Mais sete linhas de ônibus passam a receber somente pagamento com cartão de transporte ou de banco em Curitiba

Com isso, passa para 202 linhas de ônibus que não aceitam mais dinheiro de todas as 254 no sistema

ADAMO BAZANI

A partir do sábado, 23 de julho de 2022, mais sete linhas de ônibus municipais em Curitiba só vão receber pagamento com cartão, elevando para 202 linhas de ônibus que não aceitam mais dinheiro de todas as 254 no sistema.

As sete linhas são:

371-Higienópolis;

374-Hugo Lange;

532-Jd.Paranaense;

534-Parigot de Souza;

548-Osternack/S.Cercado;

658-C.Raso/Caiuá;

812-Montana.

Segundo a prefeitura, essas linhas transportam 13,5 mil pessoas por dia e 78% das passagens já são pagas com cartão.

A tarifa de ônibus pode ser paga por cartão-transporte e também cartões de débito e crédito, já que todas as linhas da capital contam com essa funcionalidade, desde meados de abril de 2022.

Por meio de nota, a Urbs (Urbanização de Curitiba S.A.), que gerencia o sistema de transportes municipais na capital paranaense, explica como o cartão transporte pode ser solicitado:

Agendamento

A confecção da primeira via do cartão-transporte é gratuita. Para fazer o cartão, o usuário deve agendar atendimento pelo site da Urbs e depois comparecer nas unidades na Rua da Cidadania ou na Rodoferroviária. O Urbs Móvel, ônibus itinerante que oferece alguns serviços da Urbs, como a confecção da primeira via do cartão, terá reforço de operações nas regionais em que circulam essas linhas.

Como fazer o cartão

É necessário levar ao local de atendimento documento de identificação com foto, CPF e comprovante de endereço. No caso de menores de idade, o cartão pode ser solicitado pelos pais ou responsável legal, apresentando documento de identificação original com foto de ambos. Todas as unidades e o Urbs Móvel trabalham das 12h30 às 18h30 em dias úteis.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta