TRANSPORTES: Um balanço de 2011

Transportes

Trólebus de São Paulo. Os ônibus elétricos foi um dos principais assuntos do ano em relação a transportes, tanto de forma positiva, como negativa. Negativamente, as denúncias envolvendo integrantes do Consórcio Leste 4 que mostraram indícios de corrupção, fraudes e má prestação de serviços numa das maiores áreas operacionais da Capital Paulista. Do ponto de vista positivo, o anúncio e o início da renovação da frota de trólebus da cidade, que teve relação com as denúncias. A Empresa Himalaia deixará de operar os veículos de tecnologia limpa para a Ambiental Trans, do Grupo Ruas, assumir os serviços, já colocando trólebus novos nas ruas. Foto: Adamo Bazani.

Retrospectiva 2011 O que temos a comemorar??
Ano foi marco por altos e baixos no setor de transportes. Enquanto as políticas de mobilidade pouco avançaram a indústria aperfeiçoou modelos e soluções para o setor. Perdas de historiadores também marcaram o ano
MARCOS GALESI – TÉCNICO EM TRANSPORTES
Em 2011 os transportes terrestres passaram por grandes transformações algumas visíveis e concretas e outras imperceptíveis e virtuais.
Muitas empresas de ônibus investiram na renovação de seus veículos, foram comprados por algumas empresas mais ônibus articulados e em outras carros padron e básico.
Foi o ano que o Dr.Adriano Branco concedeu uma entrevista ao Milton Jung exaltando as qualidades do trólebus e também alertando as autoridades com relação à falta de corredores na cidade de São Paulo, e do colapso do trânsito num futuro próximo.
Foi o ano em que houve várias reuniões tanto no fórum de transporte da Zona Leste com a participação do Vereador Zelão e assessores de outros vereadores e deputados em algumas delas, onde insistentemente inclusive na Câmara Municipal foi reivindicado o Corredor Celso Garcia bem recebido pelos vereadores, mas por parte do prefeito Gilberto Kassab foi “rejeitada” a proposta do corredor e foi feita uma proposta para que o trajeto fosse coberto pelo metrô. Mas o fórum de transportes da Zona Leste não desiste, visto que o metrô ainda demorará anos para ser construído, pois o metrô tem outras prioridades.
O ano foi marcado também com a morte dos historiadores Professor Waldemar Correia Stiel que muito contribuía com a história e preservação dos transportes elétricos em seus livros e do Professor Waldir Rueda, grandes defensores do transporte eletrificado em especial o trólebus. Vale destacar que o Professor Waldir Rueda entrou com uma ação junto ao Ministério Público para defender o trólebus de Santos que estava próximo da desativação do sistema, além disso, foi solicitado junto aos órgãos de preservação histórica, o tombamento da linha 20- Praça Independência – Praça Mauá, luta na qual está sendo prosseguida mesmo com o falecimento do professor Waldir Rueda.
Tivemos também no corredor ABD, o DIA DE FAZER A DIFERENÇA encabeçado pela dona BEATRIZ SETTI BRAGA com a parceira METRA, VIAÇÃO ABC, E SBCTRans e outras parceiras na qual foram plantados centenas de arvores ao longo deste corredor.
Este ano também foi marcado com a 17ª. Semana Metroferroviária na qual foram explanadas várias propostas e tendências, para a rede de metrô e CPTM até 2030.
Este ano foi marcado pelo EVENTO TRANSPÚBLICO na qual foram exibidas as mais novas tendências para o transporte público sobre Pneus e na oportunidade foi lançado a carroceria CAIO MILLENIUM III e também o lançamento dos novos chassis VOLVO linha F baseado na motorização dos caminhões linha VM, a SCANIA com o seu mais novo motor K 310 e a MERCEDES BENZ com os novos lançamentos como o OF 1721 ELETRÔNICO, o OF 1724 e a mais nova linha de chassis de articulados o UDA e o OMA que são chassis que vieram como resposta aos VOLVOS B9Salf, pois podem ser estendidos em até 22 metros. Infelizmente foi notado a falta da BUSSCAR neste evento de suma importância. Por falar em BUSSCAR, este foi o ano da AGONIA. Houve também vários destaques na TRANSPÚBLICO como, por exemplo, novas carrocerias rodoviárias como o Roma da Mascarello, a IRIZAR, a COMIL e claro que não poderia faltar a MARCOPOLO com seu modelo BRT. Falando em BRT, a Neobus também fez o seu lançamento do seu BRT e do BRS do Rio de Janeiro.
Tivemos também o evento NEGÓCIO NOS TRILHOS na qual houve mais de 450 expositores onde foram apresentadas as novidades do setor. Destaque para o MONOTRILHO que ficou exposto em tamanho natural para que a população tivesse idéia do mais novo modal de transporte que circulará na Cidade de São Paulo logo em 2013. Inicia-se a construção da primeira fase do monotrilho na Anhaia Melo até Oratório.
Este ano foi marcado também pelo evento FENATRAN na qual foram expostos vários veículos como Daf Holandesa (vai operar no Brasil a partir de 2013) as chinesas como a Fóton, além as tradicionais Mercedes Benz, Ford, Volkswagen, Volvo, e destaque para a SCANIA que expôs o seu veículo movido a combustivel verde, “Caminhão movido a ETANOL.
Por falar em combustível limpo, a empresa METROPOLITANA entrega a população 50 veículos Scania movida a ETANOL. Os consórcios Sambaíba, Bandeirante e VIP entregam seus veículos novos a serviço a população.
Também relembramos e atualizando os noticiários, sobre a área 4. A HIMALAIA TRANSPORTES deixa de operar por maus serviços e a pedido do Ministério Público e a ETC NOVO HORIZONTE fica com as linhas DIESEL deixando a operação dos trólebus na qual mais tarde passa ao senhor PEDRO RUAS com a empresa (Ambiental Trans) que logo entrou na empresa e já providenciou de cara 78 trólebus para este ano e mais 50 para o ano que vem. Já agora em Dezembro, tivemos mais uma renovação nas empresas NOVO HORIZONTE, nas Vips, no CONSÓRCIO BANDEIRANTE, e na VIAÇÃO CAMPO BELO.
Devido à alta demanda na fabricação de carrocerias, a CAIO ainda tem lotes de ônibus a serem entregues no ano que vem para as empresas que fizerem renovação.

O que esperamos para 2012 e quais expectativas?

2012 é ano político, é o ano nas quais muitos farão promessas, algumas inviáveis e outras factíveis desde que haja vontade política, se bem que o político que assumir a prefeitura, terá que ter muita eficiência para fazer as obras necessárias para recebermos a Copa do Mundo na cidade de São Paulo.

Foi prometido pelo atual prefeito, um corredor de ônibus na RADIAL LESTE, aguardamos com expectativa de que seja construído em tempo hábil, mas também contamos com a rede de trilhos, se bem que tanto a CPTM e o METRÔ estão se adequando.
2012 será licitada a linha 6 do METRÔ que ligará São Joaquim até Brasilândia e futuramente ao bairro de Pirituba.
2012 será o ano das licitações e inicio das construções da linha 17 ouro que liga Morumbi até Jabaquara, passando por Congonhas.

Esperança: Sabemos que ela é quase imperceptível, mas ela existe, portanto vamos depositar no ano vindouro nossas esperanças de que o transporte vai melhorar e o paulistano vai se orgulhar.

Feliz 2012
Marcos Galesi, técnico em transportes, vice-presidente do Movimento Respira São Paulo e membro do “Defesa do Trólebus”

5 comentários em TRANSPORTES: Um balanço de 2011

  1. Bom pessoal, eu fiz uma pequena síntese de tudo que ocorreu em 2011. Ao todo no Blog Ponto de ônibus foram mais de 764 matérias, inclusive de todo o Brasil e ficamos impossibilitados em fazer este RESUMÃO, mas creio que na realidade da CIDADE DE SÃO PAULO digamos que é um pequeno resumo perto dos inúmeros fatos que ocorreram durante este ano.

    Aos amigos que participam e participaram do BLOG quero deixar os meus mais sinceros votos de FELIZ ANO NOVO e que 2012 seja o ano de grandes realizações para todos e seus familiares.

    Quero desejar em especial ao parceiro e amigo Adamo Bazani, e Milton Jung que confiaram um espaço de grande responsabilidade na qual estou participando e quero no ano que vem participar mais ativamente apoiando ainda mais este blog informativo sobre transportes, espero que o Blog Ponto de ônibus seja a maior referência de transportes não apenas na INTERNET mas que a grande imprensa venha a reconhecer todo este trabalho que fazemos com todo carinho e dedicação total. Também dedico aos parentes do amigo Adamo e Milton um feliz ano 2012.

    Para não ser injusto e esquecer algum nome, quero desejar à todos os participantes um feliz ANO 2012.

    Um grande abraço a todos os amigos e familiares
    Marcos Galesi
    2012 ano de NOVOS DESAFIOS, BUSCANDO SOLUÇÕES E ENCONTRANDO RESULTADOS.

    • Marcos,

      Faço minhas as suas palavras, desejando a você, ao Adamo, ao Milton, enfim a todos os amigos com os quais dialogamos, debatemos, trocamos idéias e absorvemos conhecimento, UM EXCELENTE 2012, COM PAZ, SAÚDE E PROSPERIDADE !

      Abraço forte.

  2. Isso mesmo, reportagens muito boas, que acrescentaram muito para todos nós. Um excelente ano novo para todos e que 2012 seja melhor ainda.

    abraço

  3. vamos aguardar esses onibus Euro 5,e sobre essas novas marcas DAF e FÓTON!sobre o ano.caminhamos bem.espero um ano mais agitado nessa área de transportes!

  4. Jose marcos Rocha Ribeiro // 2 de Fevereiro de 2012 às 19:30 // Responder

    Parabens a Volvo, Scania e Man pelos motorzão, mas não se fala nos motorzinhos de partida e motor tração eletrico -os ônibus HIBRIDOS que de futuro e humanização dos transporte.Gente, o povo está sofrendo muito nos atuais ônibus com trancos, solavancos,para e anda,itinerarios indiretos,tarifa cara,funcionario mal educado,desconforto,superlotação,zoeirentos sujos,calorentos,atrasos , congestionamentos,sinal ,quebra mola,até perda do emprego.Os Hibridos não é ideia nova. Existe desde 1940 nas locomotivas diesel eletrica adaptado para ônibus.Talvez um trolleybus melhorado.Os motoristas são uns herois, estresse com transito, engatação de marchas desvios de buracos e sinal.Creio que está na hora do governo interferir e licitar trechos em trilhos financiando veiculos tipo metrô do Cariri( metrô com motor de ônibus) ou melhor estações com carregador eletrico de baterias que dá energia para percorre até duas estações seguintes, no tempo que faz o embarque/desembarque(sem fiação aerea).Carregamento que pode ser adaptado a ônibus.Vergonha somos o pais dos ônibus.Tem São Paulo o dobro de ônibus urbano de Londres e o triplo de Nova York com vida util de cinco anos teremos uma frota sucateada monstruosa,ridicula descartavel sem lugar para alocar.Sobre trilhos os veiculos tem vida util de 35 a 40 anos.Só o metrô é util e indispensavel a sobrevivencia de uma metropole.Não há como falar de transporte sem falar de metrô.Uma obra que vale a pena.Precisamos repensar já o nosso futuro com qualidade de vida..

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: