Muriaé (MG) estende contrato com atual concessionária de transporte e projeta nova licitação em 2023

Concessão da Coletivos Muriaeense finda em outubro deste ano

ALEXANDRE PELEGI

O prefeito de Muriaé, em Minas Gerais, Marcos Guarino, divulgou em coletiva de imprensa realizada nessa segunda-feira, 18 de julho de 2022, que o Município começará a preparar um novo processo para o transporte coletivo urbano.

Guarino explicou que isso será necessário diante do fim do contrato de concessão com a Coletivos Muriaeense, atual empresa que atende o transporte municipal. A autorização para explorar os serviços encerra em outubro, e a prefeitura assinou contrato emergencial por 12 meses para que o serviço não seja interrompido enquanto a nova concessão não seja concluída.

Prevista para 2023, de acordo com o prefeito, a nova licitação requereu a contratação de uma empresa para realizar a modelagem do novo sistema de transporte.

A previsão é que todo o processo, até a publicação do Edital, aconteça em pelo menos seis meses.

Além disso, o prefeito garantiu que nesse intervalo de tempo a Administração Municipal subsidiará o transporte municipal para evitar reajuste tarifário, mantendo o valor da tarifa em R$ 3,40.

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta