Passageiros não usam máscaras na CPTM e SMS atrasa para enviar denúncia. Canal será desativado

Passageiro anda despreocupado com a saúde dos outros e própria. assim como CPTM pareceu não se preocupar com este caso

Em um dos casos, a própria reportagem acionou o canal de contato com a empresa e não obteve nenhuma resposta

ADAMO BAZANI

É fácil descumprir as normas de proteção contra a covid-19 nos trens e estações da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) na capital paulista e nos municípios vizinhos.

Pelo menos é o que constatou a reportagem ao realizar diversas viagens entre a última semana e esta segunda-feira, 30 de maio de 2022.

O uso de máscaras de proteção facial contra a doença, por lei estadual, é obrigatório nos transportes públicos em São Paulo: ônibus, metrô e trem.

Mas na CPTM, parece opcional.

Em linhas como 7-Rubi, 10-Turquesa e 11-Coral, por exemplo, não um, nem dois, mas uma grande quantidade de passageiros circula sem máscara e, sem nenhuma abordagem ou constrangimento.

De ao menos 24 contabilizados pela reportagem nestas viagens só um foi abordado em um trem da linha 10 na última terça-feira, 24 de maio de 2022.

O passageiro colocou a máscara dentro do trem que tinha parado em São Caetano do Sul sentido São Paulo. Mas depois que o agente saiu, o usuário baixou o equipamento descobrindo de novo boca e nariz.

O número de pessoas sem máscara visualizadas pela reportagem é até maior porque a contagem foi feita só depois de algumas observações.

SMS NÃO RESPONDE DENÚNCIA E SEGURANÇAS NÃO ABORDAM PASSAGEIROS:

Usar o SMS denúncia da CPTM para tentar ajudar a empresa nesta fiscalização tem sido algo que não passa credibilidade ao passageiro.

É o que constatou a reportagem.

Nesta segunda-feira, 30 de maio de 2022, um jovem de capuz estava sem máscara e tossia bastante enquanto se entretinha com um celular.

A reportagem mandou um SMS denúncia, o que teoricamente é recomendado, para um passageiro não ficar brigando com o outro. Para isso, deveria existir a segurança na CPTM.

Foi na linha 10-Turquesa sentido Jundiaí.

Às 11h31, a reportagem relatou que no carro (nome certo para vagão) 8636, perto da porta 02, estava este usuário. No momento o trem saía de Tamanduateí. Nada de resposta.

Às 11h34 novo relato, desta vez com o mesmo trem saindo de Ipiranga. Relato não respondido e, pela descrição de partida do trem, foi possível saber do sentido.

Foi mandada até foto.

Assim como o repórter, o passageiro sem máscara desembarcou na estação Brás. A CPTM diz que recebeu a denúncia e que a abordou o usuário na estação (veja mais abaixo a resposta completa)

Nas redes sociais, também há vários relatos semelhantes e, em alguns casos, os passageiros dizem que os seguranças da CPTM ignoram a situação

O Diário do Transporte procurou a CPTM por meio da assessoria de imprensa que explicou que há orientações aos passageiros, que abordou o usuário e que vai desativar o SMS denúncia até o fim deste ano de 2022.  Veja na íntegra.

O uso de máscaras permanece obrigatório em todos os trens e estações da CPTM. As equipes de segurança e de estações orientam o passageiro sobre a obrigatoriedade de utilizar o acessório, e de maneira correta.

Sobre as denúncias da reportagem, a CPTM vai apurar as circunstâncias do relato e reforçar junto a seus colaboradores e terceirizados a necessidade do uso de máscara por todos durante todo o período de viagem.

Com relação ao SMS, a CPTM ainda recebe em média 500 mensagens por mês neste canal. Ontem (30/05), recebemos sua mensagem com 5 minutos de atraso (11h38), conforme registro em nosso sistema. Ela foi atendida na Estação Brás pela equipe de escolta que orientou o passageiro que não se opôs em colocar a máscara.

A empresa vem ampliando a divulgação do WhatsApp como o novo canal de comunicação com os passageiros, tanto via redes sociais quanto pelos informativos à imprensa, justamente porque essa ferramenta facilita a agilidade do envio da mensagem, uma vez que ela é mais comum para todos, enquanto o SMS já não é mais utilizado pela maioria das pessoas, sendo que em alguns casos ainda pode gerar cobranças por envio. Até o final deste ano o SMS denúncia será desativado e todo atendimento será transferido para o WhatsApp.

Canais de denúncia

O passageiro que presenciar um indivíduo sem o acessório obrigatório pode entrar em contato com a CPTM por meio de nosso telefone 0800 055 0121 ou pelo WhatsApp (11) 99767-7030 – não é necessário se identificar e o anonimato é garantido.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. GUILHERME CRUZ disse:

    Nossa, tenho VÁRIOS relatos no Whatsapp da CPTM, nunca fizeram nada, sempre dizem que passaram as informações, mas NADA acontece!

  2. Roberto Dias. disse:

    A culpa de tudo isto é do comitê de saúde contra a Covid, que desobrigou o uso de máscaras parcialmente, e obriga as pessoas a usarem no transporte público. O fato é que tal atitude, além de ser controversa, é perigoso, uma vez que a maioria das pessoas não tem o menor cuidado com a máscara, contaminando-a com as mãos, retirando a máscara solta de dentro do bolso e /ou da bolsa, e colocando inadequadamente no rosto. muitos até com parte da máscara dentro da boca. Tais pessoas se contaminariam facilmente com essas máscaras se de fato o Vírus estivesse ao seu redor.
    ademais, nos grandes Shows, estádios de futebol, eventos e feiras livres, o uso da máscara também não tem sido fiscalizado. Desta forma, o melhor a se fazer é PROIBIR TOTAL OU LIBERAR GERAL. Uma questão de BOM SENSO!!!

  3. Alfredo Scheer disse:

    É muita babaquice essas exigências que já comprovaram no país todo que usar a máscara não adianta em nada
    Eu viajo o país de leste a oeste e de norte a sul e quase sempre sem máscara
    Em ônibus táxi uber etc

  4. Cláudio Magalhães disse:

    Concordo com o Sr. Alfredo, máscara, vacina não valeu de nada, absolutamente nada. Quem tinha que pegar e sair de boa pegou, quem tinha que pegar e morrer morreu, não adianta mais nada disso. Eu peguei COVID 3 vezes não tomei essa loucura de vacina e não vou tomar nunca e não morri, e ninguém da minha família tomou inclusive meus pais que tem mais de 70 anos estão ótimos. Isso tudo aí foi politicagem e continua sendo, não uso máscara mesmo em lugar nenhum e que acabe logo essa palhaçada dos coitados da segurança ter que ficar cobrando.

  5. PEDRO Henrique disse:

    Sem covid ou com covid um dia iremos morrer cedo ou tarde , não sei pra que tanto alarme nisso tudo , na verdade isso tudo que se passa são dados de não sei quem que essa mídia podre fica divulgando , eu não acredito na mídia , o destino de todos algum dia será a morte , sem ou com qualquer tipo de doença.

    1. diariodotransporte disse:

      Acho que ninguém nunca disse isso, que todos um dia iremos morrer

  6. Marcelo Daminelli disse:

    Meu Deus, qualquer um q sabe ler, sabe q essas porcarias de fucinheiras nada protegem. Agora com a queda da lei 13.979/20 q acaba com essa sanha por controle.. quero ver alguém fazer merda.

Deixe uma resposta