Trecho Sul da BR-101 de Santa Catarina terá pedágio de R$ 2,10 a partir desta quinta-feira (16)

Esta foi a primeira concessão rodoviária que o grupo CCR assumiu no estado catarinense, assinada em 06 de julho de 2020

ALEXANDRE PELEGI

A Diretoria Colegiada da Agência Nacional de Transportes Terrestres – ANTT autorizou oficialmente, em publicação no Diário Oficial da União desta terça-feira, 14 de junho de 2022, o reajuste da Tarifa Básica de Pedágio (TBP) nas praças P1 a P4 do trecho do trecho concedido da BR-101/SC, explorado pela Concessionária Catarinense de Rodovias S.A (CCR ViaCosteira).

Esta foi a primeira concessão que o grupo CCR assumiu no estado catarinense, assinada em 06 de julho de 2020.

A rodovia possui quatro praças, localizados em São João do Sul, 457,5 km; Araranguá, 404,5 km; Tubarão, 344,7 km; e Laguna, 298,6 km.

O percentual de reajuste foi de 11,03%, correspondente à variação do Índice Nacional de Preço ao Consumidor Amplo – IPCA no período, com vista à recomposição tarifária.

Após o arredondamento, a Tarifa Básica de Pedágio para a categoria de veículo 1, passa dos atuais R$ 2,10 para R$ 2,40 nas praças de pedágio P1, em Laguna; P2, em Tubarão; P3, em Araranguá; e P4, em São João do Sul.

O trecho concedido, entre Passo de Torres e Palhoça, tem 220,42 km de extensão e passa pelos municípios catarinenses de Paulo Lopes, Garopaba, Imbituba, Laguna, Pescaria Brava, Capivari de Baixo, Tubarão, Treze de Maio, Jaguaruna, Sangão, Içara, Criciúma, Maracajá, Araranguá, Sombrio, Santa Rosa do Sul e São João do Sul.


Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

Deixe uma resposta