Câmara de Manaus (AM) aprova integração de ônibus executivos e alternativos ao sistema do transporte

Vereadores de Manaus durante a sessão que aprovou o projeto. Foto: Divulgação Câmara Municipal de Manaus

Projeto é de autoria da prefeitura e busca melhorar a qualidade do transporte público

WILLIAN MOREIRA

Em regime de urgência, os vereadores de Manaus (AM) aprovaram nesta segunda-feira, 6 de junho de 2022, o Projeto de Lei 150/22 enviado pela Prefeitura para promover uma melhoria no transporte público da cidade.

Segundo este projeto, os ônibus executivos e alternativos poderão operar nas linhas, melhorando a qualidade do serviço.

Na justificativa é alegado que o serviço será prestado de maneira contínua e permanente, com o comprometimento do permissionário da regularidade, segurança, higiene e conforto, assumindo os riscos pelas despesas.

As Comissões de Constituição, Justiça e Redação, de Economia, Finanças e Orçamento, de Serviços Públicos e de Transporte e Mobilidade Urbana da Casa analisaram o PL que ainda sim sofreu alterações após tratativas com os representantes dos modais para aumentar a frota nas ruas.

De acordo com o vereador Marcelo Serafim, a quantidade inicial era de 220 ônibus, mas foi alcançado o número de 280 veículos, visto por ele uma quantidade suficiente, ainda sim menor que a atual.

“Hoje o sistema é predatório, pois existem 440 carros nas ruas e Manaus não comporta esse número, porém, após algumas conversas, conseguimos chegar a um número ideal, que é de 280, o que será bom para todos”, disse o parlamentar em nota divulgada para a imprensa.

Em paralelo, a Câmara também aprovou outro projeto 218 que altera ação do Plano Plurianual 2022-2025 que visa viabilizar a compra dos primeiros ônibus elétricos da cidade por meio de convênio com o Governo do Amazonas.

Willian Moreira em colaboração especial para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta