Polícia Militar prende 18 pessoas que embarcaram sem pagar no transporte coletivo de Uberlândia (MG)

Infratores aguardavam o momento de abertura das portas automáticas para entrar sem pagar. Foto: Reprodução / Google Maps.

Operação aconteceu após denúncias realizadas pelas empresas de ônibus

WILLIAN MOREIRA

Atendendo denúncias das empresas de ônibus do transporte coletivo de Uberlândia (MG), a Polícia Militar realizou nesta quarta-feira, 19 de abril de 2022, a Operação Loki para combater a evasão.

Os policiais prenderam 18 pessoas que utilizavam os coletivos urbanos sem pagar a tarifa, uma vez que acessaram a estação 4 do SIT (Sistema Integrado de Transporte) sem passar pelas catracas, burlando assim o sistema de cobrança.

De acordo com a PM, as pessoas flagradas geralmente são trabalhadores que de maneira repetitiva, esperavam o ônibus chegar na estação, abrir as portas automáticas e embarcar sem pagar a passagem, mesmo possuindo o Vale Transporte, fornecido pelas empresas em que trabalham.

Os envolvidos no ato de fraudar o embarque no transporte foram encaminhados para a delegacia e em seguida liberados, após assinarem um TC (Termo Circunstanciado).

A Polícia ressaltou que as operações vão continuar.

Willian Moreira em colaboração especial para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

Deixe uma resposta