METRA OPERA COM 70% DA FROTA. CPTM ESTÁ IRREGULAR E METRÔ FUNCIONA

Metra opera com 70% da frota, mas intervalo e lotações são maiores. Foto: Adamo Bazani.

Metra opera com 70% da frota. CPTM tem serviços irregulares
Passageiros do sistema devem ter paciência. Intervalo e locação estão maiores

ADAMO BAZANI – CBN

Os serviços da Metra, do Corredor Metropolitano ABD, entre São Mateus, na Zona Leste de São Paulo, e Jabaquara, na zona Sul da Capital Paulista, operam neste momento com 70% da frota normal.
A companhia de ônibus e trólebus precisou de ajuda policial para retirar os veículos da garagem, em São Bernardo do Campo, para prevenir possíveis depredações e tumultos.
Como solução paliativa, a empresa deu preferência para colocar a maior quantidade possível de ônibus de grande porte, como de 15 metros (trucados de 3 eixos) e articulados.
Mesmo assim, a lotação é grande, por conta de vários fatores, como a menor quantidade de ônibus que o convencional, o fato de muitos passageiros dos ônibus que estão paralisados pertencentes a outras empresas, usarem os serviços da Metra como alternativa e o trânsito complicado que atinge o ABC Paulista. Apesar de a Metra operar em Corredor exclusivo, em alguns trechos os ônibus e trólebus precisam compartilhar vias comuns com os carros de passeio e outros veículos.
As demais companhias de ônibus do ABC estão paradas.
A Rigras, em Ribeirão Pires, chegou a colocar alguns veículos nas ruas, mas teve de recolher uma parte.
Uma parcela de ônibus intermunicipais também presta serviços em número bem reduzido.
Santo André tem alguns ônibus em operação, em especial da Viação Vaz.
São Bernardo do Campo, São Caetano do Sul, Diadema e Rio Grande da Serra também sentem os efeitos das paralisações.
A greve pode ser julgada como ilegal. Isso porque, uma paralisação deve ser anunciada com pelo menos 72 horas de antecedência. Os motoristas e cobradores decidiram parar ontem.
O Sindicato disse que apoiou a proposta de reajuste nos salários da categoria de 8%, mas os trabalhadores rejeitaram. Eles exigem 15% de aumento salarial.

CPTM:

As linhas da CPTM atingidas pela paralisação de dois dos quatro sindicatos que representam a categoria operam de maneira irregular.
A Linha 12 Safira, que liga o Brás a Calmon Viana, em Poá, na Grande São Paulo, está parada totalmente.
A Linha 11 Coral, não opera entre a estação Estudantes, em Mogi das Cruzes, na região Metropolitana, e Guaianazes, na zona Leste de São Paulo. A CPTM colocou ônibus para suprir parte da demanda. Entre as estação Guaianazes – Luz há circulação, mas com trens lotados.
As linhas 8 Diamante (Júlio Prestes – Itapevi) e 9 Esmeralda (Osasco – Grajaú) operam normalmente de acordo com a CPTM, mas na versão do sindicato, a linha 8 está com 60% das composições e a linha 9 com 50%.
Os trabalhadores destas linhas são representados pelo sindicato referente a antiga Sorocabana.

METRÔ:

O Metrô de São Paulo opera sem restrições apesar da lotação, por conta da greve de parte dos trens da CPTM. A categoria ainda não entrou em acordo com a Companhia do Metropolitano. Os metroviários querem 10,79% de reajuste e o Metrô oferece 8%.
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes.

1 comentário em METRA OPERA COM 70% DA FROTA. CPTM ESTÁ IRREGULAR E METRÔ FUNCIONA

  1. Boa noite à todos, novamente !

    No intuito de colaborar com o blog, ou seja, com todos nós, usuários do transporte coletivo, transmito a todos que, assisti no telenoticiário noturno, informação dando conta de que TODAS as linhas da CPTM, estarão paralisadas, nesta 5ª feira.

    Quanto ao metrô, também nesta 5ª feira, decidem se entram em greve ou não.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: