Linha 7-Rubi operou com velocidade reduzida na tarde desta sexta (13)

Com maior tempo de espera, as estações e trens ficaram lotados. Foto: @spsobretrilhos/Reprodução Twitter

A companhia no entanto “escondeu” o problema, mesmo com duas horas de falha

WILLIAN MOREIRA

A circulação dos trens da Linha 7-Rubi da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) foi realizada com velocidade reduzida e maior tempo de parada dos trens nas estações na tarde desta sexta-feira, 13 de maio de 2022.

Desde as 15h30 um trem quebrado perto de Vila Aurora afetou toda a linha.

No entanto, a companhia omitia a seus clientes ao informar que a operação era normal nos seus canais oficiais, impedindo, desta forma, que as pessoas tomassem conhecimento do problema e pudessem buscar rotas alternativas para chegar ao destino.

Pouco antes das 17h30 o atendimento começou a ser regularizado.

Em nota ao Diário do Transporte a companhia confirmou a falha, porém mais uma vez evitou explicar o porquê de não comunicar corretamente os passageiros. Leia a nota enviada:

A circulação na Linha 7-Rubi da CPTM está em processo de normalização depois que um veículo de manutenção apresentou uma falha nas proximidades da Estação Vila Aurora por volta das 15h30.

Os trens passaram a circular com maiores intervalos médios e com velocidade reduzida até o reboque e recolhimento da composição às 17h15. A CPTM pede desculpas aos passageiros pelos transtornos.”

Willian Moreira em colaboração especial para o Diário do Transporte

 

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta