GREVE DE ÔNIBUS EM MACEIÓ: PARALISAÇÕES POR EMPRESAS

Nesta terça-feira, dia 19 de julho, é a vez de os ônibus da empresa Real Alagoas ficarem parados no início da manhã. Reivindicando reajustes de 8% nos salários, elevação de R$ 240 para R$ 280 no vale alimentação e plano de saúde a partir de 2012, os motoristas param por garagem sempre das 04h00 às 07h30. Na quarta, param os ônibus da Piedade e na quinta, da São Francisco.

Nesta terça-feira, dia 19 de julho, é a vez de os ônibus da empresa Real Alagoas ficarem parados no início da manhã. Reivindicando reajustes de 8% nos salários, elevação de R$ 240 para R$ 280 no vale alimentação e plano de saúde a partir de 2012, os motoristas param por garagem sempre das 04h00 às 07h30. Na quarta, param os ônibus da Piedade e na quinta, da São Francisco.

Greve de ônibus em Maceió: paralisação por empresas
Para pedir aumento de salários e de benefícios, motoristas e cobradores de ônibus tem paralisado as atividades de forma alternada

ADAMO BAZANI / CBN

A greve de motoristas e cobradores de ônibus de Maceió, em Alagoas, tem sido feita de forma alternada.
As paralisações ocorrem apenas na parte da manhã e atingem uma viação por dia.
Os motoristas e cobradores reivindicam 8% de aumento salarial, reajuste no vale alimentação de R$ 230 para R$ 280 e concessão de plano de saúde a partir de janeiro de 2012.
O Sinttro – AL – Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Alagoas deve fazer mobilizações nas empresas de ônibus até quinta-feira, sempre das 04h00 às 07h30 em uma garagem por dia.
Nesta segunda-feira foram paralisadas neste horário as atividades da empresa Veleiro.
O sindicato tem um cronograma de manifestações e os passageiros devem ficar atentos:
• Terça-feira, dia 19 de julho: paralisação na Garagem da Real Alagoas
• Quarta-feira, dia 20 de julho: no início da manhã não devem operar os ônibus da empresa Piedade
• Quinta-feira, dia 21 de julho: não devem operar das 04h00 às 07h00 da manhã os veículos da São Francisco.
No total, são mais de 3500 trabalhadores em transporte coletivo em Maceió.
No final desta semana, deve ser realizada uma assembléia geral para decidir se os motoristas e cobradores aceitam as propostas das empresas ou se realizam uma paralisação de todas as empresas de uma só vez.
Durante as paralisações por empresa, 100% dos ônibus ficam recolhidos.
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes

1 comentário em GREVE DE ÔNIBUS EM MACEIÓ: PARALISAÇÕES POR EMPRESAS

  1. cleto rocha de melo // 22 de outubro de 2011 às 23:16 // Responder

    e uma vergonha o salario dos rodoviários de alagoas este reajuste deveria ser repassado tambem para os rodoviários apusentados tambem que tem seu salário muito defasado tambem

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: