TARIFA DE ÔNIBUS SOBE EM MAUÁ NESTE DOMINGO. AUMENTO DA PASSAGEM DE ÔNIBUS EM MAUÁ SERÁ DE 16%

Viação Cidade de Mauá

ônibus da Viação Cidade de Mauá, operadora do lote 01 do município. Empresa anunciou que deve trazer mais 40 ônibus novos até o final do ano. Neste domingo, dia 07 de agosto, a tarifa municipal passa de R$ 2,50 para R$ 2,90. Mauá registrou no último ano diversas inovações nos transportes que vão desde frota nova até conceitos modernos de operação como sistema tronco alimentador e linha expressa e quebra de monopólio que já durava 30 anos, mas muita coisa ainda precisa ser aperfeiçoada. Foto: Adamo Bazani

Tarifa de ônibus de Mauá deve aumentar neste domingo
Valor vai se equiparar às passagens das demais cidades do ABC. Aumento é previsto em edital

ADAMO BAZANI – CBN

A partir deste domingo, dia 07 de agosto, as tarifas de ônibus municipais em Mauá, na Grande São Paulo, vão ser reajustadas de R$ 2,50 para R$ 2,90.
Mauá ainda não tinha reajustado as passagens, como as outras cidades do ABC Paulista fizeram no início do ano, devido a entrada em 2010 de uma nova empresa no sistema, a Leblon Transporte de Passageiro Ltda, que venceu a licitação para a operação do Lote 02.
Havia uma dúvida em relação à data do reajuste.
Isso porque o edital de licitação previa que as tarifas não poderiam ser reajustadas um ano depois da entrada da empresa.
Porém, apesar de ter ganhado administrativamente a licitação, a Leblon teve a vitória contestada pelas empresas Estrela de Mauá e TransMauá, de Baltazar José de Sousa,m dono da Viação Cidade de Mauá, que opera o lote 01 do município.
A assinatura do contrato entre a Leblon e Prefeitura ocorreu em maio de 2010, mas por conta da contestação jurídica por parte de Baltazar, a empresa só começou a operar no dia 06 de novembro, quando teve a vitória legitimada pelo Superior Tribunal de Justiça de Brasília. A disputa judicial se arrastou por cerca de dois anos. A Comarca de Mauá ainda analisa um recurso das empresas de Baltazar, mas a decisão de Brasília deve ser seguida.
O departamento jurídico da Prefeitura de Mauá tinha dúvidas se o aumento deveria ser aplicado um ano depois da assinatura do contrato com a Leblon ou um ano após a empresa ter começado a operar.
Esgotadas todas as dúvidas, o departamento jurídico concluiu que o aumento pode ser feito depois da assinatura do contrato. Sendo assim, o reajuste já poderia ter sido aplicado no mês de maio. Mas enquanto dúvidas persistiam, o poder público preferiu não arriscar.
O valor de R$ 2,90 foi obtido a partir de quesitos que constam no próprio edital de 2008, que deu a vitória para a Viação Cidade de Mauá, antiga Viação Barão de Mauá, no lote 01 e para a Leblon no lote 02.
Fazem parte da composição tarifária custos como com combustível, frota, manutenção, folha salarial, lubrificantes e impostos.
O valor se assemelha aos praticados nas demais cidades do ABC Paulista.
Os aumentos foram no início do ano e superaram a inflação:

SANTO ANDRÉ: de R$ 2,65 para R$ 2,90, alta de 9,4%
SÃO BERNARDO DO CAMPO: de R$ 2,50 para R$ 2,90, reajuste de 16%
SÃO CAETANO DO SUL: de R$ 2,30 para R$ 2,75, elevação de 19,5%
DIADEMA: de R$ 2,50 para R$ 2,80, reajuste de 12%

Rio Grande da Serra postergou o reajuste de tarifa de ônibus também por conta de licitação. O Ministério Público constatou que a Viação Talismã operava de forma irregular na cidade por falta de contrato. A prefeitura elaborou o certame e após concorrer com a Turismo Volare, da mesma família, a Viação Talismã continuou as operações na menor cidade do ABC Paulista.
Em Mauá, o reajuste de R$ 2,50 para R$ 2,90 é de 16%, também acima do acumulado da inflação.

MELHORIAS NOS TRANSPORTES:

Apesar de ainda ter vários problemas, como lotação e atrasos, de acordo com a população, a situação dos transportes de Mauá tem registrado melhorias.
De acordo com o Secretário de Mobilidade Urbana, Renato Moreira dos Santos, o número de reclamações por conta de atrasos caiu de 42% para 8%.
Entre os destaques em Mauá estão:

• ENTRADA DE UMA NOVA EMPRESA DE ÔNIBUS: Com o início das operações pela Leblon Transporte de Passageiros, a população de Mauá pode ver o que não era possível há cerca de 30 anos: dois grupos operadores diferentes na cidade. Assim, mesmo não operando as mesmas linhas, começou haver concorrência entre empresas e a população pode comparar dois serviços diferentes. A Leblon trouxe para Mauá a experiência de operar no Sistema de BRT (Bus Rapid Transit) de Curitiba, considerado um modelo de transportes mundial. Já a Viação Cidade de Mauá, ex Viação Cidade de Mauá, acumula experiência de 30 anos no município e o grupo cresceu junto com a cidade do ABC Paulista
• RENOVAÇÃO DA FROTA: Quando a Leblon entrou em circulação em novembro de 2010, colocou toda a sua frota de ônibus 0 km, com acessibilidade e motor eletrônico. Trouxe inovações com um modelo mais moderno de ônibus articulado (Marcopolo Viale, Volvo B 12 M), que além de ter computador de bordo, que informa ao motorista dados operacionais em tempo real, apresenta suspensão pneumática e sistema de elevação e ajoelhamento da carroceria. A Viação Cidade de Mauá renovou parte da frota também e anunciou a compra de mais 40 ônibus 0 km até o fim do ano, também com motores eletrônicos e equipamentos de acessibilidade.
• NOVA BILHETAGEM ELETRÔNICA: Quando a Leblon começou a operar, também foi colocado em funcionamento um novo sistema de bilhete eletrônico. Com tecnologia ContactLess, cujo leitor da catraca consegue identificar os créditos apenas com a aproximação no validador, o Cartão daHora não possui tarja magnética como o antigo, o que representa mais segurança para evitar extravio de crédito e maior durabilidade do cartão, mais resistente à água ou pontos magnéticos. A Viação Cidade de Mauá precisou de um tempo para adaptar a tecnologia, período de transição que foi necessário o uso de bilhetes de papel. Atualmente, o Cartão permite integração entre linhas diferentes em um período de uma hora com o mesmo valor da passagem. A integração pode ser feita fora do terminal central de Mauá, onde até então só era possível a troca de linhas com uma mesma passagem.
• SISTEMA TRONCO-ALIMENTADOR: Presente nos principais sistemas brasileiros, consiste em linhas troncais, expressas e alimentadoras, que permite que menos ônibus sigam sem total capacidade pelas principais ruas e avenidas centrais, o que melhora o trânsito, e oferece linhas entre os bairros, menores com intervalos reduzidos. Atualmente, o sistema tronco-alimentador funciona no complexo de bairros do Jardim Zaíra, um dos mais populosos de Mauá, operado pela Leblon Transporte. A empresa, em Curitiba, opera sistema de linha Direta, pelo qual ônibus vão de terminal a terminal sem paradas no meio do caminho, o que reduz o tempo de viagem, uma das principais preocupações de quem utiliza o transporte público. Em Mauá há uma linha Expressa entre o Terminal de Transferência do Zaíra e o Terminal Central de Mauá, que consegue reduzir em mais da metade o tempo de viagem.
• GPS: Todos os ônibus de Mauá possuem equipamento de GPS e as empresas em suas páginas na internet informam em tempo real os horários e a posição dos ônibus de todas as linhas, o que possibilita que o passageiro planeje melhor sua viagem. Além disso, o sistema possibilita maior fiscalização por parte da Prefeitura.
• LINHAS NOTURNAS: Inéditas na cidade, há duas linhas que funcionam 24 horas por dia em toda a semana. Uma serve a região do Zaíra, operada pelo Grupo Leblon Transporte de Passageiros e outra o Jardim Itapeva, prestada pela Viação Cidade de Mauá.

O secretário de Mobilidade Urbana, Renato Moreira dos Santos, anunciou que o Terminal Central de Mauá, considerado obsoleto, escuro e com pouca segurança (os passageiros precisam atravessar as pistas para irem de uma plataforma para outra) deve ser totalmente modernizado. Para isso, Mauá deve contar com recursos federais, provenientes do Ministério do Turismo, de cerca de R$ 6 milhões.
Linhas circulares que não precisem ter ponto final no centro da cidade devem amenizar os transtornos causados pelo fechamento do terminal para a reforma.
Quem lê pode pensar que os transportes em Mauá estão um mar de rosas.
Na verdade ainda estão longe disso. Um dos maiores problemas é o trânsito complicado. Na cidade não existem corredores exclusivos ou faixas que priorizem o transporte público. Assim, como qualquer outro veículo, o ônibus fica preso no meio do trânsito, apesar de poder substituir até 40 carros de passeio.
Atrasos e lotações ainda são comuns na cidade. Mas é inegável que muita coisa tem evoluído sim. E isso é um ponto positivo, principalmente em Mauá, que há muito tempo, ninguém acreditava que os transportes poderiam ter mudanças. Os serviços eram considerados de péssima qualidade e a frota era antiga, com veículos muitas vezes apresentando as características originais de fábrica alteradas.
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes

5 comentários em TARIFA DE ÔNIBUS SOBE EM MAUÁ NESTE DOMINGO. AUMENTO DA PASSAGEM DE ÔNIBUS EM MAUÁ SERÁ DE 16%

  1. Rodrigo Rodrigues // 5 de agosto de 2011 às 02:08 // Responder

    Oi adamo Tudo Bem. Bom Eu queria sabe se você sabe de alguma novidade da urbana santo andré municipal,Por Quê No Diario Do Grande Abc Citaram o nome das linhas B-19 e S-36,Se Você Souber Você Pode Falar. Obrigado!

  2. Não sei de nenhuma novidade por enquanto, mas se eu descobrir algo relevante, eu posto.
    Abraços

    • Rodrigo Rodrigues // 5 de agosto de 2011 às 02:31 // Responder

      Obrigado Adamo,pois eu só sei sobre os 6 dos 17 que vão chegar são esses:

      02 607 – Comil Svelto Midi (Está Operando Na B-63)
      02 611 – Comil Svelto Midi (Está Operando Na B-63)
      02 613 – Comil Svelto Midi (Está Operando Na B-63)
      04 465 – Marcopolo Torino 2007 (Está Operando Na I-05)
      08 911 – Neobus Megabus 2006 Articulado (Está Operando Na TR-101)
      08 916 – Neobus Megabus 2006 Articulado (Está Operando Na TR-101)

      E Pelo Que Eu Sei Todos Os 17 Onibus novos Iam Ficar Nessas Linhas TR-101,TR-103,B-47,B-63,B-19,I-05,I-04 E I-06.E Obrigado Pela Reposta.

  3. nós da vila luzita Santo André paga 2,90 para ir em um aperto no TR-103 tem dia q passa 10 onbus no horario de pico e para nenhum vc vai em um arperto no TR101 q vc nem precisa segurar nos ferros o povo te seguram pq é tanta gente ,PESSOAL DA VILA LUZITA QUEM ESTIVER CANÇADO DISSO VAMOS PROTESTAR EM FRENTE DA PREFEITURA

  4. nós da vila luzita paaga 2,90 para ir em um aperto no TR-103 tem dia q passa 10 onbus no horario de pico e para nenhum vc vai em um arperto no TR101 q vc nem precisa segurar nos ferros o povo te seguram pq é tanta gente ,PESSOAL DA VILA LUZITA QUEM ESTIVER CANÇADO DISSO VAMOS PROTESTAR EM FRENTE DA PREFEITURA

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: