Imbituba (SC) reduz valor da tarifa do transporte coletivo em 22% a partir desta segunda (04)

Subsídio de R$ 1,2 milhão à empresa Santo Anjo permite redução do valor da passagem paga no Cartão Transporte de R$ 4,40 para R$ 3,50

ALEXANDRE PELEGI

A prefeitura de Imbituba, em Santa Catarina, comunica que reduzirá a partir desta segunda-feira, 04 de julho de 2022, o preço da passagem de ônibus do sistema de transporte coletivo municipal.

O ato oficial foi publicado no Diário Oficial da cidade na sexta-feira (1º), por meio da Resolução Seinfra/PMI nº 001

De acordo com a prefeitura, a tarifa do ônibus urbano, hoje entre R$ 4,20 e R$ 4,40, de acordo com a quilometragem percorrida, terá preço único de R$ 4 para a compra do bilhete dentro do ônibus.

O usuário que comprar o bilhete de forma antecipada (Cartão MOBI), no entanto, pagará R$ 3,50 para qualquer destino dentro de Imbituba.

Implantado em 100% da frota de ônibus, o cartão da bilhetagem eletrônica é operado pela concessionária Santo Anjo. O cartão MOBI fornece dados estatísticos diários sobre as viagens realizadas, o número de passageiros transportados e de gratuidades concedidas.

O prefeito de Imbituba, Rosenvaldo da Silva Júnior, explica que a empresa de ônibus tem um sistema automático de cartão, onde o usuário pode carregar com créditos. “Quem tiver o cartão e fizer a recarga, pagará R$ 3,50 por viagem. No momento em que a pessoa embarcar no ônibus, ela passará o cartão no leitor e o valor será descontado dos créditos comprados antecipadamente. De R$ 4,40 para R$ 3,50, nós teremos uma redução de 22%”, conclui o prefeito.

SUBSÍDIO

A tarifa do transporte em Imbituba não é reajustada desde 2019. Nesse período, ressalta a prefeitura, somente o diesel teve aumento superior a 120%.

“A redução só será possível porque o Poder Executivo Municipal conseguiu, na câmara de vereadores, a aprovação do Projeto de Lei para o pagamento de um subsídio no valor de R$ 1,2 milhão ao transporte público pelos próximos oito meses”, explica nota da prefeitura.

O usuário vai pagar menos porque o município vai dividir a conta”, ressaltou o prefeito Rosenvaldo Júnior.

Os valores reduzidos da tarifa serão mantidos até o dia 01 de janeiro de 2023.

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

Deixe uma resposta