos mais altos do País e pegou muita gente de surpresa

ADAMO BAZANI – CBN

Sem grandes avisos, Taboão da Serra, na Grande São Paulo, começou o ano com aumento de passagem de ônibus municipais nesta segunda-feira, dia 02 de janeiro de 2012.
O reajuste de 9,09% elevou as tarifas de ônibus de R$ 2,75 para R$ 3,00.
Assim, ao lado de Campinas e da Capital Paulista, Taboão da Serra tem agora uma das tarifas de ônibus mais caras do País, mas sem oferecer as integrações entre diversas linhas e outros meios de transporte e sem trajetos longos, como ocorre na cidade de São Paulo, onde há linhas que demoram mais de três horas para serem percorridas.
O reajuste se deu por um contrato entre a Prefeitura de Taboão da Serra e a empresa operadora Fervima.
O último aumento foi em janeiro do ano passado, quando a tarifa de ônibus passou de R$ 2,50 para R$ 2,75.
A prefeitura justificou o percentual, acima da inflação média do período, aos custos de operação dos transportes, que também teriam subido mais que a inflação. Pneus, combustíveis e salários de motoristas teriam sido os itens que mais pesaram na composição do reajuste.
A frota de ônibus municipais de Taboão da Serra é formada por 107 veículos, entre vans, micro-ônibus e ônibus convencionais.
Adamo Bazani, jornalista da Ràdio CBN, especializado em transportes

10 comentários em Aumento de tarifa de ônibus em Taboão da Serra

  1. Tânia Mara Gomes // 3 de Janeiro de 2012 às 10:16 // Responder

    Absurdos R$ 3,00 para um transporte devassado, ônibus que mais parecem carroças velhas, sem cobradores, com motoristas mal humorados, que mais parecem levar animais do que pessoas… Outro dia peguei o circular 8 com um buraco imenso no chão, no fundo do ônibus, e a BURRA aqui ainda tem que pagar 3 reis, sendo que nem integração eu tenho????

  2. mora em Taboão da Serra a 20 anos,e é um absurdo este onibus circular que só vai até o taboão e volta e ainda mais nem tem cobrador os passageiros correm ricos pois os proprios motorista cobram a passagem com o veiculo em andamento,é ridiculo nós pagarmos 3,00 reais,sendo que em são paulo percorremos um percurso maior e temos integração,isso é uma falta de respeito para com os moradores,o prefeito está querendo aproveitar o crescimento do municipio e implantar um valor absurdo.Espero que todos os moradores vejam isso e prestem atenção na hora de votar pois com o Evilasio na prefeitura já tivemos aumento duas vezes do circulares.

  3. Moradores de Taboão da Serra deveriam lutar pela chegada da Metrô 4 Amarela e por um BRT na Estrada do Campo Limpo até a Metrô 5. Aí sim: linhas locais de rotas menores acessariam Metrô e BRT. Tem que cobrar forte o Governo do Estado, não só a Prefeitura.

    Como ocorreu em outras rotas de ônibus, a concorrência com o Metrô eliminaria naturalmente muitas rotas inúteis/defasadas.

    A insuportável saída para a Regis Bittencourt precisa ser resolvida, para melhorar toda a mobilidade de Taboão. Apesar de cara, via expressa em desnível tipo “trincheira” (como a da São Bernardo) seria ótima solução, preservando bastante a cidade. Permitindo que as rotas de ônibus fossemr reorganizadas com eficiência.

  4. Adamo, sua postagem sobre aumento da tarifa em Taboão da Serra foi repicada no blog abaixo, e compartilhada no Facebook.
    Um abraço, e obrigado pela abordagem do assunto.
    David da Silva
    blog Bar & Lanches Taboão
    http://barelanchestaboao.blogspot.com

  5. Taboão da Serra é uma cidade com cerca de 22 Km quadrados, faz divisa com a capital em muitos bairros, é comum haver uma demanda de passageiros que residem em TS nas linhas municipais da capital da área 8XXXX, além disso a cidade é dividida pela BR116 (Rod. Regis Bittencourt) as linhas circulares começaram ser operadas na cidade nos anos 90, lembro-me até hoje dos ônibus brancos com faixas verdes e lilás que operavam na cidade, a pintura lembrava muito a da EPT de Santo André, engraçado é que não tinha nome nas empresas, operavam modelos Amélias usados vindos da Del Rey Carapicuiba depois chegaram uma enchurrada de Ciferais GLS usados do Rio, a Viação Pirajuçara também operava algumas linhas circulares se não me engano a linha 5, já por volta de 2000 começaram operar uns ônibus Busscar Urbanuss OF1721 amarelos juntamente com uns Alphas e Cidades vindos de BH, com o passar do tempo a cidade foi infestada de Vans fazendo as linhas circulares disputando passageiros com os ônibus, foi no primeiro mandato do prefeito Evilásio Farias iniciou um processo de legalização das Vans, nesse processo foram introduzidos micros onibus tipo Volare, Neobus Thander, Ivecos Daylly e Sprinters. No segundo mandato a prefeitura coloca todos as Vans e micros na ilegalidade, ou seja, aumenta-se as exigencias para operação e muitos são obrigados sair do sestema de TS, a partir disto a Viação Pirajuçara e Fervima assumem de vez todo o transporte municipal da cidade de Taboão da Serra, o que podemos entender há um monopólio, porém há de se dizer que o “contrato” e não licitação previa a renovação e introdução de ônibus novos, mas é fato que alguns ônibus baixados do serviço EMTU na Viação Pirajuçara são transferidos para a FERVIMA ou Pirajuçara Municipal. Concordo plenamente com todos que o valor de R$3,00 não condiz com a realidade das linhas da cidade, pois não há integração de linhas e nem terminais municipais, além disso a população que mora nos limites com a capital utiliza as linhas da capital e o bilhete único, não de fato um estudo e muito menos reorganização das linhas por parte do poder público, é a empresa que define quais linhas e horários para operar, um exemplo é a linha Circular 02 que tem uma demanda grande por causa do Shopping Taboão, pois muitos moradores da capital como eu frequenta esse Shopping, e podemos observar que essa linha tem mais ônibus que outras e também opera veiculos mais novos, já a linha 06 que faz um trajeto mais periférico quase na divisa do Embú das Artes opera veiculos mais antigos, ex-EMTU e tem intervalos maiores em algumas horas do dia em que não há muita demanda. Espero ter contribuido com todos e todas, quero aqui deixar meu Feliz Ano Novo para o Adamo e todos que amigos e amigas, como sempre meu forte abraço.

    • RobertoSP
      As ótimas explicações me convencem mais ainda da necessidade da Metrô 4 na região com BRT na Estrada do Campo Limpo até a Metrô 5.
      É surreal o governador prometer Metrô e a cidade aumentar deste jeito as tarifas de ônibus.
      Taboão é – mais um – forte exemplo da NECESSIDADE URGENTE de uma Autoridade Metropolitana de Transportes que englobe os 39 municípios da RMSP.

      Até quando vão enrolar o usuários?!!

  6. Eu sou morador aqui de Taboão da Serra, e sempre utilizava essas linhas quando precisava economizar…oque já não acontece mais…atualmente é mais barato vir de Embú para cá (com a linha 347) do que circular no próprio Taboão…Estou revoltado!!! Aqui não há: integração, há bairros mau atendidos pelo transportes, os coletivos nem todos são novos, alguns são reformados que antes eram das linhas intermunicipais….E outro grande problema é não ter cobrador. Muitos passageiros ainda pagam com dinheiro,e o fato de não ter cobrador torna as viagens mais demoradas pois enquanto um passageiro está embarcando há outros esperando para entrar devido ao pouco espaço entre a porta e a catraca e o tempo perdido na troca do dinheiro…o que impede o motorista de partir enquanto está cobrando e há pessoas embarcando…é terrivel!!!!!!!!!!!!!

  7. Prefeitura de Taboão da Serra proibiu manifestantes de ligar caixas de som na energia elétrica da praça onde ocorreu um protesto contra aumento da tarifa na tarde desta sexta-feira dia 6 de janeiro.
    Novo ato público está convocado para a tarde de sábado 7 de janeiro.
    http://barelanchestaboao.blogspot.com/

  8. ANTONIO CARLOS SOUSA SANTOS // 8 de Janeiro de 2012 às 23:34 // Responder

    COLETA ASSINATURA DE ABAIXO ASSINADO E PROPONHA AO MINISTÉRIO PÚBLICO DE TABOÁO DA SERRA PROPOR AO JUDICIÁRIO PROVIDÊNCIA PARA QUE SEJA VALOR DE PASSAGEM DE ONIBUS DE TRANSPORTE PÚBLICO DE NOSSA CIDADE COBRADO VALOR JUSTO.
    OBRIGADO
    ANTONIO CARLOS SOUSA SANTOS
    CONHECIDO SOUSA SANTOS

  9. Realizaremos um pesquisa aprofundada do assunto e iremos recorre aos nossos direito.
    ABSURDO SER A PASSAGEM MAIS CARA DO PAIIIIIIIIS,para ônibus que só dão volta no quarterão –‘

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: