Santo André (SP) realiza ações em prol da campanha Maio Amarelo

Ações educacionais para crianças integram atividades. Foto: Angelo Baima/PSA.

Objetivo é reduzir número de acidentes de trânsito na cidade, por meio da conscientização de motoristas e pedestres

JESSICA MARQUES

A Prefeitura de Santo André, no ABC Paulista, está realizando ações em prol do Maio Amarelo.

O foco da campanha na cidade é conscientizar motoristas, pedestres e alunos das escolas municipais.

A iniciativa tem como objetivo reduzir o número de mortes por acidentes e sinistros de trânsito na cidade, além de elucidar dúvidas sobre as regras de educação e de comportamento seguro nas ruas e avenidas.

Como base da campanha deste ano, denominada “Juntos Salvamos Vidas”, a Prefeitura de Santo André preparou algumas ações ao longo do mês.

A primeira atividade foi a chamada “Pista Certa”, realizada em parceria com a Mapfre Fundación. Neste caso, o programa leva conceitos de segurança no trânsito, meio ambiente e cidadania às crianças, por meio de vivências lúdicas e pedagógicas.

Segundo a Prefeitura, a ação inclui contação de histórias e a utilização de bicicletas em um circuito que simula características do trânsito em um espaço cenográfico com estrutura modular e itinerante. A iniciativa foi realizada no Parque Regional da Criança – Palhaço Estremilique.

“Estas ações são importantes para todas as idades. Não podemos nos acostumar com o alto número de acidentes e mortes no trânsito e por isso investimos na educação, monitoramento, atividades e ações que permitam melhorar o tráfego e mobilidade da nossa cidade, sobretudo no quesito segurança, preservando vidas. É muito satisfatório saber que as crianças vão para casa e servem como ‘agentes de trânsito’ que cobram os pais para que sigam as regras de trânsito”, afirmou o prefeito Paulo Serra, em nota.

PROGRAMAÇÃO

Outra iniciativa que integra o Maio Amarelo é o programa “Educação Viária é Vital”, também em parceria com a Mapfre.

Neste caso, o programa oferece um conjunto de propostas de atividades integradas às disciplinas e aulas, envolvendo os estudantes e docentes em uma ampla pesquisa sobre as condições da circulação viária das comunidades próximas a escola, fazendo com que todos possam elaborar e implementar projetos que visem melhorias nestas condições da mobilidade, tornando a circulação mais segura e eficiente.

O programa “Educação Viária é Vital” será voltado a crianças e professores de escolas municipais, estaduais e particulares. O lançamento oficial está marcado para o dia 12 de maio.

Conforme detalhado pela Prefeitura, os professores passarão por um curso inicial de 40 horas e posteriormente terão um encontro online com educadores da Mapfre discutindo diversos temas relacionados ao trânsito e pedagogia, desenvolvendo projetos sobre o assunto.

Além disso, o Centro de Educação para a Mobilidade, localizado na Sabina – Escola Parque do Conhecimento, será reinaugurado trazendo novamente atividades de educação de trânsito em um espaço que recentemente foi revitalizado e ampliado. Entretanto, ainda não há uma data para a reinauguração.

Por sua vez, no dia 17 de maio, em parceria com o Sest-Senat, ocorre no calçadão Oliveira Lima uma ação de conscientização, das 9h às 16h.

Por fim, no dia 26 de maio, funcionários da Gerência de Educação para o Trânsito, vinculada ao Departamento de Projetos Especiais de Mobilidade da Secretaria de Mobilidade Urbana, irão ministrar em parceria com a empresa Bridgestone, uma palestra sobre segurança no trânsito voltada para funcionários.

Segundo a Prefeitura, outras atividades poderão ser incluídas no calendário de ações e serão confirmadas no decorrer do mês.

Para saber mais sobre o Movimento Maio Amarelo, acesse aqui.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta