Paralisação de ônibus em Guarulhos e região afeta início das operações de transportes nesta sexta (20)

Guarulhos Transportes, Vila Galvão, Transdutra e Viação Arujá foram as empresas com ação sindical

ADAMO BAZANI

Uma paralisação momentânea por causa de ação sindical no fim da madrugada, atrasou a saída de ônibus em Guarulhos e região nesta sexta-feira, 20 de maio de 2022.

O problema prejudicou passageiros de linhas municipais e das metropolitanas intermunicipais gerenciadas pela EMTU (Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos).

Guarulhos Transportes, Vila Galvão, Transdutra e Viação Arujá foram as empresas com ação sindical

Segundo a EMTU, a situação começou a se normalizar gradativamente a partir de 5h30.

CAPITAL PAULISTA:

Também por causa de assembleias sindicais houve impacto em 11 locais na capital paulista.

As linhas afetadas no início da operação atendem bairros como Jd. Helena, Jd. Romano, Itaim Paulista, na Zona Leste, e Capão Redondo, Jd. Nakamura, Jd. Ângela e Jd. Jacira, na Zona Sul.

A  SPTrans diz que adotará as devidas providências em relação ao descumprimento das partidas durante o período da manifestação.

As garagens cuja operação foi afetada por manifestações foram:

– Gatusa – normalizada às 4h15

– KBPX – normalizada às 4h

– Mobibrasil – Garagem 1 – normalizada às 5h

– Mobibrasil – Garagem 2 – normalizada às 5h

– Viação Campo Belo – Garagem 1 – normalizada às 4h09

– Viação Campo Belo – Garagem 2 – normalizada às 4h15

– Viação Metrópole – Unidade A. E. Carvalho – normalizada às 5h

– Viação Metrópole – Unidade Brás – normalizada às 4h

– Viação Metrópole – Unidade De Pinedo – normalizada às 4h28

– Viação Metrópole – Unidade Itaim Paulista – normalizada às 4h10

– Viação Metrópole – Unidade M’Boi Mirim – normalizada às 4h14

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

Deixe uma resposta