GREVE DE ÔNIBUS EM RECIFE. MOTORISTAS E COBRADORES PARAM POR 24 HORAS

Greve de ônibus em Recife
Após manifestação na região central, motoristas e cobradores de Recife, no Pernambuco, decidiram entrar em greve de 24 horas nesta quarta-feira, dia 15 de junho. Empresas de ônibus querem garantir frota mínima. Foto: Walace Aguiar

Motoristas e Cobradores de ônibus anunciam Greve em Recife
Categoria pede 22% de aumento. Empresas de ônibus oferecem 5% de reajuste salarial

ADAMO BAZANI – CBN

Motoristas e cobradores de ônibus de Recife decidiram entrar em greve a partir desta quarta-feira, dia 15 de junho de 2011.
A decisão ocorreu depois de uma manifestação que reuniu cerca de 150 pessoas na Avenida Agamenon Magalhães, onde fica a sede da Superintendência Regional de Trabalho e Emprego.
O ato foi organizado pelo Sindicato dos Trabalhadores no Transporte Rodoviário de Pernambuco e ocorreu depois de uma reunião sem acordo com representantes das empresas de ônibus.
A greve de ônibus em Recife nesta quarta-feira será de 24 horas, como advertência, segundo os sindicalistas.
Os motoristas e cobradores de ônibus de Recife pedem reajustes salariais de 22% enquanto as empresas oferecem 5% de aumento.
A caminhada dos motoristas e cobradores pela Avenida Agamenon Magalhães causou transtornos da tarde desta terça-feira, dia 14 de junho.
As Empresas do Transporte Integrado de Recife (Urbana – PE) querem garantir uma frota mínima de operação para não prejudicar totalmente os passageiros.
O Metrorec – Metrô de Recife, espera uma demanda maior de passageiros. As composições vão começar a circular às 5 horas da manhã. Os 14 trens da linha Centro e os 4 da linha Sul vão ter intervalos entre 5 e 10 minutos.
Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes, repórter da Rádio CBN.