ÔNIBUS NOVOS E ACESSÍVEIS JÁ ESTÃO CIRCULANDO EM CRICIÚMA

Os ônibus novos de Criciúma privilegiam a acessibilidade. De modelo Marcopolo Viale, Scania K 270, ônibus são maiores que os antigos. Oferecem mais assentos convencionais, mais especiais, têm espaço para cão guia, piso antiderrapante, um interruptor especial para portadores de limitações visuais, e área para cadeira de rodas. Maior ventilação interna, câmeras e limitador de velocidade também são itens de conforto e segurança encontrados nos veículos. Foto: Ulisses Job
As três empresas de ônibus que fazem os transportes coletivos de Criciúma, em Santa Catarina, investiram R$ 8 milhões para a compra dos 23 ônibus novos que começaram a prestar serviços na cidade neste domingo, dia 22 de maio de 2011. Foto Engeplus

Ônibus novos já começam a circular em Criciúma
Ônibus Viale proporcionam acessibilidade para passageiros portadores de necessidades especiais. Ao todo, são 23 veículos novos e o investimento foi de R$ 8 milhões para a renovação da frota

ADAMO BAZANI – CBN

Parta da frota de ônibus novos de Criciúma, em Santa Catarina, já pode ser vista neste domingo, dia 22 de maio de 2011, circulando pela cidade.
A cidade recebeu ao todo 23 veículos novos, eletrônicos e totalmente acessíveis, o que vem melhorar os serviços de transportes coletivos que necessitava de ônibus adaptados para portadores de necessidades especiais.
Os ônibus foram apresentados na semana passada e pertencem às empresas Auto Viação Critur Ltda, Expresso Coletivo Forquilinhinha / Expresso Rio Maina e ZTL – Zelindo Trento & Cia Ltda.
Desta frota, 19 ônibus são para o serviço troncal, chamados de amarelinhos e que fazem as linhas que servem o centro da cidade e as principais ligações entre os três terminais da cidade, 02 são para linhas alimentadoras, chamadas de linhas dos ônibus branquinhos e ainda outros dois para o serviço apelidado de ônibus mineirinhos.
De acordo com a ACTU – Associação Criciumense de Transporte Urbano, que representa as empresas de ônibus, foram investidos aproximadamente R$ 8 milhões para a troca de veículos.
Os veículos priorizam a acessibilidade.
Eles têm espaço para cadeira de rodas, cão guia e interruptor especial para solicitação de parada para quem possui deficiência visual.
Membros da Advisul – Associação dos Deficientes Visuais do Sul foram verificar os ônibus e aprovaram. Eles receberam orientações de como aproveitar melhor os equipamentos de acessibilidade dos novos Marcopolo Viale Scania, de Criciúma.
A entidade possui 149 filidados, dos quais pelo menos 20 precisam de transportes públicos para deslocamento.
O piso antiderrapante dos ônibus também foi elogiado pelos portadores de deficiência visual, assim como os balaústres com textura diferenciada nas proximidades das portas.
Os ônibus novos também são maiores, mais espaçosos e têm uma capacidade de atendimento superior aos antigos.
Os veículos antigos tinham 27 lugares e estes novos possuem 33 assentos.
Há sistema de ventilação interna, câmeras de segurança e um equipamento que limita em 60 km/h a velocidade dos ônibus, proporcionando mais segurança nas operações.
Os veículos também são dotados de motorização eletrônica, que possibilita maior rendimento nas operações, menores custos e menos emissão de poluentes.
Adamo Bazani, repórter da CBN, jornalista especializado em transportes