MANAUS DIZ QUE PLACAS DE OUTROS ESTADOS DÃO PREJUÍZO

ÔNIBUS mANAUS

De acordo com a Prefeitura de Manaus, cerca de R$ 140 mil deixam de ser arrecadados pelo fato de os ônibus estarem com placas de outros estados. A empresa Transmanaus é a que possui maior número de veículos que não são registrados no Estado. Sessenta ao todo, a maior parte com placas de Santos e da Capital Paulista. Foto: Regilson Silva

Manaus quer que ônibus urbanos tenham placas do Amazonas
ADAMO BAZANI – CBN
A cidade de Manaus, no Amazonas, tem pelo menos 5% da frota de ônibus urbanos que circulam com placas de outros estados, o que segundo o poder público prejudica a arrecadação do município e do Estado.
O fato faz com que deixem de ser arrecadados cerca de R$ 140 mil todos os anos referentes a impostos sobre veículos.
Levantamento da Prefeitura de Manaus revela que pelo menos 68 ônibus possuem placas de outros estados.
Só uma das garagens da Transmanaus, a de número 7, possui 50 ônibus, a maioria com placas de São Paulo (Capital e de Santos (Litoral Paulista).
Em outra garagem da mesma empresa, a de número 4, são 10 veículos com placas de outros estados. A empresa Líder possui mais 08 ônibus com placas que não são do Amazonas.
O que intriga o poder público local é que não são ônibus recém transferidos para o sistema. Uma boa parte já atua há um bom tempo nesta situação.
Além de problemas ao erário público, o fato de os ônibus não estarem registrados no Detran do Amazonas dificulta que pessoas que se envolveram em acidentes com estes ônibus sejam ressarcidas. Estes veículos de transporte coletivo não estão registrados no sistema local.
O Sinetran – Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Amazonas diz desconhecer a situação, mas que a responsabilidade de regularização é de cada empresa.
Ao Portal D 24 AM, a diretora do Detran do Amazonas, Mônica Melo, diz que os ônibus que estiverem com placas de outros estados devem ser apreendidos e que por operarem em sistema de concessão pública, as empresas de ônibus são obrigadas a transferirem seus registros para onde atuam.
“Se esse é o domicílio desses veículos agora, as placas não podem ser de São Paulo, por exemplo” – disse Mônica Melo.
O sistema municipal de Manaus tem em torno de 1,3 mil ônibus registrados, que servem 700 mil passageiros por dia.
A Superintendência Municipal de Transportes Urbanos – SMTU – afirmou que os ônibus com placas de outros estados serão em breve regularizados.
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes

2 comentários em MANAUS DIZ QUE PLACAS DE OUTROS ESTADOS DÃO PREJUÍZO

  1. Amigos, boa noite

    Salvo engano meu, o prazo para regularizar um documento (troca de proprietário), são 30 dias.

    Portanto, patente a irregularidade.

    No mais, se as empresas operam concessão/permissão ou seja lá qual nome esteja sendo dado, patente a irregularidade número 2.

    Patente também que gestora do sistema, a Prefeitura de Manause o Detram de Manaus, estão de acordo, ou ….

    Muito obrigado
    Paulo Gil

  2. essas pessoas que vem para manaus tirando todo sossego dos amazonenses,ainda querem botar banca aqui no estado devem voltar para o rumo deles,e vai roubar assim la no estado de onde eles vieram,e lametavel que o prefeito de manaus nao da uma importancia,mas e assim o dinheiro fala mais alto

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: