NOVA PADRONIZAÇÃO DE MAUÁ TERÁ CORES DO PT. MINISTÉRIO PÚBLICO PODE SER ACIONADO

Viação Cidade de Mauá

Pintura da Viação Cidade de Mauá já segue padronização adotada pelo PT antes da reformulação dos transportes. Cores da nova padronização, que devem anular o azul da e prata e a mensagem de força e visão voltada às pessoas que transmite a águia formada por rostos humanos da Leblon, devem privilegiar as cores do PT de Oswaldo Dias. Foto: Adamo Bazani

Ônibus municipais de Mauá terão cores em alusão ao PT
Se for comprovada motivação política na mudança do padrão de pintura de ônibus, Ministério Público pode ser acionado

ADAMO BAZANI – CBN

A Prefeitura de Mauá deve colocar as cores do PT, partido do chefe do executivo, Oswaldo Dias, na nova padronização de pinturas de ônibus da cidade.
Há menos de um ano, no dia 06 de novembro, entrou uma nova operadora de ônibus na cidade, a Leblon, dentro da reestruturação dos transportes de Mauá.
A empresa entrou com cores próprias, autorizada pelo poder público, e a população começou a assimilar melhor as diferenças de qualidade entre as duas viações que operam na cidade. Além disso, os passageiros com dificuldades visuais conseguiram identificar melhor os ônibus que servem os seus bairros, diferenciando dos outros.
Um especialista em direito público ouvido pelo jornal Diário do Grande ABC, André Castro Carvalho, afirmou que se for comprovada motivação política na mudança de cores dos ônibus, o Ministério Público pode multar a Prefeitura de Mauá, e mandar refazer as pinturas da padronização. Qualquer cidadão pode acionar o Ministério Público.

VELA LINK DO DIÁRIO DO GRANDE ABC:

http://www.dgabc.com.br/News/5899987/maua-ira-mudar-a-cor-dos-onibus-municipais.aspx

A Prefeitura de Mauá, no ABC Paulista, trabalho com afinco.
Trabalha para mudar as cores dos ônibus municipais.
O sistema municipal desde novembro do ano passado tem registrado mudanças importantes:
• A entrada de uma nova empresa operadora em 18 linhas do Lote 02 da cidade, a Leblon, que trouxe 100% de ônibus novos e com acessibilidade
• Nova Bilhetagem Eletrônica, com o Cartão Da Hora
• Integração não apenas dentro do Terminal Central da cidade, como era antes, mas também pelo bilhete eletrônico em qualquer ponto, dentro do prazo de uma hora
• Monitoramento de GPS em todos os ônibus municipais
• Possibilidade de acompanhar o posicionamento, os horários e as vias atendidas por todo cidadão nos sites das duas empresas. Viação Cidade de Mauá ( http://www.viacaocidadedemaua.com.br/linhas.php ) e Leblon Transporte de Passageiros (http://www.leblontransporte.com.br/linhas_maua_urbano.html )
• Sistema tronco-alimentador: O Terminal do Zaíra possibilitou que as linhas do Zaíra 3, 5 e 6 se tornassem alimentadoras e em vez de os ônibus irem com lotação incompleta até o Centro da cidade, gerando poluição e trânsito na já tumultuada Avenida Presidente Castelo Branco, eles circulam nos bairros, diminuindo o intervalo e o tempo de espera. Os passageiros no Terminal Zaíra fazem a transferência de graça para ônibus de maior porte, mas que substituem vários veículos, que prestam serviços nas linhas 080 Troncal (Terminal Zaíra – Terminal Centro), 084 (Zaíra 4 – Terminal Central) e de forma inédita no ABC Paulista contam com uma linha Expressa, a linha 356, que liga o Terminal Zaíra ao Terminal Central, sem paradas em pontos, o que reduz em mais da metade o tempo de viagem. Todo este sistema é operado pela Leblon Transporte de Passageiros, mas a intenção é que haja semelhante nas linhas da Viação Cidade de Mauá, antiga Viação Barão de Mauá.
Um dos pontos destes avanços é a existência de duas empresas que pertencem a grupos diferentes, o que gera concorrência em alguns pontos da cidade. Há mais de 30 anos, Mauá só teve um grupo operador, o de Baltazar José de Sousa, que controlava duas empresas: A Viação Barão de Mauá e a Viação Januária. Depois de muita batalha judicial, e até ações criminosas contra a Prefeitura e a Leblon Transporte de Passageiros, a empresa paranaense conseguiu assumir o lote 02, começando as operações no dia 06 de novembro.
A população logo percebeu a mudança pela diferenciação de pintura dos ônibus. A Viação Cidade de Mauá continuava com o antigo padrão de cores, estabelecido pelo governo de Oswaldo Dias, do PT, com cor predominantemente vermelha e branca (as mesmas cores do partido) e a Leblon entrou com as cores prata e azul e um símbolo de uma águia formada por rostos humanos, o que indica que os transportadores devem ter a agilidade e a visão de uma águia, mas devem fazer todos os seus serviços para o ser humano, segundo a própria Leblon.
O fato de haver duas cores diferentes agradou a população que pode perceber melhor a diferença de qualidade das duas empresas e principalmente identificar melhor nos pontos qual o ônibus que atende os bairros onde moram e trabalham.
A Prefeitura diz que a cidade é uma só, já que nos transportes há ainda a impressão de haver “duas Mauás”, embora a Viação Cidade de Mauá tenha melhorado os serviços, mas não sua cultura.
Mas o nivelamento pode ser um tiro no pé da própria prefeitura que quer impor sua marca e de seu partido nas latarias dos ônibus, pois a percepção normalmente é para o lado pior dos serviços.
Isso sem contar no dinheiro do passageiro investido pela nova empresa de ônibus, a Leblon, se tiver de mudar de pintura, que poderia ser usado em outras ações, como manutenção, ampliação de frota, aperfeiçoamento dos serviços ou mesmo reforço da saúde financeira da companhia.
É um passo atrás nas mudanças importantes dos transportes que Mauá tem vivenciado. Pode ser um tiro no pé de Oswaldo Dias.
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes.

6 comentários em NOVA PADRONIZAÇÃO DE MAUÁ TERÁ CORES DO PT. MINISTÉRIO PÚBLICO PODE SER ACIONADO

  1. Com certeza , independentemente do partido, nao deve haver quaisquer vinculo com a empresa de onibus ….
    Se for assim logo teremos empresa de onibus fazendo campanha eleitoral.
    Que o Ministerio Publico de Maua possa apurar e barrar essa ideia , porque a empresa de onibus e o partido do PT nao pedi mais qualidade para o transporte publico da cidade.
    http://onibuscotiasp.blogspot.com
    Todos juntos por um Brasil melhor….

  2. bom dia senhor adamo.Sou contra as politicas do PT, mas a favor de uma padronização. Mas no caso de Mauá veio muito tarde. A Pintura se fosse prevista num plano até q ia. Mas sem razão alguma é politicagem. E politicagem é com o PT mesmo. Lembra da pintura dos ônibus novos q chegavam no governo Marta?e depois de ‘reorganizar’ ela colocou O SIMBOLO fazendo alusão ao PT? isso só acabou com a gestão relâmpago Serra? E só foi dado um fim na Gestão Kassab q colocou um sucinto ‘Cidade de São Paulo’, e Agora ‘Prefeitura de São Paulo’.
    Bem como não adianta muito, essa padronização deve fazer no minimo como Osasco q valorizou os ônibus e não desvalorizou.
    Sr. adamo belo texto-Se quiser me adicione no msn para conversarmos mais sobre esse assunto q me interessou gabriel_bqtc_@hotmail.com

  3. Amigos, boa noite

    Sugiro não perdermos mais tempo com esta questão, pois o “Poder” é assim
    mesmo.

    Vai padronizar e pronto, pois há intere$$e$ maiore$.

    A questão política é umbigui$ta e pronto, só focará o me$mo ponto.

    Vamos tratar do Buzão, pois o resto vai seguir na mesma lenga lenga de sempre.

    Por exemplo: Querem fazer trem bala sem saber operar suburbinho básico.

    Outro dia li uma matériano jornal que uma autoridade confirma que a corrupção nas obras da copa é inevitável.

    Oras bolas, então pra que prender meliantes, deixem-os sossegados, já que tem tantos outros.

    Depois destas, precisamos é parar de dar ibope ao setor político, pois afinal pra nada serve.

    Ahhhh ia me esquecendo; serve, só para fazer marketing barato em cima de pintura de empresa de ônibus.

    Em tempo: Barato nunca, carí$$imo!

    Muito obrigado

    Paulo Gil

  4. Eu acho bom haver uma padronização sim, pois dá a noção de uma cidade unificada, claro que não gostaria que isso fosse vinculada ao partido, mas pensem nas grandes cidades como Londres, Paris, São Paulo…o Layout de seus ônibus é padronizado… até em Santo André é assim. Fica melhor do que duas cores, tipo no Rio… Mas vermelho seria uma grande ‘tosquice’ da administração, pois a chance do MP cair em cima sera muito grande!

  5. ”Ahhhh ia me esquecendo; serve, só para fazer marketing barato em cima de pintura de empresa de ônibus.”

    Paulo Gil adivinhou meu pensamento , rsrsr.
    Onibus estão nas ruas todos os dias, milhares de pessoas dependem deles. Querem melhor vitrine do que esta ?
    Como sempre, coisas do PT, se bem que outros partidos lançam mão desse artificio manjado.

    Em tempo: Lá pelos anos 90, o então vereador petista Adriano Diogo protestou contra o uso do trevo de quatro folhas, nos onibus da capital paulista, o trevo era o simbolo da campanha de Maluf. Mas se Maluf não podia usar o trevo, porque os petistas fizeram o mesmo ? Com os famosos ”bonequinhos” da Marta ??
    Uns podem mais que os outros , né ?

  6. acho o seguinte padronizar seria facitar a vida do baltazar para entrada da vcm estrela de baltazar pois para ele é so trocar o prefixo e nome da empresa do onibus como ocorre nas sucatas da vcm eaosa e vcm ribeirão pires

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: