Uso de máscara deixa de ser obrigatório no transporte público do Distrito Federal

A partir de agora, o uso da máscara no transporte é opcional. Foto: Diário do Transporte.

Obrigatoriedade da oferta de álcool em gel e higienização frequente dos ônibus também foi revogada

WILLIAN MOREIRA

A Semob (Secretaria de Mobilidade do Distrito Federal) revogou nesta quarta-feira, 29 de junho de 2022, a portaria criada durante a pandemia da covid-19 que obrigava todos os passageiros e motoristas no transporte público a usar máscaras, além de disponibilizar de maneira gratuita álcool em gel para todos.

A portaria 77/22 não justifica a ação tomada, mas também anula a portaria anterior que determinava a higienização frequente dos ônibus do transporte coletivo.

Além dos ônibus, a nova regra vale para transporte metroviário, táxis e condutores do transporte escolar.

A partir de agora, o uso da máscara no transporte é opcional e portanto, quem não desejar fazer o uso não pode ser impedido de embarcar, como era definido anteriormente.

Willian Moreira para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. Rodrigo Pugliese de Lucena disse:

    Em SP deveria ser opcional essa medida de flexibilização, mas uma grande parte da população está totalmente vacinada contra a Covid. Transporte público não é hospital para usar máscara.

Deixe uma resposta