Crédito suplementar de R$ 174 milhões para o transporte coletivo de Curitiba é aprovado em 1º turno pelos vereadores

Câmara de Curitiba votará em definitivo nesta terça (31). Foto: CM de Curitiba

Maior parte dos recursos será para cobrir deficit tarifário do sistema de ônibus

ALEXANDRE PELEGI

A Câmara Municipal de Curitiba (CMC) votou favoravelmente nesta segunda-feira, 30 de maio de 2022, o projeto do Executivo que solicita a abertura de crédito adicional suplementar de R$ 174.113.500 para o transporte coletivo.

Foram 23 votos favoráveis e 10 contrários.

A mensagem, protocolada no dia 1º de abril, remaneja recursos da Secretaria de Planejamento, Finanças e Orçamento para o Fundo de Urbanização de Curitiba (FUC), gerido pela Urbs.

O projeto retorna à pauta nesta terça-feira (31) para votação final do plenário.

Na justificativa da mensagem a Prefeitura informa que R$ 132,4 milhões serão destinados para equalizar a diferença entre a tarifa social de R$ 5,50 e a técnica, de R$ 6,3694 no exercício de 2022.

Ainda segundo o texto votado hoje, R$ 41,6 milhões devem ser aplicados na manutenção do sistema, para atender despesas com material de consumo, serviços de terceiros e de tecnologia da informação e comunicação, para a manutenção do Sistema de Transporte Coletivo.

O líder do prefeito na Câmara, Pier Petruzziello (PP), afirma que o projeto não veio em regime de urgência, ressaltando que a licitação atual “não foi feita pelo atual prefeito”.

“Toda vez que se trata de transporte público na nossa cidade é um assunto polêmico, deve ser encarado com serenidade”, declarou.


Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta