PREFEITURA PAGOU PARA A HIMALAIA DE FORMA IRREGULAR, DIZ TCM

Himalaia

Um rombo de R$ 333.5 milhões no dinheiro do povo. Isso é o que provocou a atuação da Himalaia Transportes ao prestar serviços em contratos emergenciais com a Prefeitura, de acordo com conclusão do Tribunal de Contas do Município. O TCM estranha o fato de entre 2004 e 2006 o poder público arrastar 04 contratos emergenciais com a empresa, sendo que poderia fazer uma nova licitação após a empresa vencedora do certame de 2003 ter desistido de operar em parte da zona Leste de São Paulo. Foto: Adamo Bazani

Himalaia recebeu dinheiro irregular da Prefeitura
Tribunal de Conta do Município julgou irregulares 04 contratos que somam mais de R$ 300 milhões com a Himalaia, operadora da Zona Leste de São Paulo

ADAMO BAZANI – CBN

A Himalaia Transportes, que forma o Consórcio Leste 4, da Capital Paulista, recebeu dinheiro da população de forma irregular.
A conclusão é do Tribunal de Contas do Município ao analisar quatro contatos firmados entre a empresa e a Prefeitura de 2004 a 2006.
De acordo com o parecer do TCM, a empresa, de responsabilidade de Felipe Ricardo Batista dos Santos, recebeu ilegalmente da Prefeitura neste período R$ 333,5 milhões.
Segundo a Prefeitura de São Paulo, o dinheiro foi pago em contratos emergenciais para impedir a descontinuidade do serviço, já que em 2003, quando foi concluída a licitação dos transportes coletivos da Capital Paulista, a empresa vencedora havia desistido de operar pelo menos 15 regiões de alta demanda, na Zona Leste da cidade.
A Prefeitura, no entanto, após o primeiro contrato emergencial de 2004 poderia ter feito uma nova licitação. Mas o poder público foi renovando com a empresa os contratos de emergência até 2007. A Prefeitura de São Paulo alegou falta de tempo para não fazer outra licitação apesar de três anos se passarem de contrato emergencial para contrato emergencial.
No ano de 2007, a Himalaia mudou de razão social. Ela passou de Himalaia Transportes Ltda para Himalaia Transportes S.A. integrando a partir dão, o Consórcio Leste 4.
A Himalaia, a Empresa de Transportes Coletivos Novo Horizonte S.A., a Happy Play Tour Passagens, Turismo e Transporte de Passageiros Ltda e o Consórcio Leste 4 como um todo são alvos de uma ação civil pública do Ministério Público de São Paulo que apura má prestação de serviços e problemas como confusões jurídicas e financeiras.
A Happy Play integra o Consórcio Leste 4 como operadora, recebe repasses de mais de R$ 350 mil de dinheiro público pelos cofres da Novo Horizonte, mas não opera sequer um ônibus.
Representantes do Consórcio dizem que a Happy Play faz “importante trabalho de consultoria”, mas não explicam o motivo de ela receber como se fosse operadora mesmo ela não tendo veículos de transporte coletivo.
Além disso, parte do dinheiro que os donos de ônibus da Novo Horizonte deveriam receber como repasse da SPTrans, acaba sendo retido na diretoria da empresa e repassado para a Cooperativa Nova Aliança, que deu origem à Novo Horizonte.
Aliás, o fato de a Novo Horizonte ter “donos de ônibus” já levanta dúvidas sobre a atuação da companhia. Apesar de ser registrada como S.A. e ter funcionários no Cadastro Geral de Empregados e Desempregados do Ministério do Trabalho, o Caged, a empresa funciona na prática como cooperativa, isso segundo os próprios donos de ônibus. Eles são responsáveis pela manutenção, abastecimento, lavação e pela contratação dos funcionários (motoristas e cobradores). Ocorre que os salários e os encargos destes funcionários são pagos pelos donos dos ônibus, pelo faturamento da catraca e dos repasses, mas estes funcionários são registrados em nome da Novo Horizonte.
O presidente do Tribunal de Contas do Município, Edson Simões, afirmou que os serviços da Himalaia Transportes S.A. não são de qualidade e que a prefeitura e a Secretaria Municipal de Transportes assumiram riscos desnecessários aos passageiros por não fiscalizarem a Himalaia como deveria.
Além de atrasos, sujeira, barata nos ônibus, quebras constantes e falta de preparo de alguns motoristas, o Tribunal de Contas do Município detectou uso de frota antiga e deteriorada na empresa.
Em 2005, a idade média da frota da Himalaia era de 6,4 anos, quando a máxima deveria ser de 05 anos, mesmo com os trólebus, que são veículos que têm vida útil maior.
O Tribunal de Contas do Município aguarda parecer da Prefeitura para ressarcir os prejuízos financeiros que teriam sido provocados pela Himalaia.
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes.

24 comentários em PREFEITURA PAGOU PARA A HIMALAIA DE FORMA IRREGULAR, DIZ TCM

  1. Cadeia para todos esses vadios desse consórcio fraudulento e também àqueles que autorizaram a operação dessa corja de “pais de familia” que ainda se dizem vítimas, cadeia neles , e uma coisa que o povo poderia fazer para protestar é penalizando a empresa, quando os carros desse consórcio aparecerem queimados aos montes por ae , o povo vai atrás do q é de direito , que é um transporte digno, fora consórcio leste 4 ,fora sptrans e fora prefeitura incompetente!!!

  2. Amigos, bom dia

    Considerando-se que muitas árvores serão cortadas para as milhares de folhas de papel que formaram os volumes destes processos (NÃO ecológicos), as inúmeras variávies que ocorrerão no decorrer do mesmo,o número de envolvidos, o tempo de duração e o desrespeito para com os contribuintes (já ocorrido); é mais econômico (barato), lançar na conta número 9999 – PERDAS.

    UM MINUTO DE SILÊNCIO, PARA AS REFLEXÕES MAIS PROFUNDAS.

    Muito obrigado
    Paulo Gil

  3. Adamo boa tarde,gostariamos de saber ha quantas anda o proçesso da N H pois já se passarão meses e ninquen fala mais nada e os demandos continuao cada dia pior

  4. E onde estao os Trolebus novos que a Empresa Himalaia deveria colocar nas ruas , isso já é de cerca de de 7 anos em que a empresa opera na area 4 ., eram pra serem colocados cerca de 120 Trolebus novos no sistema e até hoje se tiverem colocado 6 carros creio que seja muito .
    Isso é um descaso com a população .

  5. Boa Tarde Sr. Promotor
    Ótima Matéria

    Acho que está na hora de Banir esse consórcio clandestino da Zona Leste que só tem ônibus sucateado e vivi quebrado linhas sendo prejudicadas por esses bandidos que se dizem empresários.
    nunca vi empresa de ônibus em sp que nau tem carro próprio e não venha me dizer que é empresa e sim cooperativa de trasportes clandestinos e´isso que é o consórcio leste 4 .
    onibus nas garagem parado por falta de peças que os próprios funcionários roubam eu me lembro de quando chegou as scanea novas em folha na GS com peças novas e businas maritima uma semana depois essas scaneas foram para a GTA ( desmanche ) e quando algumas voltar já voltaram sem as businas e as peças nova e outras ficaram paradas pq retiraram as peça para colocar na sucata velha da empresa, fora que de fim de semana as escaneas naum rodavam pq ??
    então ta na hora de consórcio leste 4 sumi de sp

  6. pelo q eu entendi, a irregularidade q está aí é contestável Pois o único problema foram os contratos emergenciais, q causaram rombo(por serem mais caros q o comum). A Prefeitura faz suas alegações como transição de governo, falta de tempo e pauta no planejamento etc, etc.

  7. Amigos, boa noite.

    Matéria publicada hoje, 15.08.11, no jornal Destak.

    “ÔNIBUS DESCUMPRE HORA DE SAÍDA EM 69% DAS VIAGENS”

    http://www.destakjornal.com.br/readContent.aspx?eid=1812&id=13,106046

    Sugestão para a próxima licitação:

    Que as multas por descumprimento das cláusulas contratuais, sejam cumulativas em cada
    reincidência, seus valores multiplicados por [ “n” elevado a “x” ], a cada reincidência e que estas sejam descontadas diretamente da catraca.

    Havendo reconsideração, far-se-á a compensação em 90 ddl.

    É uma tentativa, pois multar simplesmente de nada adianta (leia a mataéria) sai mais barato.

    Por exemplo:

    É obvio que pagar a multa por limpeza sai mais barato do que limpar.

    Alguém duvida???

    Muito obrigado
    Paulo Gil

  8. http://www.foraconsorcioleste4.com/2011/08/exclusivo-prefeitura-repassa-linha-de.html

    cooper people queima carros na rua!!! isso é absurdo, temos terroristas no brasil!!! Se eles são os bons, porque não conseguem na justiça??? Os pais de família sempre apelam pra barbaridades quando não conseguem o que querem…

    AS LINHAS DE ÔNIBUS FORAM ROUBADAS PELAS LOTAÇÕES, PRECISAM SER DEVOLVIDAS, PELA PRIMEIRA VEZ DESDE 1996, DIGO PARABÉNS À SPTRANS COM ORGULHO PELA DECISÃO DE TIRAR AS LINHAS DA COOPER PEOPLE!!!

  9. VAGNER DA SILVA . // 15 de agosto de 2011 às 22:53 // Responder

    OI , SABE : O FELIPE DONO DA HIMALAIA VENDEU SEUS ONIBUS Á DIESEL PARA OS DIRETÓRES DA NOVO HORIZONTE E OS ÔNIBUS ELETRICOS FOI VENDIDO PARA EMPRESA VIA-SUL , ELE NÃO TEM MAIS ÔNIBUS , AGORA VC JÁ SABE :

    • galesitransportes // 16 de agosto de 2011 às 02:37 // Responder

      Amigo Vagner

      A título de informação, os trolebus são frota pública, portanto é vedado à venda destes trolebus. O que pode acontecer é a SPTrans operar os trolebus e paralelamente abrir uma nova licitação.

      Abraços

  10. MARCOS DE ALMEIDA RUSSO // 15 de agosto de 2011 às 23:10 // Responder

    BOA NOITE , PROMOTOR SAAD , CADE SR PARA FISCALIZAR TAMANHO ABSURDO OS DIRETORES DA NOVO-HORIZONTE (VILSON,GERSON,TONINHO,EDMAR E MARCOS) ESTÃO TODOS LEVANDO MUITA VANTAGEM NESTE TRANSPORTES É MUITO TRISTE SABER QUE MUITOS PAIS DE FAMILIA DONO DE ÔNIBUS SÓ ESTÃO DEVENDO COM SUA REMISSÕES E ESTES CANALHAS (RICOS) AS CUSTA DESTAS PESSOAS , PROMOTOR ESTAMOS TRISTES SEM RESPOSTA DE TUDO QUE JA FOI FEITO , ESTA JUSTIÇA NÃO É FALHA , MAIS MUITO LENTA , QUE PENA , SE FOSSE EM OUTRO PAIS JÁ ESTARIAM TODOS VENDO O SOL NASCER QUATRADO , INFELIZMENTE VIVEMOS NO BRASIL , PAIS MARAVILHOSO , VAMOS AGUARDAR QUEM SABE VIVOS , ATE BREVE , E ESTAMOS DE OLHO ; MARCOS !!!

  11. licitação nesse caso ai é pra ontem , e com certeza teria interessados , ha de se enfrentar essa mafia , felizmente o pessoal da zona leste de sp pode contar com o mp

    • galesitransportes // 16 de agosto de 2011 às 09:17 // Responder

      Amigo Marcio

      Devido aos “incentivos” que a PMSP dá aos trolebus, se abrir uma licitação nas atuais condições que hoje são oferecidos às empresas, infelizmente NENHUMA EMPRESA se candidata a encarar o SISTEMA TROLEBUS DE SÃO PAULO. Se o contrato fosse como o da EMTU, aí sim haveria inúmeros interessados.

      abs

  12. VAGNER DA SILVA . // 17 de agosto de 2011 às 00:21 // Responder

    Caro Amigo Galesi , vc não sabe os ônibus da empresa Himalaia do Sr Felipe , foi todos vendidos para os Diretóres da Novo-Horizonte e para os Irmãos , sabe quem mais o Ex Presidente da Cooperativa Alpha o Sr Sabino , são vendidos os Ônibus e as Vagas , esta paratica é ilegal os Proprios Diretóres da Novo-Horizonte quem estão negociando estas vendas , é a mais pura VERDADE ate á Garagem da Sapopemba foi desativada e vendido o prédio para construção de apartammentos , que tal , com os Eletricos o Felipe não quer mais operar , e talves quem vai assumir é a VIA SUL de que forma eu não sei mais vai , o Sr precisa saber mais , é só investigar abraços VAGNER .

    • galesitransportes // 17 de agosto de 2011 às 00:57 // Responder

      Caro amigo Vagner tudo bem??

      Sim, quanto ao acervo da Himalaia, concordo contigo e não tiro uma vírgula do que você disse, é fato, mas com relação aos trolebus ela é frota pública e “não pode ser vendida” somente alugada, pode ser que a VIA SUL até assuma os trolebus, mas de forma emergêncial, e a partir daí se fazer uma nova licitação exclusiva para a Garagem Tatuapé, visto que também é uma garagem pública.

      Conclusão amigo Vagner: É TUDO DINHEIRO NOSSO, e por sinal MAL APLICADO.

      abs

  13. Cidade Tiradentes X São Mateus // 18 de agosto de 2011 às 13:18 // Responder

    Me diga onde fica o Prefeito nessa História? sei não mais isso vai acabar em Pizza………..

  14. Cidade Tiradentes X São Mateus // 18 de agosto de 2011 às 13:20 // Responder

    Amigo Marcio Machado, não devemos esquecer que o Irmão do então Sr Prefeito tem sociedade em uma certa cooperativa…………….

  15. Ipiranga x Sacomã // 18 de agosto de 2011 às 13:30 // Responder

    Via sul conta outra………… Trólebus deveria se passado para empresa que administra o corredor ABCD ou seja a Metra……..
    Moro Próximo da Garagem Cursino da Via Sul e vejo o que acontece muito bem muitos ônibus parados no horário de pico e pontos lotados não é atoa que algum tempo atrais moradores do Heliópolis incendiarão um Carro da empresa.
    Desculpe me não estou fazendo apologia a esse tipo de comportamento, mas é a realidade do transporte publico de São Paulo
    O Povo já esta saturado……………

  16. Cidade Tiradentes X São Mateus // 18 de agosto de 2011 às 14:06 // Responder

    Desculpe me Marcio machado a obsevação que postei anteriormente era para o Galesitransportes…..

  17. Não sei mais o que esperar deste “consórcio”.
    Infelizmente o transporte público da Area 4 é operado por “máfias” e não empresas.
    Basta ter dinheiro (e uns MIDIBUS) para ser “sócio” destes individuos.
    O MP sabe,
    a Policia sabe,
    o prefeito sabe,
    e ai, não fazem nada?

    E enquanto não fazem nada, o povo que continue pastando.

  18. Fora Consorcio 4leste e consorcio aliança cooperpeople mais um acidendente envolvendo esses consorcio que eh cooperativa essas cooperativas só causam acidentes no ano passado aconteceu na zona sul gostaria de saber por que a prefeitura fecha contratos com as cooperativas sabendo que eles naum tem condições de prestar serviços ???

  19. consorcio 4 leste toma 55 multas por dia e coloca culpa no transito e na prefeitura pq naum tem corredor exclusivo na ZL ?? engraçado que só o consorcio 4 leste tem atraso nas partidas e reclama do transito os outros consorcio tbm pega transito e nem por isso tem tanto atraso que nem o CL4 na verdade o CL4 naum tem carro suficiente para cumpri a demanda e ainda quer corredor naum tem nem carro de 5 portas para colocar no corredor e ainda com essa frota velha só vai atrasar a vida dos passageiro no corredor pq todo dia tem onibus do CL4 quebrado
    CL4 na ZL naum fora Jà !!!!!!

  20. Meu caro Promotor de uma olhada nisso !!http://www.agora.uol.com.br/saopaulo/ult10103u963754.shtml esse consorcio que ter direito do que ?? me responda

1 Trackback / Pingback

  1. SPTrans cria atendimento: 575C/21 Vila Diva – Metrô Vila Prudente, e os problemas da 4208 | De Olho Vivo na SPTrans!

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: