Vandalismo em terminais de ônibus diminui 30% em Piracicaba (SP), diz prefeitura

Foto: Divulgação Prefeitura de Piracicaba

Parte do resultado positivo se deve à nova campanha sobre os malefícios causados por atos de degradação destes locais

WILLIAN MOREIRA

A Prefeitura de Piracicaba (SP) anunciou que após o início de uma campanha de conscientização, os casos de vandalismo nos terminais de ônibus urbanos diminuíram 30% nos últimos 120 dias.

A campanha realizada pela Semuttran (Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana, Trânsito e Transportes) conta com apoio da Guarda Civil e da população, além de uma parceria com a concessionária operadora do transporte, a TUPi Transportes.

Segundo a secretaria, a queda foi principalmente nos chamados para reposição de peças e materiais que foram quebrados ou furtados, mas mesmo assim, esse tipo de ação continua, especialmente nos banheiros com a quebra de portas e pichações, e também com o furto de mangueiras e extintores de incêndio.

Os terminais da Vila Sônia e Piracicamirim são os que registram os maiores índices de vandalismo.

Entretanto, a reposição de sabonetes e dispenser de álcool em gel, tiveram uma queda de 50% nas necessidades de reposição.

“Estamos sempre atentos e buscando alternativas para diminuir ainda mais o vandalismo. A população continua com papel fundamental para denunciar tais atos pelo SIP-156 e pelo telefone 153. A Guarda Civil também vem realizando um bom trabalho de fiscalização”, diz a secretária da Semuttran, Jane Franco de Oliveira em nota para a imprensa.

Banners e avisos fixados em ônibus pedem a colaboração para a conservação dos terminais e para que as denúncias sejam feitas em caso de depredação ou furtos.

Willian Moreira para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

Deixe uma resposta