Quer viajar? Pegue um ônibus urbano

ônibus

Passear de ônibus pelo centro da cidade de São Paulo pode se transformar numa experiência única. Os prédios antigos, os contrastes sociais o velho convivendo com o novo remetem a uma São Paulo mais calma, bonita, elegante, sem deixar de ser cotidiana

Passeio pela região central de São Paulo pode ser uma atividade muito divertida, interessante e uma gostosa viagem no tempo
ADAMO BAZANI – CBN

Ta sem dinheiro ou tempo nestas férias de final de ano? Então passeie por onde você sempre passa.
Isso mesmo. Na correria do dia a dia, passam desapercebidas verdadeiras belezas urbanas e naturais que fazem parte do caminho para a casa, escola, igreja e trabalho.
Uma boa dica é tirar uma parte do dia, principalmente agora que a cidade está mais tranqüila, para dar uma voltinha pela região central da Capital Paulista.
De Metrô ou por várias linhas de ônibus que vêm de todas as partes de São Paulo, é possível chegar a região da Praça da Sé.
No local uma verdadeira viagem no tempo. Em meio às lojas e ao movimento, e até mesmo a um lado triste da cidade, que é a existência de pessoas que precisam morar nas ruas, cenários trazem traços de uma São Paulo elegante, que crescia, que tinha cultura internacional, beleza e muita classe.
Comece pela Catedral da Sé, independentemente de sua religião logicamente.
A história da Catedral se iniciou no ano de 1589, quando foi decidida a construção de uma matriz na São Paulo de Piratininga. Em estilo barroco, esta primeira igreja foi demolida no ano de 1911. A igreja atual, estilo neogótigo, que remete às igrejas medievais da Europa foi concluída com as torres em 1967. Até 1940 Alexandre Albuquerque e depois desta data, Luis Inácio de Anhaia Melo foram responsáveis pela obra.
Depois de sair da igreja, uma série de prédios transforma o centro de São Paulo, uma das primeiras regiões do País a se desenvolver no estilo mais moderno, num museu a céu aberto.
A Associação Viva O Centro relacionou uma série de sugestões de edifícios que rendem olhares para uma São Paulo diferente e ao mesmo tempo cotidiana:
• ANTIGA RÁDIO RECORD: na Rua Direita, 115, o prédio de 1910 é todo ornamentado com rostos no concreto e figuras alegóricas.
• ANTIGO BANCO PORTUGUÊS DO BRASIL: Na Rua XV de Novembro, 194 é possível ver o autêntico estilo barroco de Portugal.
• ANTIGO DOPS: Na rua General Osório 66, hoje é um museu. Ele foi feito em 1914, projetado por Ramos de Azevedo. Inicialmente foi armazém e escritório da Estrada de Ferro Sorocabana. Entre 1935 e 1983 abrigou a sede do Departamento de Ordem e Política Social, local onde houve muita tortura especialmente na época do Regime Militar de 1964.
• CASAS DE ALUGUEL: Construídas em 1897 ocupam os números 76, 86 e 88 da Rua Bento Freitas. É cheio de medalhões nas paredes e balaústres. Elas são provas vivas de como a região central de São Paulo no final do Século XIX crescia. Com o aquecimento das atividades econômicas, incentivado pela ferrovia, o número de moradores, temporários ou não na região Central de São Paulo, crescia e as casas de aluguel se tornavam grandes e importantes negócios.
• CHAMINÉ DA USINA DE ELETRICIDADE: Outra marca da história do desenvolvimento da cidade e a necessidade de infraestrutura por conta disso. Localizada na Rua João Teodoro, a Usina foi erguida em 1888 e foi a primeira usina elétrica na cidade. Operava a baterias. Apesar de preservada, a torre da chaminé, foi alvo das lutas pelos ideais de emancipação e de democracia de São Paulo. Parte dessa torre foi danificada nas Revoluções de 1924 e 1932, quando o local foi bombardeado. O prédio da usina, que não era mais usado, foi demolido em 1985 para a duplicação da Rua João Teodoro, mas a torre continuou como patrimônio histórico.
• EDIFÍCIO OURO PARA O BEM DE SÃO PAULO: Retrata também uma das fases mais marcantes da história de São Paulo. Na Rua Álvares Penteado, número 23, foi erguido em 1939 com o dinheiro obtido pelas contribuições de jóias e ouro feitas pela população para financiar a Revolução de 1932.
• TBC – Teatro Brasileiro de Comédia, Edifício Martinelli, Copan, Edifício Itália também são outras boas pedidas.
Vale a pena o passeio com calma
Adamo Bazani

1 Trackback / Pingback

  1. Passeio de ônibus pelo centro | Tal Garoa

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: