AETC – ABC TEM NOVA DIRETORIA E DEVE MODERNIZAR TRANSPORTES

aetc abc

Ônibus da Auto Viação ABC. Empresa é uma das associadas da AETC – ABC, que reúne desde 1958 as principais companhias de transportes da região. Antes dirigida por empresários tradicionais, a AETC – ABC têm agora uma nova gestão, de novos empreendedores que continuam os negócios das famílias pioneiras do setor, mas que estão afinados com as novas tendências de relacionamentos entre empresas e poder público e sociedade. Foto: Adamo Bazani

AETC – ABC tem nova diretoria
Entidade é formada por empresários jovens que dão continuidade aos negócios da família. A expectativa é de uma atuação mais próxima das atuais necessidades

ADAMO BAZANI – CBN

Fundada em 1958 para representar as empresas de ônibus do ABC Paulista e permitir mais negociações entre os empreendedores e o poder público e a sociedade, em questões que vão desde valores de tarifas até a melhoria da mobilidade urbana dos sete municípios da região, a AETC- ABC (Associação das Empresas de Transportes Coletivos do ABC), que atua em conjunto com o SETC – ABC (Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo do ABC), sempre teve em sua direção empresários tradicionais e fundadores das principais companhias de transporte do ABC.
Mas desde a semana passada, a entidade de classe entrou para uma nova geração de investimentos e gestão de transportes.
A AETC-ABC tem um novo quadro de direção, formado majoritariamente por novos empreendedores. Jovens homens de negócio que dão continuidade ao trabalho de suas famílias, pais e avós, que fundaram as empresas mais tradicionais da região.
O presidente da entidade agora é José Romano, diretor da SBCTrans, o Consórcio São Bernardo Transportes, que opera com exclusividade as linhas de ônibus municipais de São Bernardo do Campo.
Ele pertence a duas famílias responsáveis pela criação de empresas e linhas do ABC Paulista: a Romano e a Setti & Braga, atual controladora de companhias como a Auto Viação ABC, Publix (que reúne a Interbus Transporte Urbano e Interurbano e a Empresa Auto Ônibus Circular Humaitá), Transportadora Utinga e Metra – Sistema Metropolitano de Transportes, que opera o corredor de ônibus e trólebus ABD, entre São Mateus, na Zona Leste de São Paulo, e Jabaquara, na zona Sul da Capital Paulista, passando pelos municípios de Santo André, Mauá, São Bernardo do Campo e Diadema e a extensão Diadema (ABC Paulista) e Berrini (na zona Sul de São Paulo). A família também é responsável por outros empreendimentos, como a Eletra (empresa de tecnologia elétrica, sem emissão de poluentes, para transportes coletivos).
O vice-presidente da entidade também é outro jovem que segue os negócios da família. Trata-se de Danilo Pinto, filho do empresário mineiro Ronan Maria Pinto, que atua no ABC Paulista desde os anos de 1980. Danilo é diretor das empresas de ônibus Viação Guaianazes, Viação Curuçá e ETURSA – Empresa de Transporte Urbano Rodoviário de Santo André (antiga Expresso Nova Santo André). A família também tem outros empreendimentos no ABC, como o jornal Diário do Grande ABC.
Na diretoria também figura Baltazar Júnior, filho do também empresário mineiro Baltazar José de Sousa, no ABC Paulista desde a década de 1980.
O grupo controla a Viação Cidade de Mauá, que presta serviço em um dos lotes do município do mesmo nome, a EUSA (Empresa Urbana Santo André) e as empresas de ônibus Viação São Camilo, EAOSA – Empresa Auto Ônibus Santo André e Viação Ribeirão Pires, que operam o lote 05 de linhas intermunicipais gerenciadas pela EMTU – Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos.
Apesar de a diretoria ser formada por empreendedores que continuam os negócios dos empresários mais antigos do ABC, a presença destes jovens empresários é vista pelo setor de transportes como a possibilidade de a AETC-ABC estar mais atenta às novas realidades da mobilidade urbana e novas formas de gestão empresarial, o que pode significar avanços em algumas áreas carentes de melhoria no ABC.
AINDA NESTA SEMANA VOCÊ CONFERE UMA ENTREVISTA COM JOSÉ ROMANO E SUAS PERSPECTIVAS FRENTE À AETC-ABC E EM REALAÇÃO AOS TRANSAPORTES NA REGIÃO METROPOLITANA DE SÃO PAULO.
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes

7 comentários em AETC – ABC TEM NOVA DIRETORIA E DEVE MODERNIZAR TRANSPORTES

  1. A imigrantes não é mais do baltazar?

  2. A imigrantes não é mais do baltazar?
    tomara que melhore. o serviço da área 5 da emtu é péssimo. ônibus mal conservados e descumprimento total dos intervalos.

  3. Adamo. A Publix assumiu as linhas da transportadora utinga ou o grupo viação ABC comprou a utinga e vai manter o nome utinga?

  4. Nem sempre as Novas Gerações conseguem manter os negócios, acredito inclusive que na maioria dos casos elas colocam a coisa toda a beira da falência.

  5. .Vale frisar que todas as empresas sao obrigadas a colocarem a disposicao de seus empregados o requerimento para a do vale transporte seja na ocasiao da sua contratacao seja sempre que houver mudanca na condicao pessoal desse trabalhador..Uma vez recebida a solicitacao cabera ao empregador a aquisicao antecipada dos vales-transportes a que o empregado tenha direito para o mes de trabalho sendo tais vales-transportes entregues ao empregado beneficiado mediante recibo escrito..O vale-transporte devera sempre ser entregue em especie nao se admitindo a entrega em moeda.

  6. Marinice de Oliveira // 22 de novembro de 2011 às 23:58 // Responder

    Gostaria de alertar a empresária da Publix, linha São Caetano IV Centenárioque: Cobrador e motorista estão cobrando por duas veses da mesma pessoa no cartão de vale transporte o Bom e o que cobram em dinheiro tenho certeza que vai para o bolso dos mesmos, pois já aconteceu comigo e com uma pessoa da minha empresa. Comigo aconteceu no dia 12/11 e com minha amiga hoje dia 22/11 cobrou duas veses em nossos cartões e de outra pessoa em denheiro sem que girasse a catraca fiquem atentos pois estamos sendo roubados e a emprese também. Há e os atrasos de horários são absurdos, gostaria que voces trabalhassem para o bem dos trabalhadores que tem horário para entrar no trabalho e a tarde pressa de ir para seus lares póis estamos pagando um preço justo pelo transporte sem os tê-lo. Agradeço pelo espaço.

  7. a dona Beatriz é dona de quais empresas?

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: