APESAR DE PEREGRINAÇÃO, CHEGADA DE NOVOS ÔNIBUS A MANAUS VAI ATRASAR

ônibus de Manaus

Renovação da frota de ônibus em Manaus, prevista para julho vai atrasar. Apesar da peregrinação do Superintendente Municipal de Transportes, Marcos Cavalcante, em encarroçadoras e montadoras, para garantir o cumprimento da promessa do poder público, não teve jeito. Licitações, preparativos para a Copa do Mundo de 2014 e eleições municipais, antecipação da renovação da frota para os empresários escaparem do preço maior dos ônibus que vão seguir normas mais rigorosas de redução na emissão de poluentes em 2012, crise na encarroçadora Busscar, entre outros motivos, fizeram com que as produtoras de ônibus ficassem sobrecarregadas e os atrasos na entrega dos veículos têm ocorrido. Agora, os primeiros ônibus novos em Manaus vão chegar no final de agosto se não houver outros atrasos. Em vez de 858 veículos novos, serão mil ônibus trazidos pelas empresas operadoras. A Superintendência de Transportes quer se certificar que os ônibus são novos e não “maquiados” e após a renovação, deve haver aumento nas tarifas.

Sobrecarga na produção de ônibus vai atrasar a renovação da frota em Manaus
Superintendente de Transportes da cidade visitou as fabricantes e acredita que o atraso deve ser de pelo menos dois meses

ADAMO BAZANI – CBN

Que o mercado de ônibus está aquecido, isso é notório. Renovações previstas, antecipações para os empresários escaparem dos preços mais altos dos veículos menos poluentes a partir de 2012, licitações locais e das linhas interestaduais e internacionais da ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres), preparativos para os eventos esportivos mundiais, como a Copa de 2014, aproximação das eleições municipais do ano que vem e a crise na Busscar, uma fabricante de grande porte a menos num momento de demanda aquecida são alguns dos motivos que mostram e podem explicar o fato de as fabricantes de ônibus trabalharem a todo vapor e apresentarem filas de encomendas.
Ciente disso, o Superintendente de Municipal de Transportes Urbanos de Manaus, no Amazonas, Marcos Cavalcante, fez na semana passada uma verdadeira peregrinação nas encarroçadoras e montadoras no Sul e no Sudeste para garantir que a renovação da frota de ônibus prometida para a Capital a partir de julho fosse cumprida.
Mas não teve jeito.
Manaus começará a ver os primeiros ônibus novos a partir do final de agosto somente, isso se não houver outros atrasos.
Marcos Cavalcante anunciou que a expectativa é que cheguem pelo menos 600 ônibus em ônibus e que a média da frota de Manaus deva ficar em 1,86 ano, enquanto a média da frota nacional urbana é de 3,5 anos. No ABC Paulista, a área 5, das linhas de ônibus intermunicipais que operam sem concessão e com permissão precária, pelo fato de os empresários da região não participarem das licitações da EMTU (Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos), a idade média da frota se aproxima de 8 anos.
A renovação prometida para Manaus neste ano era de 858 ônibus, mas as empresas operadoras resolveram trocar cerca de mil veículos de transporte coletivo, o que representa 2/3 da frota atual.
Para isso, elas conseguiram financiamento bancário de R$ 300 milhões e aproveitaram os recursos para trocarem este ano mais ônibus que o previsto. Em janeiro de 2012, os ônibus comercializados serão obrigados a atenderem às normas mais rigorosas da fase 7 do Programa de Controle da Poluição do Ar por Veículos Automotores baseadas nas exigências do Euro V. Para cumprir estas normas de redução de emissão de poluentes, os veículos contam com novas tecnologias de produção, de peças e também de aditivos, o que eleva o custo do ônibus em pelo menos 10%. Sem querer experimentar a novidade antes dos outros, mas principalmente para economizarem estes 10% (imagine varas vezes 10% de um veículo cujo preço é em torno de R$ 300 mil), muitos empresários resolveram antecipar a renovação. Assim, mesmo com o Proconve P 7 – Euro V valendo a partir de janeiro de 2012, por alguns anos os ônibus ainda vão emitir o mesmo nível de poluição de hoje.
Além da sobrecarga de produção das encarroçadoras e montadoras, a burocracia de alguns bancos para a liberação dos financiamentos é encarada por Marcos Cavalcante como um dos motivos para o atraso no cronograma de renovação de frota de Manaus.

AUMENTO DE TARIFA:

O Superintendente Municipal de Transportes Urbanos, Marcos Cavalcante, disse ao Jornal A Crítica, que após a chegada dos primeiros ônibus novos, devem ser discutidos os aumentos nas tarifas.
Para isso, será feito um ato público entre a Secretaria Municipal de Transportes Urbanos, OAB – Ordem dos Advogados do Brasil, imprensa, Ministério Público, Assembléia Legislativa Estadual, Câmara Municipal, entidades civis para apresentar os certificados técnicos dos ônibus.
“Queremos comprovar que não são ônibus camuflados ou maquiados, como dizem por aí, mas sim unidades inteiramente novas e modernas” – disse Marcos Cavalcante ao jornal.
Em agosto, não havendo mais atrasos, devem chegar 60% da frota prometida, cerca de 600 ônibus. Os outros 400 (40%) devem servir Manaus até outubro.
Do total de 858 ônibus novos previstos pelo edital, os veículos serão das seguintes categorias:

CONVENCIONAIS: 636
ARTICULADOS: 144
MICRO-ÔNIBUS: 78

Todas as empresas operadoras de Manaus vão participar da renovação, segundo a Superintendência Municipal de Transportes Urbanos:

São Pedro
Expresso Coroado
Global
Rondônia
Transtol
Nova Integração
Líder
Via Verde
City Transportes
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN especializado em transportes

2 comentários em APESAR DE PEREGRINAÇÃO, CHEGADA DE NOVOS ÔNIBUS A MANAUS VAI ATRASAR

  1. Oi.
    É sempre necessário e bom, modernizar equipamentos, tal como os ônibus. MELHOR AINDA, é prover estes novos ônibus, de manutenção adequada, quer seja, não esperar quebrar, para depois arrumar, fixando uma peça com chiclete, como se fosse o Macgyver.
    Costumeiramente, é o que vemos por aí.
    Abçs.

  2. e bom que a novela vale a pena ver de novo esta se acabando agora vamos curtir a novela da vida real mas a renovacao nao deve ser so com os coletivos e sim com a concentizacao dos usuarios programas educativos nos meios de comunicacao e tambem mas atencao com a categoria de rodoviarios que esta esquecida no sentido de treinamentos e cursos de relacoes humanas e outros pois,para mudar a historia do transporte coletivo tem que se trabalhar em cima da mente humana e concientizar e comunicar na midia tudo isso para que possa haver respeito entre usuario e rodoviario por favor autoridades olhem com carinho por tudo isso.sem mais que Deus nos abencoe. mot.430 da viacao sao pedro

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: