A OBRA DE ARTE QUE É DEIXAR UM ÔNIBUS LIMPO

ônibus

Ônibus da Leblon de Mauá pronto para sair para as ruas depois da limpeza. As pessoas devem se sentir bem nas cidades e tudo o que compõe as cidades devem passar esta sensação de bem estar. Até mesmo para quem não usa transporte coletivo, um ônibus limpo, com a pintura bem feita e conservado deixa o município mais agradável, isso porque, os veículos de transporte coletivo fazem parte do dia a dia e da paisagem urbana. Foto: Adamo Bazani

Limpeza de ônibus não é detalhe. É aspecto fundamental para o bem estar do passageiro
Grupo Leblon realizada limpezas diárias e rigorosas nos veículos levando em consideração aspectos e ações que fazem toda a diferença

ADAMO BAZANI – CBN

As pessoas não devem apenas viver nas cidades. Elas têm o direito de viver AS cidades. Isto é, o espaço urbano tem de ser um local de convivência e não só de passagem. Um local que as pessoas se sintam bem e não penas enfrentem porque precisam trabalhar, comprar, estudar ou se locomover.
A cidade passa a sensação de bem estar quando ela satisfaz as necessidades básicas do cidadão e quando elas têm uma aparência agradável, leve e limpa. Não são necessários luxos.
Mas tudo o que faz parte das cidades deve estar em ordem. E todos devem fazer a sua parte.
O poder público deve manter as vias, as calçadas, a iluminação bem conservadas. A população deve contribuir não jogando lixo na rua e não depredando bens públicos e particulares. Os donos de lojas devem manter um aspecto menos agressivo, com fachadas que divulguem seu comércio mas que não poluam visualmente.
Os ônibus fazem parte da paisagem e do dia a dia das cidades. Mesmo quem anda de carro, e dificilmente usa transporte coletivo, não se sente bem ao estacionar ao lado de um ônibus sujo, barulhento, todo amassado e riscado. Imagine então quem precisa deste veículo?
Quando começou a operar em Mauá, na Grande São Paulo, o Grupo Leblon, por sua diretoria, deixou clara a intenção de não só se limitar aos serviços básicos, mas ajudar a cidade nos diversos aspectos possíveis.
A limpeza dos ônibus é obrigação de todas as empresas de ônibus, embora que nem todas cumpram esse dever. Tanto é que, de acordo com dados da EMTU, pelo Índice de Qualidade do Transporte, um dos maiores problemas em relação à frota é sobre a limpeza.

ÔNIBUS LEBLON

Parte da equipe de limpeza do Grupo Leblon Transporte de Passageiros de Mauá. O trabalho é um orgulho vivido dia a dia para estes profissionais que tratam a limpeza dos ônibus como uma obra de arte. Foto: Adamo Bazani

A Leblon possui sistemas ambientalmente amigáveis de limpeza dos ônibus, que tratam dos resíduos gerados pelo processo. Mas acima de tudo, segundo a empresa, o importante é estimular seus profissionais a verem que com seus serviços não estão apenas lavando um ônibus, mas preparando um ambiente saudável para o ser humano.
E o ser humano deve ser o objetivo principal de uma companhia. O lucro ,é claro, faz parte da sobrevivência de uma empresa, de sua manutenção e crescimento. Pensar no ser humano compatibilizando com a saúde financeira é a atual forma de uma empresa se expandir e ter qualidade.
As pessoas dentro dos ônibus devem se sentir bem. E um veículo limpo é primordial para isso.
Assim, o pessoal da limpeza enfrenta o desafio de todo o dia deixar os ônibus sem nenhuma sujeira e, neste trabalho, um pequeno detalhe pode fazer toda a diferença.
Limpeza de frisos, de cantos do assoalho e partes que num serviço mal feito não receberiam a atenção são levados em conta pelos profissionais.
E eles se engajam mesmo.
Num dos dias que a reportagem esteve na garagem, o pessoal da manutenção e limpeza comemorava uma iniciativa, o uso de limpadores e realçadores dos pneus como se deixasse o próprio lar bonito.
Não foi possível não ser chamado a atenção.
O carinho e a dedicação que os trabalhadores demonstraram ao explicarem suas funções de limpeza dos ônibus deveriam ser seguidos como exemplo, não só no setor de transportes, mas em todas as tarefas e relacionamentos do dia a dia.
E manter um ônibus limpo não é nada fácil. É muita gente, entrando e saindo, chuva, fumaça dos outros veículos, ruas de terra que ainda existem em Mauá.
Mesmo assim, para estes trabalhadores, é um desafio prazeroso e o ato de limpar um ônibus se transforma numa obra de arte.
Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes, repórter da CBN.

8 comentários em A OBRA DE ARTE QUE É DEIXAR UM ÔNIBUS LIMPO

  1. BOA NOITE À TODOS !

    É O QUE TENHO DITO AQUI, EM ALGUNS POSTS, O LUCRO DA ATIVIDADE EMPRESARIAL, COM ÔNIBUS, É MERECEDOR, POIS UM SERVIÇO É PRESTADO, E, MAIS JUSTO AINDA, QUANDO REALIZADO COM QUALIDADE, COMPROMETIMENTO E DEDICAÇÃO.

    PARABÉNS A LEBLON !

    POSSO ESTAR ENGANADO, E, POR FAVOR ME PERDOEM SE FOR O CASO, MAS NOS ANOS 80, OS SAUDOSOS E RELUZENTES 0362 DA GATO PRETO, AO FAZEREM SUA PARADA NO TERMINAL STA CRUZ DO METRÔ, PASSAVAM POR UMA RÁPIDA, MAS DEDICADA LIMPEZA, O QUE ME FAZIA ADMIRÁ-LOS AINDA MAIS.

    COMO TENHO DITO E RATIFICO, ÀS VEZES, O ÔNIBUS PODE ATÉ SER MAIS USADINHO, MAS, BEM CONSERVADO E LIMPO, É IMPORTANTE !

    O CARRINHO 70 DA PARQUINHO QUE O DIGA !

    BOM FINALZINHO DE DOMINGO GELAAADO PARA TODOS.

    ABRAÇOS.

  2. Na Sexta-feirta eu vi o 70 da Parquinho perto de casa. Tava muito bem conservado e limpinho.

    No caso da Leblon, já há uma tradição de cuidado com a limpeza que vem do Paraná. Aliás, lá há a utilização de equipamentos tipo palm para gerenciar a limpeza. Vou me informar melhor sobre isso.

    Lembro-me que nos anos de 1980, tinha uma senhora que varia todos os ônnibus da Viação Padroeira, em Santo André, que chegavam ao ponto final na parte da tarde, quando estavam mais sujos por conta do dia a dia.

    São detalhes tão simples e qiue fazem a diferença.

    Enquanto isso, há ônibus com piso sujo na Área 5 (INTERMUNICIPAL) reporvados pela EMTU e outros na Àrea 4 (MUNICIPAL DE SP) com ratos e baratas, como revelou o promotor Saad Mazloum, que aliás, por enquanto, não tem novidades sobre o caso.

    No ABC, há a Metra como boa referência, a Leblon, que atua há pouco tempo mas já melhorou os transportes de Mauá (embora reconheça que há mais coisa a se fazer), a Parque das Nações que, emborta pequena, mantém uma qualidade nos carros, mesmo que antigos. A Tucuruvi, por exemplo, dentro da concepção de frota antiga, mas com conservação aceitável, tem Vitória ainda operando, mas sempre conquista bons íncides na EMTU. A Viação ABC também é outra empresa que possui carros limpos e bem conservados. Os Vitória OF 1318 cvom a pintura ainda da empresa e não padronizada da EMTU estão bons e despertam o interesse de possíveis compradores particulares.

  3. Amigos, boa noite

    Adamo, você disse que esta pegando leve, por causa da saúde, imagine quando
    você acelerar, estimo suas melhoras, mas mantenha a velocidade, pois mesmo
    você pegando leve, eu tenho de correr para memanter atualizado aqui no blog.

    Gustavo agora você pegou no meu ponto fraco, a Gato Preto, mas eu tenho saudades
    somente do tempo do Sr. Luiz Gatti; quando os carros eram creme e vermelho com catracas cromadas, ai sim era limpo e dava gosto.

    Em 1980, creio que as coisas já começaram a perder a classe e o romantismo.

    Estou curioso com esse Parquinho 70, por favor insiram uma foto ( outro dia via
    um de manutençãoCaio amarelo e vermelho da Parque da Nações na Internet, é este?

    Até hoje só conheci dois “ônibus” limpos; Gato Preto (creme e vermelho) e os da Metra; quanto a Leblon não conheço, mas por ser do Paraná já é um bom indício de qualidade; porém fico contente em saber desta qualidade, quando eu tiver uma
    oportunidade faço questão de conferir.

    Agora, sujinhos aqui em Sampa tá cheio.

    OBS.: A limpeza que eu me interesso é a interna pois é a parte que utilizamos e
    infelizmente aqui em Sampa tá sempre sujo, encardido, com crostas e etc.

    Muito obrigado

    Paulo Gil

    • BOA NOITE, NOVAMENTE !

      VOU RELATAR AQUI, ALGO QUE CONSIDERO MANTER RELAÇÃO COM O POST. SEM CITAR O NOME DA EMPRESA, A QUAL ESTOU ME UTILIZANDO DOS ÔNIBUS AQUI, ONDE MORO, CONFESSO, CERTA NOITE DE DOMINGO, RETORNANDO PARA CASA, NUM APACHE VIP II, MBB 1722, COM POUCOS MESES DE USO, O MESMO, ESTAVA QUASE VAZIO, E, POR ESTE MOTIVO ESCOLHI SENTAR-ME NUM BANCO PRÓXIMO A PORTA DO MEIO, COM ELEVADOR POR SINAL, POR ONDE ENTREI.

      NOTEI QUE, ALGO INCOMODAVA O PASSAGEIRO À FRENTE E ELE LOGO SE LEVANTOU E FOI PARA TRÁS. QUESTIONEI O FATO, JUNTO AO COBRADOR E O MESMO, ALEGOU, HAVER BARATAS NAQUELE LOCAL.

      SENTI UM GRANDE NOJO, E, CONFESSO-LHES ME SENTI HUMILHADO, POIS COMO USUÁRIO ACHO, ASSIM COMO OS DEMAIS QUE, MEREÇO UM MELHOR TRATAMENTO DA EMPRESA, QUER SEJA, UM ÔNIBUS LIMPO.

      É COMO EU TENHO DITO PESSOAL. NÃO ADIANTA ÔNIBUS NOVO, SEM A MERECIDA MANUTENÇÃO E LIMPEZA, POIS CASO CONTRÁRIO, É APENAS PARA FAZER MÉDIA COM O PODER PÚBLICO E ENGANAR A POPULAÇÃO.

      PAULO, O SEU FRACO É A GATO PRETO; É UM DOS MEUS TAMBÉM, TANTO QUE, GOSTARIA MUITO DE ENCONTRAR UM MONOBLOQUINHO 0362 URBANINHO, AINDA ORIGINAL, POR AÍ.

      ADAMO, SERÁ QUE A TUCURUVI (EX. SANTA PAULA) AINDA POSSUÍ OF 1318 TORINO LN CURTO ? É UMA COVARDIA MENCIONAR OS OF 1318 DA ABC, COISA LINDA !!!

      ABRAÇOS PARA TODOS E BOA E GELADA NOITE !

    • PAULO,

      PARA DAR UMA CANJA, ENTRA NO LINK ABAIXO:

      http://onibusbrasil.com/empresas/181/Transportes_Coletivos_Parque_das_Nações/70/

      ACHIO QUE VAI GOSTAR DESTE GUERREIRO !

      ABRAÇOS

      • Gustavo, boa noite

        Foi um prazer conhecer o 70 da Parquinho.

        Há alguns anos atras, vi um 362 na antiga garagem da Gato Preto da Rua Aurélia ( hoje esta garagem não existe mais), com a pintura creme e vermelho, mas sem nada escrito; não faço idéia do que seja se coleção ou não.

        Agora não sei lhe dizer se ele ainda existe.

        Mas eu gosto mesmo são dos bicudinhos Super B – 321, mas
        o 352 ano 1970 e um 362 1978 também são lindos, mas naquele
        padrão da antiga Gato Preto.

        Obrigado pelo link.

        Boa semana.

        Valeu!

        Paulo Gil

        Paulo Gil

  4. Torino acho que a Tucuruvi não tem não mais nessa configuração. Mas os Vitória estão ridando entre São Caetano e São Paulo

  5. Parabéns pelo reconhecimento a estes profissionais. As pessoas mais simples são as mais comprometidas com a qualidade dos serviços das empresas, e isto não muda, seja em uma empresa de ônibus ou em uma fabricante de aeronaves.

1 Trackback / Pingback

  1. A obra de arte que é deixar um ônibus limpo | Campione

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: