Andorinha requer junto à Artesp paralisação da linha Florínea – São Paulo

Foto: Junior Juninho/Ônibus Brasil

Interrupção de ligação rodoviária de município do oeste paulista com a capital será temporária, de acordo com o pedido, mas serviço está inativo atualmente

ALEXANDRE PELEGI

A Empresa de Transportes Andorinha solicitou formalmente à Artesp, Agência de Transporte do Estado de São Paulo, a paralisação temporária da linha rodoviária entre Florínea, no extremo oeste do estado, e a capital paulista.

A Andorinha é permissionária desta linha intermunicipal de ônibus (Autos 6992/DER/1972), mas atualmente este atendimento está desativado.

A solicitação, publicada neste sábado, 07 de maio de 2022, no Diário Oficial do Estado, é uma exigência legal.

A partir de hoje, e durante 15 dias, a Artesp receberá os pedidos de impugnações, reclamações, sugestões e novas propostas relacionadas com à solicitação da Andorinha.

Como mostrou o Diário do Transporte, a empresa solicitou à Artesp nesta sexta-feira (06) a paralisação temporária da linha suburbana entre Presidente Venceslau e Marabá Paulista, municípios situados no extremo oeste do estado. Relembre

Andorinha pede permissão à Artesp para paralisar linha entre Presidente Venceslau e Marabá Paulista


Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta