Pesquisa mostra aumento na venda de passagens rodoviárias pela internet durante feriado de Tiradentes

Quarta foi o dia mais movimentado. Foto: Divulgação.

Estudo foi elaborado pela DeÔnibus e comparou a semana de 18 a 24 de abril deste ano com a de 2021

JESSICA MARQUES

Uma pesquisa mostra um aumento na venda de passagens rodoviárias pela internet durante o último feriado, o de Tiradentes.

O estudo foi elaborado pela scale-up DeÔnibus, empresa que vende passagens rodoviárias por meio de uma plataforma online.

A pesquisa comparou a semana de 18 a 24 de abril deste ano com o mesmo período de 2021.

Segundo o estudo, as viagens rodoviárias para a semana do feriado de Tiradentes e na anterior cresceram mais de 320% com relação ao mesmo período em 2021, ano em que mesmo com algumas restrições pandêmicas as pessoas já retomavam as suas viagens.

O estudo mostra ainda que, na semana da emenda do feriado (18 a  24 de abril), o dia mais movimentado nas estradas foi a quarta-feira, com 32% de embarque total do período. Seguido pelo domingo, com 27%.

Analisando os destinos mais procurados pelos brasileiros, a pesquisa revelou que o primeiro lugar ficou com São Paulo (15% das passagens vendidas). Seguido pelo Rio de Janeiro (13%), Curitiba, Belo Horizonte, Campinas e Goiânia.

“Os números apresentados pela DeÔnibus reforçam um movimento que já está em evidência, a retomada do turismo doméstico. Que ainda é beneficiado pela facilidades tecnológicas que o setor apresenta, como a venda de passagens via Pix”, informou a empresa, em nota

De acordo com a Head de Marketing da DeÔnibus, Luana Filomeno, esse método de pagamento já representa 30% do faturamento da empresa.

“O fim do estado de emergência no Brasil, a alta dos combustíveis e a bancarização da população são alguns dos fatores que contribuem para o aumento das vendas de passagens pela internet e, por consequência, traçam uma retomada do turismo. Importante destacar também que os pagamentos via Pix estão crescendo e colaboram para o aumento das vendas do setor, como um todo, pois ele entrega mais facilidade e melhora a experiência de compra”, analisa Luana.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta