VAZANTE DO RIO MADEIRA ATRASA ÔNIBUS NOVOS EM MANAUS

ÔNIBUS COMIL

ônibus da Comil que vão prestar serviços em Manaus. Portal 24am

DO PORTAL DE 24 AM, do Amazonas

A vazante do Rio Madeira está dificultando a navegação e causando a demora na chegada das balsas que transportam os novos ônibus que serão integrados ao sistema de transporte coletivo em Manaus. A informação é do gerente da Sabino de Oliveira Comércio e Navegação S.A. ¬– Sanave, Carlos Augusto Bonfim. A empresa é a responsável pelo transporte fluvial dos ônibus encomendados pelas empresas que irão operar o sistema em Manaus. Ontem, a Sanave e a montadora Comil, entregaram os primeiros 13 ônibus. Para a próxima semana outros 56 coletivos deverão chegar à cidade.

Este primeiro lote de ônibus novos é da empresa City, uma das vencedoras para operar o transporte de passageiros em Manaus. Eles foram desembarcados na manhã de hoje (14/06) no porto da Sanave no bairro de Santo Antônio. A empresa opera 10 linhas na Zona Oeste da cidade e sua frota é de 96 veículos.

Além dos 13 veículos, a empresa, segundo seu proprietário, Carmine Furletti, aguarda a chegada de outros 17 veículos nos próximos dias, além de outros dois para o transporte de pessoas com necessidades especiais. “Com esses carros novos a média de idade da nossa frota será de 1,8 anos”, declarou.

Segundo o assistente técnico da Comil, Luciano de Castro, a montadora tem um contrato para a produção de 150 ônibus novos, encomendas das empresas que vão operar o sistema em Manaus.

Ele apontou como uma das dificuldades, a logística de transporte dos ônibus desde a fábrica até Manaus. Ele explicou que os coletivos saem rodando desde a fábrica em Erechim, no Rio Grande do Sul até a cidade de Porto Velho, percorrendo uma distância aproximada de 3.500 quilômetros. Depois os coletivos são embarcados em balsa até Manaus.

“O nosso maior problema é o transporte fluvial. O Rio Madeira está baixando muito e com isso as balsas só podem navegar durante o dia”, afirmou. Por causa das más condições de navegação, a segunda remessa com 56 ônibus, cuja previsão de chegada era para esta semana, somente deverá chegar na próxima semana.

Procedimentos

ônibus novos Manaus

Vazante de Rio atrasou chegada de ônibus novos para o sistema de Manaus

O desembarque da primeira remessa de ônibus teve a supervisão da empresa transportadora, representantes da montadora e da empresa dona dos veículos.

Segundo do superintendente em exercício da Superintendência Municipal de Transportes Urbanos, Ivson Coelho, também presente no desembarque, os veículos serão entregues para a empresa que por sua vez fará a inspeção para em seguida cadastrar os veículos no Departamento Estadual de Trânsito (Detran) e na SMTU. “Depois disso vamos aguardar o prefeito Amazonino Mendes determinar a entrada em operação dos novos ônibus”, afirmou.

O superintendente em exercício falou aos jornalistas presentes no desembarque que a SMTU vem acompanhando e fiscalizando o processo de renovação da frota. Lembrou que recentemente o superintendente Marcos Cavalcante visitou as montadoras onde renovou o pedido de mais agilidade na produção dos ônibus destinados a Manaus.

Quanto ao reajuste da tarifa ele lembrou que o prefeito condicionou o aumento à entrada em operação da nova frota, aliás prevista no contrato assinado entre a Prefeitura e as empresas vencedoras da licitação.

PORTAL D 24 AM AMAZONAS

1 comentário em VAZANTE DO RIO MADEIRA ATRASA ÔNIBUS NOVOS EM MANAUS

  1. Amigos, boa noite

    Este é o nosso Brasil, por esta reportagem podemos
    ver a beleza e as distancias continentais do nosso país.

    ” …GIGANTE PELA PRÓPRIA NATUREZA,
    ÉS BELO, ÉS FORTE, IMPÁVIDO COLOSSO,
    E O TEU FUTURO ESPELHA ESSA GRANDEZA.

    TERRA ADORADA,
    ENTRE OUTRAS MIL,
    ÉS TU,BRASIL, …”

    Muito obrigado
    Paulo Gil

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: