MARCOPOLO PREVÊ CRESCIMENTO PARA 2012

Crescimento Marcopolo

Ônibus Marcopolo Torino, um dos maiores sucessos de venda da empresa de Caxias do Sul. Contrariando as expectativas de queda para o ano que vem, a Marcopolo estima crescer 7,5% e atingir receita líquida consolidada de R$ 3,6 bilhões. Devem ser produzidos 32,5 mil ônibus em 2012. Foto: Adamo Bazani.

Marcopolo prevê crescimento de 7,5% em 2012 e pode atingir receita líquida de R$ 3,6 bilhões
Estimativa vai na contra-mão da previsão para o mercado de carroceria que espera retração de até 10% no setor
ADAMO BAZANI – CBN
Enquanto o Simefre – Sindicato Interestadual da Indústria de Materiais e Equipamentos Ferroviários e Rodoviários – estima que o mercado de carrocerias de ônibus possa sofrer uma retração entre 7% e 10% nas vendas, principalmente por conta de um ajuste pelo fato de 2011 ter sido um ano aquecido, a Marcopolo, que hoje é o maior grupo fabricante de carrocerias de ônibus do País, segue na contra-mão desta expectativa.
A empresa com sede em Caxias do Sul divulgou previsão de crescimento na ordem de 7,5% para todo o ano de 2012.
A receita líquida consolidada da empresa para 2012 deve ser de R$ 3,6 bilhões, de acordo com “Política de Divulgação de Informações” da Marcopolo.
A produção da encarroçadora em todo o mundo deve atingir aproximadamente 32 mil 500 unidades. Isso, no entanto, vai depender da manutenção das projeções de crescimento econômico do País e do exterior, que ainda deve enfrentar dificuldades por conta da crise Européia.
No Brasil, a Marcopolo deve produzir 20 mil carrocerias de ônibus e para o mercado externo (por exportações ou em plantas em outros países), essa produção deve ser de 12,5 mil unidades.
No exterior, o investimentos devem ser de R$ 140 milhões, o que inclui a compra e a ampliação da Volgren Australia Pty. Limited, a maior encarroçadora de ônibus australiana.
A Marcopolo anunciou um programa de investimentos de R$ 350 milhões entre 2011 e 2015, principalmente para modernização de fábricas, aumento de produção, qualificação de funcionários e desenvolvimento de novos produtos, o que pode indicar o lançamento de novos modelos.
Os mais recentes são o Marcopolo Paradiso 1800 DD (de dois andares), LD (Low Drive) e o Viale BRT, especial para corredores.
Os modelos que fazem mais sucesso de vendas para a Marcopolo atualmente são o Torino (urbano) e geração sete do Viaggio e do Paradiso, nas versões simples e intermediárias.
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes.

4 comentários em MARCOPOLO PREVÊ CRESCIMENTO PARA 2012

  1. desculpa, mas o Torino deve muito para os concorrentes como Mega e Apache VIP II, e o (Gran) Viale, não chega aos pés do Millennium III(ou II,V)

  2. Quanto está custando uma carroceria dessa montada em um chassi 1722?

  3. Interessante que aqui em São Paulo (e RMSP), se vê muito mais Senior do que Torino. Há uma clara preferência pelos micros da Marcopolo, mesmo a Caio sendo mais próxima.

    Torino é uma boa carroceria, mas fica devendo ao Apache VIP no quesito acabamento. O mesmo vale para o Gran Viale em relação ao Millennium.

    Quanto aos rodoviários da Geração 7, são um sucesso inquestionável. Mesmo sendo recentes, uma série de empresas têm adquirido várias unidades com visível satisfação.

  4. Fernando Alves Feitosa // 13 de janeiro de 2012 às 22:04 // Responder

    crescimento em 2012 na Marcopollo!

    Abs

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: