VOLARE LANÇA ÔNIBUS PARA TRANSPORTE DE PRESOS

Volare Escolta

Volare Escolta, miniônibus do Grupo Marcopolo, feito especialmente para transporte de detentos. Sensor de ré, alertas sonoros e visuais em caso de abertura das portas da cela do veículo, ar condicionado, vidro desembaçador, câmeras de monitoramento, rádio-comunicadores, quebra-mato para enfrentar obstáculos e colisões propositais são alguns dos atributos do veículo. A atividade de transporte de presos é uma das mais arriscadas na área de segurança. Além de profissionais capacitados, veículos adequados são considerados essenciais. O miniônibus tem duas versões: para 20 presos com um motorista e um auxiliar e outro para pessoas com maior índice de periculosidade: 12 presos, motorista e 07 agentes de segurança. Foto: Diesica Andrade.

Volare lança miniônibus para transporte mais seguro de detentos
Veículos terão ar condicionado, equipamentos para evitar transtornos e aumentar a segurança de detentos, agentes e população em deslocamentos.
ADAMO BAZANI – CBN

O transporte de detentos é uma atividade de alto risco que deve ser feita com toda a técnica e cuidado.
Além da necessidade de especialização dos profissionais de segurança, não basta qualquer tipo de veículo para o deslocamento de presos, ainda mais em grandes quantidades.
Os veículos devem seguir todas as normas para evitar fugas e minimizar o risco de resgates, que são perigosos para o cidadão comum, mas ao mesmo tempo oferecerem dignidade para os transportados, que estão sob responsabilidade do Estado.
A Volare, empresa do grupo da Marcopolo, que lidera o segmento de miniônibus, vai apresentar na décima primeira edição da Interseg, a maior feira de segurança da América do Sul, o modelo Volare Escolta.
O miniônibus é totalmente preparado para o transporte de presos, de acordo com os mais modernos padrões de segurança.
Há duas versões:
Uma pode transportar vinte detentos, um auxiliar e um motorista e outra, para presos considerados de maior grau de risco, tem capacidade para 12 presos, sete agentes de segurança e o motorista.
O Volare Escolta têm aprovação do Detran e do Inmetro, por seguir as exigências dos dois órgãos oficiais, e conta com sinalização sonora e visual para abertura da porta da cela do ônibus, câmeras para monitoramento integradas à central de acompanhamento, rádio-comunicadores, sensor de marcha-ré e “quebra mato” para minimizar impacto de colisão dianteira e superar obstáculos. Veículos de transporte de detentos podem ser vítimas de barreiras feitas propositalmente no trajeto.
Ar condicionado e desembaçador dos vidros também são itens neste miniônibus. O motor é MWM 4.10 TCA, que segue as normas de redução de emissão de poluição Euro III, que em janeiro de 2012 serão substituídas pelas da Euro V. A potência é de 115 cavalos a 2.400 rpm e torque de 392 Nm a 1.500 rpm.
A Interseg – Feira Internacional de Tecnologia, Serviços e Produtos para Segurança Pública, é considerada um dos maiores eventos nas discussões sobre o setor e apresentação de novas metodologias e equipamentos para a segurança.
O evento ocorre entre os dias 21 e 23 de agosto, no Centro de Convenções Rio Cento, Rua Salvador Allende, 6555, Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro.
O miniônibus será apresentado em um dos estandes da Feira.
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes

2 comentários em VOLARE LANÇA ÔNIBUS PARA TRANSPORTE DE PRESOS

  1. É muito bonito e pode até ser eficiente, mas cadê os vidros blindados?

  2. gostaria de ter as caracteristicas interior da viatura com tipo de assentos revestimento interior, sistema de seguranca

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: