Fretadores pedem apoio do governador de São Paulo, Rodrigo Garcia

Associação chamou a atenção para a importância de um diálogo sobre o impacto da possível paralisação das atividades das empresas de ônibus responsáveis pelo transporte fretado de passageiros. Foto: Divulgação.

Abrafrec se manifestou em Presidente Prudente (SP), durante agenda externa do chefe do Executivo

JESSICA MARQUES

A Abrafrec (Associação Brasileira dos Fretadores Colaborativos), entidade que representa mais de 200 empresas fretadoras, pediu apoio do governador de São Paulo, Rodrigo Garcia.

Representantes da associação se manifestaram em Presidente Prudente (SP), durante uma agenda externa do chefe do Executivo.

O objetivo da associação foi chamar a atenção para “a importância de um diálogo sobre o impacto da possível paralisação das atividades das empresas de ônibus responsáveis pelo transporte fretado de passageiros”.

No estado, mais de 20 empresas que realizam viagens por fretamento estão ameaçadas de cassação em razão dos impasses nas negociações com a Artesp (Agência de Transportes do Estado de São Paulo).

Segundo a Abrafrec, caso isso ocorra, o prejuízo seria de mais de 3 mil empregos de trabalhadores com carteira assinada perdidos.

“A liberdade de escolha por um serviço de transporte seguro e mais barato está sob forte ameaça, mas podemos reverter isso. Precisamos do apoio do governador para acabar com esse impasse. Quem paga não é só o fretador e seus funcionários, mas sim, a população”, afirma o vice-presidente da Abrafrec, Fernando Rodrigues, em nota.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

Deixe uma resposta