Maio é o último mês para renovar CNHs vencidas em janeiro e fevereiro do ano passado

Calendário foi estabelecido pelo Contran. Foto: Divulgação.

Alerta foi divulgado pelo Detran.SP, junto com orientações para regularização do documento

JESSICA MARQUES

Os motoristas que tiveram a CNH (Carteira Nacional de Habilitação) vencida nos meses de janeiro e fevereiro de 2021 e ainda não renovaram o documento precisam regularizar a situação até o dia 31 de maio de 2022.

O alerta foi divulgado pelo Detran.SP (Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo), junto com orientações para a regularização do documento.

A norma foi estabelecida pela deliberação 243 do Contran (Conselho Nacional de Trânsito), de 09 de novembro de 2021, que definiu um cronograma completo para CNHs que tiveram vencimento entre 1º de março de 2020 e 31 de dezembro de 2022.

O período para a regularização é feito com base no mês de vencimento do documento. Por exemplo, CNHs vencidas entre janeiro e fevereiro do ano passado deverão ser renovadas até 31 de março de 2022.

MULTA

Em caso de fiscalização, dirigir com CNH vencida é uma infração gravíssima, de acordo com o CTB (Código de Trânsito Brasileiro). A multa para esse tipo de penalidade é de R$ 293,47, além de sete pontos na carteira.

COMO RENOVAR

A solicitação de renovação do documento pode ser feita online, pelo portal do Detran.SP (www.detran.sp.gov.br), Poupatempo (poupatempo.sp.gov.br) ou aplicativo Poupatempo Digital. O condutor, no entanto, não deve ter qualquer tipo de bloqueio no prontuário, como CNH suspensa ou cassada, por exemplo.

Confira abaixo o passo a passo para renovar a CNH no Detran.SP:

A renovação da CNH pode ser feita de forma online pelo portal do Detran.SP (www.detran.sp.gov.br), Poupatempo (poupatempo.sp.gov.br) ou pelo app ou do Poupatempo digital. Para realizar o serviço, a pessoa não pode ter nenhum bloqueio no prontuário como suspensão ou cassação do documento.

Se a pessoa optar por fazer o processo de forma presencial, deve ser feito agendamento no portal do Poupatempo – www.poupatempo.sp.gov.br no posto que deseja ser atendido.

– Renovação das categorias C, D ou E: o primeiro passo é marcar exame toxicológico em uma das clínicas credenciadas (clique aqui).

– Para o condutor que vai renovar as carteiras de habilitação categorias A e B, selecione a data e hora para exame médico com um profissional credenciado pelo Detran. No caso de profissionais que exercem atividade remunerada é necessário que se faça também o exame psicológico.

– Pague a taxa de emissão do documento no valor de R$116,50 (que inclui o envio pelos Correios (Banco do Brasil, Bradesco, Santander e casas lotéricas).

– A CNH no formato digital, que é válido em todo o país, é disponibilizada por meio do aplicativo da CDT (Carteira Digital de Trânsito), da Serpro (Empresa de Tecnologia da Informação do Governo Federal) disponível nos sistemas operacionais Android e iOS.

Além da renovação digital da CNH, o Detran.SP disponibiliza mais de 70 opções de serviços eletrônicos como segunda via da CNH, mudança e adição de categoria, licenciamento, transferência, consulta de multas e de pontuação, entre outros.

Confira abaixo o calendário estabelecido pelo Contran:

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta