ESCALONAMENTO DE EMPRESAS DE ÔNIBUS DO LITORAL DIMINUI TEMPO DE ESPERA MAS AINDA GERA RECLAMAÇÕES

Ônibus do Litoral

Agora o passageiro que precisa da ligação entre Santos e São Paulo conta com um escalonamento de empresas e pode pegar o primeiro ônibus que tiver lugar disponível, mesmo sendo de companhia diferente da que comprou o bilhete. Isso é possível por conta de um acordo entre as operadoras Ultra, Rápido Brasil, Cometa e Expresso Luxo. O tempo de espera caiu de 15 para 10 minutos. Além disso, um dos itens de cálculo da tarifa, a taxa de ocupação dos veículos é melhor aproveitada, já que os ônibus saem com quase todos os lugares ocupados. Também foi possível distribuir os horários de partidas ao eliminar as sobreposições de horários, em alguns casos três empresas saíam no mesmo horário com ônibus praticamente vazios. Apesar disso, há queixas por parte de alguns passageiros. Alguns reclamam do fato de terem mais dificuldade de escolherem as empresas, já que o intervalo de horários de uma mesma viação aumentou em alguns horários. Isso afeta quem aderiu programas de fidelidade de companhia que conferem descontos em passagens, o que não é possível no escalonamento, e quem possui vale transporte específico de uma viação. Foto: Adamo Bazani

Escalonamento de empresas do Litoral diminui tempo de espera
Queixa de passageiros é não poder escolher empresas e aproveitar programas de fidelidade

ADAMO BAZANI – CBN

Quem comprar uma passagem de ônibus de Santos para São Paulo pode pegar o ônibus com saída mais próxima, independentemente da empresa que vendeu o bilhete na agência.
Isso é possível devido a um acordo entre as empresas Rápido Brasil, Ultra (ambos do mesmo grupo empresarial), Expresso Luxo e Viação Cometa (Grupo JCA).
O tempo de espera e intervalos, por conta da medida, caíram de 15 em 15 minutos para 10 em 10 minutos nas horas de maior movimento.
Os horários foram elaborados pela Artesp – Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados de Transporte do Estado de São Paulo.
No entanto, o passageiro deve estar atento e procurar informações sobre esta possibilidade na rodoviária.
Mas para as empresas é vantajoso uma levar o passageiro da outra?
As companhias garantem que sim, pela nova forma de distribuição das vendas e também pelo fato de os ônibus saírem, por conta deste escalonamento, com maior taxa de ocupação, ou seja, com quase todos os lugares preenchidos.
E este é um dos fatores calculados no lucro de uma empresa, o quanto “de poltronas foram vendidas” e o quanto está ociosa no ônibus.
Os passageiros aprovaram a medida, de acordo com funcionários do Terminal Rodoviário.
Eles só se queixaram da falta de oportunidade de escolha pela empresa preferida em algumas ocasiões. Por conta do escalonamento, o número de partidas específicas de algumas empresas foi reduzido e se o passageiro quiser esperar o ônibus da companhia que optou pode ficar mais tempo na rodoviária.
Isso afeta principalmente quem aderiu a programas de fidelidade das companhias que dão descontos caso o passageiro continue viajando pela mesma empresa.
A compra de bilhete no sistema de escalonamento entre viações não dá direito a descontos ou promoções.
Para empresas e passageiros, no entanto, a Artesp elabora outra vantagem, além da menor espera.
Não há mais sobreposições de partidas. Anteriormente, três empresas de ônibus saíam exatamente no mesmo horário. E os veículos saíam com baixa ocupação.
Com o escalonamento, o número de partidas não diminui, mas foi distribuído com ônibus sendo melhor aproveitados.
Passageiros que possuem vale transporte de uma empresa específica também se dizem prejudicados.
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes

8 comentários em ESCALONAMENTO DE EMPRESAS DE ÔNIBUS DO LITORAL DIMINUI TEMPO DE ESPERA MAS AINDA GERA RECLAMAÇÕES

  1. Quando vou para Santos a minha preferência é Cometa ou Expresso Luxo. Mais uma vez a Artesp acaba passando por cima da vontade dos passageiros ou seja: ACABOU O DIREITO DE ESCOLHA.

    • Bom dia.

      Galesi e amigos,

      Pelo que compreendi, não acabou a concorrência, pois, o usuário pode escolher a empresa de sua preferência, mas, para isso, precisará aguardar o horário dela na grade.

      O aspecto negativo, é que não terá desconto nesta estratégia.

      Abçs.

  2. Amigos, boa noite.

    Se a taxa de ocupação aumentou, por que a tarifa não diminuiu?

    Como sempre o passageiro paga a conta.

    Só para lembrar: Passageiro = Cliente.

    Muito obrigado.
    Paulo Gil

  3. Bom dia.

    Lamento!

    Onde estão os estudos, as audiências públicas e demais requisitos de transparência para implementação desta prática?

    Se a linha de ônibus mais antiga, mais rentável do estado que passa na melhor estrada com o pedágio mais caro no mais rico da nação tem que adotar esta prática então o transporte de passageiros utilizando ônibus em nosso país está prestes a entrar em crise! Lembrando sempre que a tarifa Estadual é MAIOR que a Federal.

    Repito o que já foi dito (e bem dito) acima: ACABOU O DIREITO DE ESCOLHA.
    SAUDAÇÕES

  4. Faz tanto tempo que nao pego a ponte rodoviária que nem sei…. mas se isso estiver acontecendo é horrivel, pq pegar os onibus da Ultra com barata é foda…..
    Eu sempre prefiri a Expresso Brasileiro e depois a Expresso Luxo, pelo conforto e tranquilidade.

  5. o onibus da ultra tem barata e chove dentro o gerente eo maior ladrao sr Rogerio, vendi muitos passe para ele.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: