Por causa de vandalismo, terminal Penha e sanitários ficam sem iluminação desde o início da semana

Banheiros foram fechados

Metrô diz que fornecimento foi restabelecido 

ADAMO BAZANI

Partes do Terminal de ônibus Penha, na zona Leste de São Paulo, e dos sanitários do local ficaram desde o início desta semana sem energia elétrica, prejudicando quem utiliza os ônibus e o metrô, além dos funcionários do local.

O Diário do Transporte foi procurado por trabalhadores e usuários que relataram que o problema tem gerado insegurança no local.

Além disso, de acordo com os relatos, por causa do problema, os banheiros foram fechados.

“Estamos há mais ou menos três dias sem energia na estação Penha do Metrô, aqui na Radial Leste. Eles fecharam os banheiros alegando isso. Na parte da noite é perigoso pra caramba” – disse um dos funcionários que pediu para não ser identificado.

O local é de responsabilidade do Metrô.

Procurada pelo Diário do Transporte, a companhia informou que ocorreu um ato de vandalismo que danificou os cabos de energia e que restabeleceu o fornecimento.

“A manutenção do Metrô atuou para restabelecer a alimentação elétrica de iluminação do terminal e seus sanitários, detectada na última terça-feira, 21. O sistema foi afetado por vandalismo que danificou cabeamento da energia.  No momento, a energia foi restabelecida e os sanitários se encontram abertos”. diz a nota do Metrô.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

Deixe uma resposta