Artesp autoriza Itamarati e Expresso Amarelinho a paralisarem linhas rodoviárias e suburbanas

Foto: Guilherme Pereira Costa/Ônibus Brasil

Agência atendeu ainda a pedidos de alterações de horários e outras mudanças para a Reunidas Paulista e Andorinha

ALEXANDRE PELEGI

A Artesp, Agência de Transporte do Estado de São Paulo, atendeu a pedidos de empresas de ônibus que operam no transporte intermunicipal e suburbano.

Foram deferidos pedidos das empresas Expresso Itamarati, Expresso Amarelinho, Reunidas Paulista e Andorinha.

Os deferimentos foram publicados nesta quarta-feira, 15 de junho de 2022, no Diário Oficial do Estado.

Veja a seguir as autorizações agrupadas por empresas:

 

EXPRESSO ITAMARATI

– autorizada a paralisar temporariamente a linha rodoviária entre São José do Rio Preto – Ilha Solteira, pelo prazo de 90 dias, a contar da data de publicação (Autos 935/DER/50 – 7° Vol);

– autorizada a paralisar temporariamente a linha rodoviária entre Santa Fé do Sul – Campinas, pelo prazo de 90 (noventa) dias, a contar da data de publicação (Autos 8463/DER/78 – 2° Vol).

– autorizada a paralisar temporariamente a linha suburbana entre Cosmorama – Fernandópolis, pelo prazo de 90 dias, a contar da data de publicação (Autos 9024/DER/81 – 2° Vol).

 

REUNIDAS PAULISTA

– autorizada em caráter experimental, pelo prazo de 90 dias, a incluir seção tarifária, alterações de horários/tempo de percurso na linha rodoviária entre Bauru – São José do Rio Preto, conforme tabela de horários e extensões. A empresa deverá iniciar a operação em até 15 dias após a publicação (Autos 6352/DER/70 – 3º Vol).

– autorizada em caráter experimental, pelo prazo de 90 dias, a incluir parada técnica de descanso, fazer alterações de horários/tempo de percurso na linha rodoviária São Paulo – Lins, conforme tabela de horários e extensões, devendo iniciar a operação em até 15 dias após esta publicação (Autos 8043/DER/77 – 1º Vol).

 

EXPRESSO AMARELINHO

– autorizada a paralisar temporariamente a linha suburbana entre Capão Bonito – Buri, pelo prazo de 90 dias, a contar da data de publicação (Autos 6408/DER/70 – 2° Vol).

 

ANDORINHA

– autorizada, em caráter EXPERIMENTAL, pelo prazo de 90 dias, a incluir parada técnica de descanso, realizar alterações de horários/tempo de percurso na linha rodoviária entre Presidente Prudente – São Paulo, conforme tabela de horários e extensões, devendo iniciar a operação em até 15 dias após esta publicação (Autos 8869/DER/79 – 2º Vol).

Print D.O.E 15/06/2022

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta