Paralisação da Pêssego Transportes prejudica passageiros da zona leste da capital paulista nesta terça (03)

Greves e problemas com empresa que surgiu de cooperativa têm sido constantes na vida do usuário

ADAMO BAZANI

Passageiros da Pêssego Transportes, na zona Leste de São Paulo, enfrentam mais uma vez dificuldades, na manhã desta terça-feira, 03 de maio de 2022.

De acordo com informações de passageiros, os probblemas maiores foram no Terminal Itaquera.

Os motoristas cruzaram os braços, muitos dos quais donos dos próprios ônibus já que a empresa ainda tem muitas características de cooperativa, de onde a companhia teve origem.

Greves, paralisações e interrupções de serviços são constantes na rotina do passageiro da Pêssego.

A SPTrans confirmou e disse que a remuneração da empresa está em dia. Ônibus de outras empresas foram acionados

A SPTrans informa que a operação das linhas que atendem o Terminal Itaquera foi parcialmente afetada entre 6h40 e 7h25, devido à manifestação de operadores da Pêssego Transportes. Os passageiros destas linhas estão sendo atendidos por linhas de outras viações que também operam na Zona Leste de São Paulo.

Técnicos da SPTrans estão na região para monitorar a operação do transporte público.

A SPTrans esclarece que a remuneração à empresa está regularmente em dia e não há pagamentos pendentes.

HISTÓRICO:

Protestos e paralisações têm sido constantes na Pêssego Transportes que teve origem na antiga cooperativa de transportes Transcooper Leste.

No dia 02 de março de 2022, operadores paralisaram as atividades porque estavam insatisfeitos com a remuneração pelos serviços. Outras empresas foram chamadas para atender às linhas e a SPTrans autuou a Pêssego por descumprimento das partidas.

Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2022/03/02/agora-ja-sao-22-linhas-afetadas-pela-paralisacao-da-pessego-transportes-que-foi-autuada-pela-sptrans/

Em 13 de dezembro de 2021, os operadores da empresa chegaram a fazer uma “carreata”

Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2021/12/13/pessego-transportes-tem-protesto-na-manha-desta-segunda-13-na-zona-leste-de-sao-paulo/

Em 08 de outubro de 2021, também houve manifestações com paralisação.

Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2021/10/09/pessego-transportes-volta-a-operar-normalmente-neste-sabado-09-na-zona-leste-da-capital-paulista/

Em junho de 2020, a empresa chegou a ficar cinco dias parada

Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2020/06/13/apos-cinco-dias-com-paralisacao-pessego-transportes-volta-ao-normal-na-zona-leste-de-sao-paulo/

Em março de 2020, foram dois dias de paralisação.

Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2020/03/09/paralisacao-na-pessego-transportes-afeta-zona-leste-de-sao-paulo/

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. Ĺuiz antonio bertolo disse:

    Bom dia a todos eu acho que vcs em vez de falar mal que a pessego e isso e aquilo e parou e atrapalhou a vida dos usuarios,facam uma reportagem correta e vera o verdadeiro motivo do porque parar falem com socios proprietarios da pessego porque ninguem quer ou queria parar mais foi e sempre sera a forma de sermos vistos e atendidos obgada.

  2. Marcos Borges disse:

    UE mas não falaram que todas as cooperativas de ônibus viraram empresas?Porque a Pêssego ainda é praticamente uma cooperativa AINDA?Nos contratos da Licitação não fala que todas as empresas que não eram empresas tem que virar empresa?Agora pra parar toda hora tem erros graves aí..Alias passa o tempo e sempre surgem reportagens nesse blog que tal empresa parou.E o povão que se dane!

  3. Wagner Galvani disse:

    O Povo não pode Pagar Pelas Ganância dos donos de Ônibus desta Cooperativa que aínda não virou Empresa a SPTrans Tem Que cassar a conceção urgente desta Cooperativa o povo não pôde Maís ser Prejudicando

Deixe uma resposta