É OFICIAL: GRUPO ABC COMPROU INTERBUS E HUMAITÁ

José Romano
José Romano Neto esteve a frente das negociações e confirmou ao repórter Adamo Bazani a compra da Humaitpa e da Interbus pelo Grupo ABC
EXCLUSIVO:

De forma oficial Grupo ABC confirma a compra da Interbus e da Humaitá de Ronan Maria Pinto
De início, cerca de 30 veículos novos irão para as duas empresas e grupo vai implementar a qualidade de operação de família que atua há 100 anos nos transportes

ADAMO BAZANI – CBN

É oficial, as empresas de ônibus Interbus Empresa Auto Ônibus Circular Humaitá pertencem agora ao Grupo da Auto Viação ABC.
A informação foi confirmada exclusivamente a este repórter por Maria Beatriz Setti Braga e por José Romano Neto, diretores de empresas pertencentes aos Grupo ABC, por telefone no início da noite desta sexta-feira.
Maria Beatriz Setti Braga, ainda comemorando o centenário da atuação da família nos transportes na região do ABC Paulista, disse estar feliz pela expansão do grupo na região.
“O Grupo está maior e leva, como sempre qualidade nos serviços, para a população do ABC Paulista, a quem nos dedicamos há vários anos”.
José Romano, diretor do Consórcio SBC Trans, que opera com exclusividade os transportes municipais de São Bernardo do Campo, esteve à frente das negociações.
Ele explicou que o negócio foi fechado em 30 de dezembro depois de várias negociações.
“Foram aproximadamente dois meses de negociação. Nós que procuramos Ronan Maria Pinto para o negócio com intuito de aumentar a participação do Grupo da Auto Viação ABC na região. No final do ano, conseguimos chegar a um acordo” – explicou Romano ao telefone.
A estrutura e as frotas das duas empresas foram compradas.
José Romano Neto diz que a população vai ter melhorias.
“Estamos em estudo para melhorar tudo o que for preciso nestas duas empresas. A frota será um dos pontos principais. De início, vamos colocar aproximadamente 30 veículos novos entre a Interbus e a Humaitá” – garantiu Romano, que ainda acrescentou:
“Vamos implantar o padrão de qualidade ABC nestas empresas É o padrão da ABC, é o padrão da Metra, reconhecidos por bons serviços” – disse ao afirmar que com a negociação a população só tem a ganhar e sentirá melhorias.
Outras possíveis mudanças, como alterações de trajetos, novos serviços e medidas administrativas ainda estão em estudo.
Atualmente, a Interbus e a Huimaitá possuem juntas 82 veículos. Romano preferiu não divulgar os valores das negociações.
LICITAÇÃO DA ÁREA 5: José Romano Neto também comentou com exclusividade a licitação da área 5 da EMTU, que prevê a reformulação de todo o sistema intermunicipal do ABC Paulista.
Desde 2005, a EMTU já tentou por 4 vezes licitar a área, como ocorreu em outras regiões da Grande São Paulo, que já foram reorganizadas.
Romano criticou as exigências da EMTU e reclamou dos custos de operação na região do ABC Paulista, que segundo ele, são cerca de 30% maiores que outras regiões.
“Do jeito que a EMTU estabelece, economicamente não é viável. Existem problemas em relação a obrigatoriedade de alguns investimentos. Mesmo o aumento do tempo de concessão de 10 para 15 anos não torna interessante do jeito que a licitação está sendo oferecida”
Romano diz que a base salarial dos funcionários de transportes no ABC Paulista é maior do que em outras regiões, o que aumenta os custos de operação.
NOVIDADES NA METRA: Também de forma exclusiva, Maria Beatriz Setti Braga afirmou que o Corredor operado pela empresa entre Diadema – Morumbi e Brooklin terá novidades.
“Vamos trazer 15 ônibus novos, Scania, de 15 metros, com ar condicionado e todo o conforto ao passageiro” – disse Maria Beatriz.
São ônibus Caio Millennium, de última geração, que seguem aos mais modernos padrões de exigências de conforto, segurança e acessibilidade. Os ônibus possuem espaço para usuários de cadeira de rodas, para cão guia e bancos especiais para obesos, portadores de deficiências em geral e gestantes.
Com três eixos, estes ônibus novos têm motorização eletrônica e devem modernizar os serviços no corredor.
Dos tílburis, carruagens que ligavam ao ABC, passando pelos ônibus com tecnologia limpa até a expansão de negócios.
Adamo Bazani