BUSSCAR ATRÁS DE UM INVESTIDOR. LISTA DE CREDORES DA BUSSCAR É DIVULGADA

Caso Busscar

ÔNIBUS DA Busscar. Empresa em recuperação judicial estar ia atrás de um investidor para não ir à falência. Adamo Bazani

Busscar atrás de um investidor
A entrada de um possível novo sócio será uma das alternativas na recuperação judicial da empresa que vai pa ra 20 salários atrasados

ADAMO BAZANI – CBN

A encarroçadora Busscar, de Joinville, Santa Catarina, está correndo atrás de um investidor.
A estratégia faz parte do plano de recuperação judicial da empresa, que desde 2008 sofre uma crise financeira que provocou a paralisação na produção, atrasos que vão completar 20 meses de salários e dívidas que ultrapassam 600 milhões de reais.
A empresa seria leiloada neste mês de novembro, mas conseguiu que a Justiça concedesse a oportunidade de recuperação.
Nesta quinta-feira, dia 24 de novembro, vai ser realizada uma reunião entre o administrador judicial Rainoldo Uessler e a família que controla a companhia, Nielson.
O objetivo é listar quais as propostas por parte da Busscar dessa recuperação, que tem até o início do ano que vem para ser concluída.
O sindicato dos Mecânicos de Joinville aguarda uma reunião oficial com os administradores judiciais.
“Acreditamos que a presença de um investidor ajudará neste processo de recuperação até mesmo pelo pouco tempo que a Busscar tem, pouco mais de um mês agora. É a maneira mais rápida de capitalizar a empresa” , disse João Bruggmann, presidente do sindicato.
A Busscar afirmou que suas dificuldades começaram em 2008, com a crise financeira internacional que restringiu o crédito.
Mas analistas disseram que a crise de 2008 na verdade foi sentida porque a empresa não havia se recuperado totalmente de outro momento de dificuldade, entre 2002 e 2003, quando a encarroçadora coou com auxílio do BNDES.
“Queremos que a situação da Busscar se resolva, mas desta vez deve haver compromisso mesmo por parte da direção da empresa. Com o tempo, as promessas da família Nielson foram cai no descrédito porque não eram cumpridas” – disse Bruggmann.

LISTA DE CREDORES:

São 6500 credores da empresa, de acordo com lista divulgada pela empresa.
Segundo a companhia, a dívida é de R$ 622 milhões. A maior parte dos débitos, segundo a empresa, é com bancos: R$ 335 milhões para 14 instituições bancárias. Só o Santander tem R$ 123 milhões a receber da Busscar.
A maior parte dos credores, 5355 são trabalhadores. A dívida trabalhista seria de R$ 113 milhões, 18% dos débitos.
O sindicato dos trabalhadores acredita que muitos destes valores foram congelados e que a dívida deve ser maior.
Com a companhia de energia elétrica de Santa Catarina, a dívida é de R$ 1,2 milhão e deve ser renegociada para que os serviços de fornecimento não sejam cortados.
Os credores que não concordarem com os valores têm 15 dias para se manifestar.
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes

3 comentários em BUSSCAR ATRÁS DE UM INVESTIDOR. LISTA DE CREDORES DA BUSSCAR É DIVULGADA

  1. Com tantos mega investidores que perderão bilhoes na crise da bolsa deste ano, como exemplo o Sr. Eike Batista, o que seria alguns milhões para reerguer uma empresa viável, num momento de mercado aquecido, e que além dos lucros faria um bem social enorme, claro bem adiministrada.

  2. Mas eu vejo de outro modo; essa desculpa de crise global não cola porque? porque as concorrentes cresceram e muiuto no periodo, se todas estivessem em dificuldades seria um argumento válido

  3. Concordo com o Edu, até por que, temos exemplos da Comil de Erechim-RS, da Neobus, em Caxias-RS, que estão com as suas produções e vendas aquecidas tendo passado e superado os mesmos percalços enfrentados pela Busscar.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: