RUAS PRECISAM SER MODERNIZADAS E SINALIZADAS PARA ÔNIBUS

"bus"

Ônibus de fretamento tentou subir a Rua Juazeiro, no bairro Paraíso. Pela inclinação da via e o comprimento do veículo não foi possível seguir o trajeto. Foto: Adamo Bazani

the bus

Uma verdadeira operação em conjunto entre empresa e o departamento de trânsito de Santo André foi necessária para a retirada do ônibus que ficou entalado. Foto: Adamo Bazani

THE BUS

A Rua Juazeiro, bastante antiga, precisa de uma reestruturação na valeta com a Rua Gamboa para diminuir o ângulo entre as duas vias e permitir o tráfego de veículos compridos. Se a obra não for possível, pelo menos a rua poderia ter uma placa orientando os motoristas de veículos longos que rua não é adequada. Na foto é possível perceber que o ônibus entrou e só depois, quando entalou a traseira, o motorista percebeu o que não foi avisado: a rua não tem condições de receber veículos deste porte. Foto: Adamo Bazani

Falta de estrutura nas vias e de sinalização inadequada atrapalham transportes
Pequenas intervenções ou a colocação de simples placas de trânsito poderiam auxiliar na redução dos custos dos transportes e a diminuir os custos para o passageiro

ADAMO BAZANI – CBN

Há muito tempo o setor de transportes por ônibus reclama da falta de condições das vias e de sinalização adequada, problema que contribuiu para o aumento dos custos e redução da velocidade operacional.
Boa parte das estradas brasileiras, principalmente nas regiões Norte e Nordeste, mas não só nelas, sequer possuem asfalto e a situação é bem crítica. Ônibus que quebrar, atrasam e com passageiros e motoristas próximos aos veículos sofrendo riscos maiores de acidentes.
Nas cidades, realidades diferentes. Enquanto há corredores exclusivos, embora que são muito poucos em relação às necessidades, no mesmo município existem ruas mal pavimentas ou ainda de terra.
E não tem jeito, as empresas de ônibus precisam servir a estes lugares, afinal, neles há demanda. Demanda sim, que representa lucro para as viações, mas que precisa de transportes.
Há também um grave problema que é sobre a estrutura das ruas ou falta de sinalização, que atrapalha não só os ônibus urbanos, mas os serviços de fretamento que, apesar de serem colocados em segundo plano em algumas cidades como São Paulo, que restringem sua circulação, são também veículos de transporte coletivo e os únicos que ainda convencem o motorista do carro a largar seu veículo particular.
O volume de veículos e as construções cresceram muito nas cidades assim como a população. Mas as estrutura viária não acompanhou esse crescimento, ficando desatualizada para o número de ônibus e também o tamanho dos veículos.
Na manhã desta quarta-feira, 04 de abril de 2011, um ônibus de fretamento ficou várias horas entalado entre a Rua Gamboa e a Rua Juazeiro, no Bairro Paraíso, em Santo André.
A Rua Juazeiro é uma subida com muita inclinação. Uma obra de reestruturação da valeta com a Rua Gamboa poderia resolver o problema. Uma pequena elevação no asfalto diminuindo o ângulo entre as duas ruas poderia fazer com que os ônibus e caminhões suspendessem a parte traseira e não rasparem o para-choque.
Se a obra implicar problemas em relação a enxurrada que desce da Juazeiro para a Gamboa em dias de chuva forte, não custaria então muito à Prefeitura de Santo André colocar uma placa orientando motoristas de ônibus e caminhão que o local não é adequado para estes veículos de grande porte.
Adamo Bazani, jornalista da rádio CBN, especializado em transportes.

3 comentários em RUAS PRECISAM SER MODERNIZADAS E SINALIZADAS PARA ÔNIBUS

  1. Enquanto o poder público e a sociedade ver o carro como prioridade, tudo será favorável apenas para o automóvel.

    Muito bem lembrado Adamo

    Grande abraço

  2. westersonmoura // 4 de maio de 2011 às 17:00 // Responder

    e quanto ao consorcio 4 leste ninguem fala mais nada?

  3. Amigos, bom dia

    Que tal uma melhor formação dos profissionais, afinal
    pelo tamanhio da máquina, a rua e a valeta não me parece
    muito adequadas.

    Um verdadeiro curso de formação de condutores – CFC, pode evitar tais transtornos, afinal, “num buraco de agulha não passa um camelo”.

    Vocês precisam ver as incríveis manobras que os “Pilotos” dos Mileniuns fazem
    nas apertads ruas e valetas da Vila Madalena, é de tirar o chapéus para todos eles.

    Agora quem mandou operar com Milenium na Vila Madalena ?

    “TÚ JAMAIS SABERÁS”

    Grato

    Paulo Gil

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: