São Roque (SP) declara empresa Jundiá como vencedora da licitação do transporte coletivo

Jundiá Transportadora opera no sistema de ônibus da cidade de forma emergencial. Foto: Hércules Cavalcante/Ônibus Brasil

Empresa que já atua na cidade apresentou o menor valor da tarifa técnica, estabelecido em R$ 10,40. Cabe recurso

ALEXANDRE PELEGI

A prefeitura de São Roque, cidade do interior de São Paulo, publicou no Diário Oficial desta terça-feira, 18 de maio de 2002, o julgamento da sessão de julgamento das propostas da licitação referente à concessão do serviço de transporte coletivo municipal.

A licitação foi realizada pelo critério do menor valor da tarifa de remuneração, no qual foi julgada a empresa Jundiá Transportadora Turística Ltda, que apresentou o menor valor da tarifa técnica, estabelecido em R$ 10,40.

A homologação do resultado só será feita após transcorrido o prazo de cinco dias úteis para eventuais interposições de recurso.

Como mostrou o Diário do Transporte, cinco empresas apresentaram propostas no certame, que ocorreu no dia 19 de abril de 2022, mas somente duas foram habilitadas para prosseguir à próxima fase do processo licitatório: a Jundiá Transportadora, que opera atualmente na cidade em caráter emergencial, e a São João Fretamento e Turismo, do grupo São João, empresa de Sorocaba que opera o transporte coletivo em cidades da região. Relembre:

São Roque (SP) habilita Jundiá e São João em licitação do transporte coletivo

Por não atenderem a itens do edital, foram inabilitadas após análise dos documentos pela Comissão Permanente de Licitações, as empresas CAF Transportes Eireli, Três Irmãos Ltda, e Viação Paraty Ltda, da região de Araraquara.

Print D.O.E. de 18 de maio de 2022


CONTRATO EMERGENCIAL

A empresa Jundiá Transportadora Turística Ltda opera no sistema de ônibus da cidade de forma emergencial no lugar da empresa Mirage. Como noticiou o Diário do Transporte, a prefeitura anunciou em 11 de fevereiro de 2021 a nulidade e rescisão do contrato de prestação do transporte coletivo municipal operado pela empresa Mirage Transportes.

No dia 15 de setembro de 2021 a prefeitura publicou nova contratação emergencial da Jundiá, por dispensa de licitação, para que a empresa continuasse o atendimento do serviço de transporte público municipal. O contrato foi assinado no dia 31 de julho daquele ano no valor de R$ 8.262.509,34.

LICITAÇÃO

A prefeitura já realizou audiência pública sobre o tema, para colher informações da comunidade sobre o futuro sistema, no dia 05 de janeiro de 2022. Relembre:

Nessa audiência pública, a prefeitura apresentou os parâmetros que orientarão o edital do certame, e que deverão ser obedecidos pela empresa que assumir a concessão dos serviços.

De acordo com a prefeitura, a vencedora da licitação deve possuir 23 veículos na cidade (21 em operação e dois reservas), todos com três portas, suspensão a ar, e idade máxima de dois anos de uso no início da operação.

Dentre os planos apresentados, estavam previstos para o futuro a ampliação da frota, além da reforma da atual rodoviária, a construção de terminais de transbordo no Largo dos Mendes e na Praça da República.

Há previsão ainda de se construir uma nova rodoviária fora da área central, transformando o espaço atual num terminal urbano e metropolitano.

MODELAGEM

A prefeitura de São Roque, interior de São Paulo, publicou no Diário Oficial do Estado do dia 22 de fevereiro de 2022, um novo aditamento ao contrato firmado com a empresa Cegeplan para elaboração do projeto para concessão dos serviços do Sistema de Transporte Coletivo do município.

Como mostrou o Diário do Transporte, em agosto de 2021 a prefeitura contratou a empresa por R$ 40,2 mil para realizar o projeto em quatro meses. Com a expiração do prazo, em 21 dezembro a prefeitura voltou a estender o contrato por mais dois meses. Como o prazo expirou novamente, o Município assinou no dia 08 de fevereiro deste ano o segundo aditamento, agora com prazo de 180 dias.


Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta