Câmara de Belo Horizonte (MG) aprova subsídio de R$ 237,5 milhões ao transporte coletivo

Sessão foi realizada nesta terça (21). Foto: Leandro Machado de Castro/Ônibus Brasil.

Projeto foi aprovado em segundo turno e agora segue para sanção do prefeito

WILLIAN MOREIRA

Em sessão realizada nesta terça-feira, 21 de junho de 2022, a Câmara Municipal de Belo Horizonte aprovou um novo repasse financeiro no valor de R$ 237,5 milhões para as empresas de ônibus da capital mineira.

Com a aceitação de ampla maioria (37 votos a favor e somente dois contrários), o projeto prevê o repasse nos próximos 12 meses com a condicional que a partir do pagamento da primeira parcela, as empresas do transporte coletivo tem até 15 dias para aumentar as viagens.

A meta mínima é de uma adição de pelo menos 30% no número de viagens nos dias úteis.

O projeto agora seguirá para sanção do prefeito e a expectativa é que este aporte financeiro evite o reajuste na tarifa dos ônibus urbanos, mantendo o valor em R$ 4,50.

Willian Moreira em colaboração especial para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta