MAIORIA DOS TORCEDORES VAI USAR TRANSPORTE PÚBLICO NA COPA EM SP. CPTM TERÁ EXPRESSO DA COPA

Fielzão da Copa do Mundo
Projeção feita pela Masterplan das imediações do estádio do Corinthians, que será abertura da Copa do Mundo de 2014, na zona Leste de São Paulo. Local será cercado por centro de hospitalidade, para veículos de transmissão de TV e ônibus especiais. Segundo governo do estado, 80% dos torcedores que irão assistir aos jogos usarão transportes públicos. As estações de trens e metrô deverão ser preparadas para receberem até 100 mil passageiros/hora/sentido. O governo deve inaugurar uma linha Expresso da Copa, de trens entre a estação da Luz e Itaquera. O sistema de ônibus também receberá atenção, com terminal integrado aos metroferroviários e estrutura viária para ônibus de maior capacidade, como articulados. Arte Masterplan.

Cerca de 80% do público do Fielzão da Copa devem usar transporte público
Previsão é do Governo do Estado, que deve criar a linha de trem Expresso Copa

ADAMO BAZANI – CBN
A grande maioria das pessoas que vão assistir aos jogos da Copa do Mundo no Estádio do Corinthians, que está sendo erguido em Itaquera, na zona Leste de São Paulo, vai usar transporte público.
A previsão é do Governo do Estado de São Paulo e foi divulgada pro Fábio Lepique, assessor do Governador Geraldo Alckmin. A notícia foi veiculada também no Blog do Terceiro Tempo, de Milton Neves.
O avesso ao estádio será feito por duas áreas principais.
O acesso um será para quem desembarca da estação Corinthians – Itaquera, correspondente a CPTM – Companhia Paulista de Trens Metropolitanos.
O outro acesso será para quem sai da Estação Artur Alvim, da linha 3 Vermelha do Metrô.
O Governo do Estado também prevê a criação de uma linha expressa de trens entre a Estação da Luz, na região Central da Capital Paulista, e a Estação Itaquera, na zona Leste, nas imediações do Estádio. Será o Expresso da Copa que não terá paradas no meio do caminho.
O sistema metroferroviário, promete o poder público, também terá integração com os ônibus municipais e intermunicipais que servem a região, através de um novo terminal, reformulado.
A expectativa do Governo é que as estações atendam mais de 100 pessoas por hora/sentido. A grande maioria vai usar transporte público.
Isso, segundo Fábio Lepique é o dobro do que o recomendado pela FIFA, entidade máxima do futebol.
A demanda inclui as duas estações juntas para 2014. Não está contabilizado o número de passageiros que também serão transportados por ônibus urbanos.
O entorno do estádio do Corinthians terão áreas funcionais: como a Vila da Hospitalidade, a TV Compound, área para os caminhões e micro-ônibus de links para transmissão, e o Centro de Voluntariado, que vai incluir a FATEC – Faculdade de Tecnologia do estado de São Paulo – Centro Paula Souza. O centro de ensino já está em construção.
Nas imediações do estádio da abertura da Copa, haverá bolsões para táxis, veículos e ônibus credenciados.
Estes ônibus devem ser os que transportarão delegações, imprensa, dirigentes e autoridades.
Ainda quanto a mobilidade, o Governo do Estado afirma que as intervenções para o aumento da capacidade dos modais metroferroviários devem ser concluídas antes mesmo da finalização do estádio.
As obras viárias, promete a Prefeitura, também possibilitarão a circulação de ônibus de maior capacidade, como articulados. Linhas hoje que operam com ônibus convencionais devem receber veículos de maior porte.
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes.