Incêndio volta na Barão de Duprat, há risco de desabamento, Bombeiros isolam de novo a área; Ônibus afetados

Há ao menos quatro pontos de bloqueio e linhas de ônibus voltaram a ser desviadas.

ADAMO BAZANI

As chamas voltaram a se intensificar em um dos prédios atingido por incêndio desde a noite do último domingo na Rua Barão de Duprat, na região da 25 de março, e novos bloqueios foram feitos no trânsito da região.

Segundo a corporação, há risco de desabamento. mas as chamas foram controladas novamente.

Até os Bombeiros tiveram de se afastar por um momento.

São agora ao menos quatro bloqueios.

Há desvios em linhas de ônibus e o acesso para a estação São Bento do Metrô de São Paulo ficou indisponível por causa de um pedido dos Bombeiros para fechar o acesso Ladeira Porto Geral

Os coletivos que passam pela Rua da Cantareira estão desviando pela Rua Paula Sousa.

A SPTrans (São Paulo Transporte) detalha as linhas

A SPTrans informa que, em razão do incêndio na região da 25 de março, seis linhas que trafegam pela Rua da Cantareira com a Av. Senador Queirós, na Sé, estão sendo desviadas desde as 11h40 desta terça-feira, 12 de julho.

1206/10 Pq. Vl. Maria – Correio
2161/10 Pq. Edu Chaves – Pça. do Correio
2182/10 Jd. Brasil – Pça. do Correio
5107/10 Term. Sacomã – Praça do Correio
5141/10 Term. Sapopemba – Pça. do Correio
2104/10 Metrô Santana – Term. Pq. D. Pedro II
Desvio: normal até a R. Paula Sousa, prosseguindo pela Rua Paula Souza, Avenida do Estado, Pq. Dom Pedro II, prosseguindo normal.

A EMTU também detalhou as linhas metropolitanas

217 – São Bernardo do Campo (Conjunto Terra Nova Ii) /São Paulo (Terminal Rodoviário Tiete)

Via São Bernardo do Campo (Avenida Senador Vergueiro);

218 – São Bernardo do Campo (Area Verde) / São Paulo (Terminal Rodoviário Tiete) Via Rodovia Anchieta;

314 – São Bernardo do Campo (Jardim Las Palmas) /São Paulo (Terminal Rodoviário Tietê) Via São Bernardo do Campo (Alves Dias e Pauliceia);

A CET informou os pontos de bloqueio:

A CET – Companhia de Engenharia de Tráfego informa que, atendendo pedido do Corpo de Bombeiros, estabeleceu os seguintes bloqueios na região da rua 25 de Março:

AV. PRESTES MAIA X R. CARLOS DE SOUSA NAZARÉ
R. 25 DE MARÇO x R. CARLOS DE SOUSA NAZARE
R. AUGUSTO SEVERO X AV. SEN. QUEIROS
R. BARÃO DE DUPRAT X R. CARLOS DE SOUZA NAZARÉ
LADEIRA PORTO GERAL X R. BOA VISTA
R. FLORÊNCIO DE ABREU X R. DA CONSTITUIÇÃO
R. 25 DE MARÇO X LADEIRA PORTO GERAL
R. COM. AFONSO KHERLAKIAN x R. COM. ABDO SCHAIN
R. DA CANTAREIRA X AV. MERCURIO

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. Aquele quadrilátero entre Senador Queiróz, Prestes Maia, Boa Vista e Ladeira General Carneiro, Cantareira é uma verdadeira bomba atômica devido à tonelada de produtos “escondidos” em predios corredores lotados de muita coisa, material feito de tudo quanto é tipo de matéria inflamável que existe. Sem falar que alguns comerciantes esquecem que precisa realmente haver grupos de combate à incendio, brigadistas, para se evitar o pior. Já este predio se jogar agua no topo ele agora desaba. Eu mesmo registrei um predio historico pegando fogo ali na esquina da Carlos Souza com Prestes Maia décadas atrás e eu vi placas de ruas derretendo do outro lado da rua só de calor das chamas,,,SP precisa aprender ainda que deve se dar atenção à isso. Na Band FM foi discutido a falta de AVCB que não tem em muitos edificios da cidade. O predio de um andar do lado deste, vai sucumbir, caso este predios de 9 andares caia. Afora isso as pessoas em volta não imagina o veneno que se dispersa no ar que pode matar senão criar sequelas no pulmão. Isso precisa ser alertado. Sou brigadista desde 2002 e me preocupa muito…Por fim muitas lojas terão trabalho dobrado pra limpar as mercadorias exposta em suas lojas..ali a grana, o lucro fala mais alto. e a cidade perde prédios históricos como no caso da igreja ortodoxa linda ali existente…

Deixe uma resposta