Vereadores de Mogi das Cruzes (SP) querem nova estação da CPTM na cidade

Câmara pleiteia por meio de moção uma nova parada na região de Jundiapeba, junto com a cidade de Suzano e próximo da Avenida das Orquídeas

WILLIAN MOREIRA

A Câmara Municipal de Mogi das Cruzes, na Grande São Paulo, aprovou em sessão nesta quarta-feira, 13 de julho de 2022, a Moção 87/22 que pede a construção de uma nova estação ferroviária da Linha 11-Coral  da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) na cidade.

O desejo dos vereadores é que esta nova parada esteja localizada em Jundiapeba, próximo do limite com a cidade de Suzano, dando acesso à Avenida das Orquídeas.

A iniciativa do pedido é da comissão de transportes da Câmara e a justificativa é que a região de Brás Cubas e Jundiapeba estão em vias de receber novos empreendimentos em quantidade notável, motivo pelo qual vai aumentar a concentração de pessoas nestas localidades e a necessidade do atendimento pelo serviço de trens.

São edifícios residenciais, conjuntos habitacionais, comércios e templos religiosos, como o Santuário de Nossa Senhora Desatadora dos Nós.

Caso o pedido venha a ser atendido, os vereadores desejam que a estação venha a receber o nome de “Estação Fumio Horii”, em homenagem a um cidadão de Mogi que contribuiu para o desenvolvimento da cidade.

“Espero que de fato seja concretizada, estamos batalhando por muitas questões junto à CPTM, mas não custa tentar, sabemos que é difícil conseguirmos, mas que o governador faça valer o pedido de apelo da Comissão de Transportes”, disse a vereadora Inês Paz.

A Moção agora será encaminhada ao governador Rodrigo Garcia, ao secretário de Transportes Metropolitanos, Marco Assalve, e ao presidente da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos), Pedro Tegon Moro.

Willian Moreira para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. O Bom mesmo seria o trem chegar em CESAR DE SOUZA….tem trilho pra lá…

Deixe uma resposta