GREVE DE COOPERATIVAS É CONFIRMADA PARA ESTA TERÇA-FEIRA !

micro-ônibus

Ônibus de Cooperativa em São Paulo. Entidade diz que transportadores precisam de 12% de reposição. Poder públiuco diz não ser possível o valor. Mais de 3,8 milhões de passageiros devem ser prejudicados. Foto: Adamo Bazani


Cooperativas confirmam greve para esta terça-feira
Em entrevista à reportagem, presidente do Sindlotação, Senival Pereira de Moura, diz que orientação é de movimento pacífico e que respeite o PAESE

ADAMO BAZANI – CBN

O presidente do Sindlotação, Sindicato dos Profissionais e Motoristas Autônomos que Trabalham no Transporte Coletivo de Passageiros do Município de São Paulo, Senival Pereira de Moura, confirmou há pouco para a reportagem que os cerca de 6 mil veículos que prestam serviços nas cooperativas de São Paulo devem parar a partir da zero hora desta terça-feira.
O movimento deve atingir pelo menos 3,8 milhões de pessoas que dependem dos serviços das cooperativas na cidade.
Senival disse que os repasses para os trabalhadores que possuem os ônibus, feitos pelo poder público pela SPTrans – São Paulo Transportes – está defasado, o que tem prejudicado a capacidade de investimento em melhorias no sistema, que reúne 490 linhas.
“Hoje a remuneração média para os donos de micro-ônibus, nos serviços de cooperativas é de R$ 1,28. É necessário um reajuste de 12% para equilibrarmos as finanças e recuperarmos a defasagem. Isso daria uma remuneração média de R$ 1,44 por passageiro” – disse Senival Pereira de Moura.
Ele explicou que as remunerações variam por região, enquanto área com maior repasse recebe R$ 1,58, há outras cujo dono do ônibus recebe entre R$ 1,15 e R$ 1,20 por passageiro transportado.
“Os 12% que reivindicamos têm toda uma lógica. Veja só. Em 2007, não recebemos correção. Em 2008, ela foi de 4,67%. No ano de 2009 também não houve nada. Em 2010, o reajuste da remuneração foi de 5%. Nossa data-base é sempre em março. Esses 12% representam as perdas que tivemos de 2007, 2009 e já o índice que temos direito deste ano, 2011. Enquanto isso, o passageiro pagou bem mais e teve de arcar com reajustes da tarifa. De 2007 para cá foi assim: R$ 2,30 para R$ 2,70, aumento de 17,4%. Depois, agora o último aumento, de R$ 2,70 para R$ 3,00, aumento de 11,11%. Isso dá um reajuste qye o passageiro pagou de 30,43%” – explicou Senival.
Ele também fala que a média de idade dos veículos de Cooperativa está mais baixa. “Entre 5 e 6 anos”
Os veículos mais modernos têm novos equipamentos, como itinerário eletrônico, dispositivos de segurança, motores eletrônicos, cuja manutenção e peças de substituição também são mais caras.
“UM micro ônibus hoje, dependendo da linha e do repasse, não se paga. De combustível são uns R$ 4500 por mês, de manutenção geral, uns R$ 3 mil e de salários de funcionários mais uns R$ 18 mil. Tem carro que não arrecada isso” – declarou.

AÇÃO CIVIL PÚBLICA:

O Estado de Greve dos donos de ônibus de Cooperativas, que agora deve resultar em greve de fato, foi anunciado praticamente no mesmo instante que o Ministério Público de São Paulo entrou com Ação Civil Pública contra o Consórcio Leste 4 por má prestação de serviços, suspeitas de irregularidades, confusão de patrimônios entre a Novo Horizonte, constituída como empresa e a Nova Aliança, uma cooperativa, cujos diretores são pessoas em comum.
Senival, no entanto, diz que a paralisação dos micro-ônibus de cooperativas não tem nenhuma relação com a Ação Civil Pública e não é nenhuma forma de represália a ação do Ministério Público.
“Não há nenhuma ligação, mesmo porque o a Ação do Promotor Saad contra o Consórcio Leste 4 envolve empresas, que não têm ligação com nosso sistema de cooperativa, nossa causa é estritamente em relação a remuneração” – Justificou Senival.

PAESE:

Sevinal disse que antes dos protestos e das manifestações nas garagens, serão feitas reuniões entre as lideranças para que se houver o PAESE – Plano de Apoio Entre Empresas em Situação de Emergência – os cooperados de braços cruzados não façam qualquer tipo de ação violenta contra os ônibus que operarão o Plano.
“Não deve haver represálias e nem tumulto, os movimentos devem ser pacíficos só para representarem a causa da categoria” – completou Senival.
O passageiro que depende dos ônibus de cooperativas, de micro-ônibus, dos sistemas locais, devem se prevenir para esta terça-feira.
Ocorre que alguns bairros só são servidos por elas e para o passageiro chegar até um ônibus comum, que deve estar mais lotado que normalmente, deve caminhas muito.
Adamo Bazani, jornalista, especializado em transportes.

33 comentários em GREVE DE COOPERATIVAS É CONFIRMADA PARA ESTA TERÇA-FEIRA !

  1. “UM micro ônibus hoje, dependendo da linha e do repasse, não se paga. De combustível são uns R$ 4500 por mês, de manutenção geral, uns R$ 3 mil e de salários de funcionários mais uns R$ 18 mil. Tem carro que não arrecada isso” – declarou.

    Tá aí. COOPERATIVA TEM QUE CAIR FORA, COOPERATIVA NÃO FOI FEITA PRA TRANSPORTE COLETIVO, isso é negócio de empresas, onde as linhas mais lucrativas bancam as outras.

    O ônibus não se paga, o cooperado não tem poder pra trocar de linha, com isso a população que se ferra com as linhas de baixa e média demanda… E não é de hoje isso.

    Fora coopers!

  2. Camila, por acaso você sabe qual é o salario de um motorista? Qual valor da peça de um microonibus, o valor do pneus(que é o mais simples).
    Procure saber primeiro para depois julgar.

    • Rafaelli, é JUSTAMENTE ISSO QUE EU QUERO DIZER!!! Que bom que vc concorda com os preços. Não são baratos. Ou seja, NÃO DÁ PRA UMA PESSOA (COOPERADO) DAR CONTA, as cooperativas estão numa atividade que deveria ser feita por EMPRESAS, não por autônomos irresponsáveis.

  3. Os veículos mais modernos têm novos equipamentos, como itinerário eletrônico, dispositivos de segurança, motores eletrônicos. Se todos esses itense dessem mais conforto aos usuários cada uma que temos que ler.

    Itinérario eletrônico da conforto ??????????//kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk………..Só rindo mesmo.Que façam greve por tempo indeterminado e não voltem mais para o sistema que necessita da carros de alta capacidade, não Wallares Thander de uma porta só entre outras aberrações que essas cooperativas oferecem. Ainda a prefeitura paga caro por um serviço porco.

  4. exemplar de um folheto entregue hoje no Metrô Itaquera!
    http://img580.imageshack.us/img580/8514/scan007.jpg

  5. Hipólito Rodrigues // 15 de Março de 2011 às 01:26 // Responder

    Não estou nem um pouco preocupado com essa greve. Por mim, as lotações deveriam ser banidas! Onde há conforto naqueles microonibus? Onde há segurança? Se não está satisfeito, faça como outro trabalhador qualquer: caia fora e procure outra ocupação! Tenho absoluta certeza de que, se essas famigeradas lotações fossem substituídas pelos ônibus de empresas, a população aprovaria sem duvida.

    Que entrem em greve para sempre!

    ODEIO LOTAÇÕES!!!

    FORA COOPERS!!!

  6. FORA LOTAÇÕES... // 15 de Março de 2011 às 01:57 // Responder

    ONDE NÃO DÃO AS MINIMAS SEGURANÇAS , FORA JÁ DEMOROU PARA SAIR FORA E COLOCAREM EMPRESAS DE ONIBUS MAS QUE SEJAM SERIAS E NÃO QUE SEJAM COMANDADAS POR FACÇÕES DO PCC COMO É FEITA O DA TRANSCOOPER E OUTRAS ONDE O PROPRIO SENIVAL MOURA E SEU IRMÃO QUE AGORA E DEPUTADO LUIS MOURA, ONDE ELES COMANDAM E UMA VERGONHA, E TEM SIM A VER COM A DENUNCIA FEITA PELO MP, POIS ELES TAMBEM FAZEM PARTE DA NH, E O LUIS MOURA TAMBEM FAZ PARTE DA HAPPY PLAY ONDE CORREU TIRAR O NOME DELE QUANDO A BOMBA ESTOUROU. FORA SEUS MARGINAIS..

  7. Falar de conforto com cooperativas é piada né? Qual o conforto de se andar de pé em um micro? Qual o conforto que se tem nas ridiculas configurações

  8. Falar de conforto em cooperativas é piada né? qual o conforto de se andar de pé em um micro? Qual o conforto que se tem nas ridículas configurações dos micros em SP com o maior numero de bancos possível? Qual o conforto que se tem quando o motorista para a 150 metros do ponto porque estava distraído conversando no nextel? Ou quando você é jogado de um lado pro outro pelas manobras bruscas que esses irresponsáveis fazem? Por mim as cooper poderiam nunca mais voltar dessa greve!

  9. Fiquei muito curioso para saber como funciona esta cooperativa. Pelo que entendi do post do Ádamo, na verdade são micro empresários, donos de ônibus e empregadores dos motoristas e cobradores, associados em espécie de cooperativa. É isso? Entendo que se for assim, não se trata de greve, mas de uma ação de cartel.
    A solução não seria a remuneração por KM rodado para os “coopers”? Ou ainda, remuneração mista? Não acho que as “empresas”, citadas pela Camila sejam a solução, haja vista a crise das empresas do consórcio Leste 4, mencionado claramente no mesmo post do Ádamo. Também não quero defender cegamente os “coopers”. O fato é que ainda não encontramos uma solução que evite os cartéis. Acho que os “coopers”, por serem micro-empresas, tendo assim uma relação mais próxima entre clientes, funcionários e patrões, se aproximariam mais da solução ideal, mas a greve, que na verdade caracteriza uma ação de cartel, demonstra o insucesso deste modelo.
    Talvez uma cooperativa de verdade, onde os funcionários tenham participação acionária e na remuneração onde se reduza a “mais valia” na coisa, mas daí eu mesmo já matei a idéia, afinal não adianta usar conceitos marxistas numa realidade capitalista pois como tal a tendência é de que este grupo também seja explorado ou explore o usuário…

  10. bando de safados…

  11. Sinceramente, é aquilo que eu disse anteriormente, os caras reclamam da remuneração recebida, mas vê se eles largam a boquinha, bando de mercenários, cooperativa boa é aquela que não existe, fora coopers !!

  12. As lotações são necessárias, nas seguintes condições: Bairros isolados e ruas que não tem como entrar ônibus de empresa. É fácil pegar passageiros na AVENIDA agora mergulhar na alma dos bairros para trazer o passageiro para a avenida, ou outros pontos de interesse isso não o fazem.

    Não sou contra lotação, quero que se aperfeiçõem e que peguem o passageiro aonde ele está, vamos lutar para amenizar o sofrimento do povo.
    Entrem na alma dos bairros e verão o quanto serão mais úteis.

    • Paulo Hr.Marques // 15 de Março de 2011 às 15:09 // Responder

      Não entram nas almas dos bairros??

      Aqui no Extremo da Zona Sul por exemplo, tanto área6 quanto 7, A CooperPam (depois das mudanças do senhor Gilberto Kassab) opera praticamente uma região inteira, regiões extramente isoladas, e levam a preço de banana o povo para o Jd.Angela / area7 e Varginha, Grajau / area6, e engraçado é que a arrecadação da prefeitura aumentou e muito, já que essas linhas hoje da CooperPam eram de empresas, e agora repassando um valor menor para as Cooperativas com o mesmo numero de passageiros, pode ter certeza que a arrecadação é menor, mas a arrecadação tá vindo pra melhorias? Não, tá vindo é mais ocasionar mais seccionamentos desnecessários, e algumas obras sem pé nem cabeça.

      Não dá pra melhorar o serviço com uma arrecadação baixissima dessa… Muitos cooperados estão com carros para vencer a vida útil em no máximo Maio desse ano, e estão rebolando para bolar uma estratégia para renovar o veículo, mas tá dificil… Mesmo com tantas dificuldades, as renovações ano pasasdo e esse ano foram a mil, com micro-onibus novos e boa parte da frota renovada com Midis, e isso parece que não representa nada para a prefeitura.

      Digo mais, porque uma diferença de repasse entre sistema local e estrutural? Os gastos com os passageiros são os mesmos. Claro, que uma linha de bairro de Cooperativa não vai ter a mesma damanda de uma linha Troncal, mas se você somar todas as linhas de bairro operadas por cooperativas que alimentaram a Troncal, fica tudo proporcional…

  13. Tá bagunçado demais!

  14. vai entra em greve mesmo hoje

  15. eu quero sabe se vai entra em greve vai ou nao

  16. os passageiro pensa que um micro onibus nao gasta ninguem sabe o que meu pai gasta 4,mil reais so em manutençao e os passageiro ainda nao da valor no micro onibus novo que eles anda a linha do walquiria os passageiro rasga banco pincha zoa os carro da linha e pro risso que tambem tem que entra em greve ai eles vai da valor prosso piruero brigado valeu fui !!!!!!!!!!!

  17. ALGUEM JA VIU ÔNIBUS DE COOPERATIVA SER ASSALTADO TODO DIA ?

    ALGUEM JA VIU MOTORISTA/COBRADOR DE COOPERATIVA RESTRINGIR ACESSO DE MARGINAIS DENTRO DOS VEÍCULOS ?

    CÂMERA NOS ÔNIBUS ? DEVE SER PARA O PCC MONITORAR QUAL CARRO É MAIS LUCRATIVO FAZER O ARRASTO.

    FORA COOPERS

  18. Realmente, as lotações vão onde os ônibus não vão.
    Trabalho em uma escola na coab Brasilandia, bem afastada da avenida e para chegar lá, só de lotação.
    Estou preocupada, será que vou conseguir chegar até lá hoje?

  19. Acabei de ver, no site abaixo, que a greve foi suspensa, pelo menos por 72 horas.
    Menos mal.
    Segue abaixo a fonte:
    http://www.agora.uol.com.br/saopaulo/ult10103u888765.shtml

  20. A prefeitura precisa realmente se mostrar como o legítimo poder, não pode se eximir de limitar estes atos toscos dessas cooperativas que se acham no direito de querer mandar na cidade. Contratos tem que ser cumpridos, e o contrato que as coop’s tem com o cidadão paulistano não é cumprido. Basta de impunidade. O ministério público tem que investigar essa máfia de perueiros.

  21. PESSOAL, SÓ DEIXANDO CLARO QUE A GREVE FOI SUSPENSA, COMO INFORMA A MATÉRIA ACIMA E OUTROS ÓRGÃOS DE IMPRESNA TAMBÉM.

    A SUSPENSÃO OCORREU NO FINAL DA NOITE DEPOIS DO CONHECIMENTO DA LIMINAR QUE PREVIA MULTA DE R$ 100 MIL POR FUNCIONÁRIO PARADO. CATEGORIA DIZ QUE REAL MOTIVO FOI POSSIBILIDADE DE NOVA NEGOCIAÇÃO

  22. Pessoal,
    Moro num bairro onde a maioria das conduções que levam as pessoas às avenidas são lotações… Literalmente “lotações”, vamos todos os dias abarrotados, expremidos, somos desrespeitados, porque os passageiros são chamados de bonecos e os donos das lotações colocam metas para o motorista e o cobrador…
    Somos como mercadoria, onde carregam feito “lixo humano” e descarregam feito mercadoria “entregue”, sinto muito por mim, pelas pessoas que pegam essas lotações, pois são as únicas opções…Se todas as pessoas fossem unidas, daríamos um basta nisso, mas infelizmente sozinha eu não chego, é muita cara pra bater…
    O transporte público está uma zona, desorganizado, caro e por R$ 3,00 somos massacrados todos os dias…
    Seja trem, metro, ônibus e lotações…
    Quem é o culpado?, nós mesmo que votamos “nos mesmos”, a máfia impera e sempre vai dominar…
    ZONA LESTE / ITAQUERA = Estádio do Corinthians (copa do mudo)……nunca? que extrutura? se num tem nem um mínimo de dignidade com as pessoas que dependem dos transportes por ali…
    ÁREAS CRITICAS = Cohab Juscelino / Metrô Itaquera 3738-10
    = Vila Yolanda / Guaianases 3026-10
    Sabe o que é pior???
    Ninguém vai nos ajudar, NUNCA!!!!
    Ainda vou embora da zona leste, porque EU MEREÇO TER DIGNIDADE E SER FELIZ E RESPEITADA!!!

    • Gente!
      Infelizmente a nosso amado prefeito não toma atitude para resolver esses problema, pois não é tão complicado. Porém, as lotações estão fazendo falta sim na rua…Moro em uma região onde a lotação demora 25 min para chegar e o ônibus demora 40 min. Lotação não traz segurança nenhuma da mesma forma o ônibus, quem lembra do acidente, que a roda do ônibus soltou e acabou acertando uma garota? Corremos riscos dentro ou fora, com ônibus ou lotação. Precisamos sim de lotação, enquanto o sr. Kassab está viajando!

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: