Paralisação do transporte público de Guarapuava (PR) entra no segundo dia

Foto: Manu Busóloga/Reprodução Twitter

Categoria pede reajuste salarial e empresa aguarda a formalização da proposta

WILLIAN MOREIRA

A greve dos funcionários da empresa Pérola do Oeste que presta o serviço do transporte público de Guarapuava (PR) entrou no seu segundo dia nesta quarta-feira, 15 de junho de 2022, com a concessionária aguardando a proposta dos trabalhadores ser formalizada.

A categoria, de acordo com o Sintrar (Sindicato dos Trabalhadores do Transporte Rodoviário em Guarapuava), pede um aumento salarial de 11,08% com referência à data-base de novembro do ano passado, mas também alterações na carga de trabalho e o pagamento de férias e salários atrasados.

Segundo a Rede RPC, um grupo dos grevistas levou uma proposta para a Pérola do Oeste, mas a empresa pediu que isto seja feito de maneira formal, o que deve acontecer nesta quarta (15).

Ao menos 13 mil pessoas estão sendo afetadas pela interrupção do serviço, apesar de uma liminar na Justiça obtida pela prefeitura, determinar a operação de 50% da frota nos horários de pico e 25% nos demais horários.

Willian Moreira em colaboração especial para o Diário do Transporte

 

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta