Elevador da estação Santa Cruz da linha 5-Lilás “despenca”, segundo usuários, e Bombeiros precisam resgatar passageiros. ViaMobilidade diz que equipamento não despencou, parou entre andares

Problema ocorreu entre 16h52 e 18h42. De acordo com ViaMobilidade, ninguém se feriu, mas uma pessoa precisou de atendimento por ter passado mal

ADAMO BAZANI

Passageiros da linha 5-Lilás de metrô de São Paulo passaram por momentos de tensão entre a tarde e o início da noite desta sexta-feira, 13 de maio de 2022.

Relatos em redes sociais dão conta que um dos elevadores teria “despencado” e parado fora de alinhamento com o piso na estação.

Imagens mostram um funcionário da estação verificando o equipamento.

Procurada pelo Diário do Transporte, a ViaMobilidade, concessionária da linha, informou que ocorreu de fato um problema entre 16h52 e 18h42. Oito pessoas ficaram presas e tiveram de ser resgatas pelos Bombeiros, mas, segundo a empresa, não houve feridos.

Em nova nota, a ViaMobilidade disse que o elevador não “despencou” conforme os relatos e ficou parado entre os andares. Ainda de acordo com a concessionária, uma pessoa passou mal, mas ninguém se feriu

Veja a nota.

 A ViaMobilidade, concessionária responsável pela operação e manutenção da Linha 5-Lilás de metrô de São Paulo, esclarece que na ocorrência de ontem, dia 13, na estação Santa Cruz, o elevador ficou parado entre andares e não despencou, conforme noticiado em algumas redes sociais. Tivemos um elevador que ficou parado entre andares das 16h52 às 18h42, situação essa com total segurança aos passageiros e nenhum risco de queda. Os bombeiros foram acionados  para a liberação e atendimento dos passageiros retidos, conforme protocolo. Uma pessoa passou mal e foi encaminhada ao Pronto Socorro. Reforçamos que a concessionária executa todas as manutenções preventivas, de acordo com as normas reguladoras e procedimentos vigentes; com total compromisso com a prestação de serviço de qualidade e segurança na mobilidade urbana de São Paulo.

Na noite de sexta-feira, elevador estava isolado

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. Clayron disse:

    Pessoal gosta de aumentar as coisas

  2. Nelson disse:

    “Privatiza que melhora” eles disseram.

Deixe uma resposta