Caio entrega último lote dos 450 ônibus para a Angola

Veículos possuem modelo Caio Apache Vip IV. Foto: Divulgação.

Desta vez, 45 unidades foram exportadas para o país da África Central

JESSICA MARQUES

A Caio entregou o último lote dos 450 ônibus para a Angola, país localizado na África Central.

Segundo a fabricante, o último lote foi com 45 unidades do ônibus modelo Apache Vip IV.

“Esse lote, que completa uma encomenda de 99 unidades para o cliente, desembarcou na segunda quinzena de março. Nesta etapa, os veículos estão sendo preparados para a entrega para o operador do transporte coletivo, para que já iniciem as operações”, afirmou o representante da Caio para o mercado externo, Klaus Von Winckler.

Responsável por uma representação de concessionárias da Volkswagem do Brasil em Angola, compete ao Grupo Asperbras a venda de ônibus, PDI e preparação de veículos para a instalação de itens na carroceria. Alguns desses componentes como cobrança por bilhete eletrônico e controle de frota, são gerenciados pela Pait consultoria.

Assim como os demais ônibus da encomenda, o novo lote faz parte do TURP (Projeto de Transporte Urbano Regular de Passageiros).

DETALHES DOS VEÍCULOS

Com 10.50 metros de comprimento, embarque dianteiro e lotação total para 74 passageiros, os Apache Vip geração quatro são equipados com ar-condicionado e janelas com vidros na cor fumê.

Todas as unidades estão equipadas com degrau escamoteável, poltronas reservadas a pessoas com mobilidade reduzida, pessoas com deficiência e idosos.

Ainda segundo a Caio, os ônibus contam com portas do tipo fole, com acionamento eletropneumático e bloqueadores, os quais evitam abertura inesperada durante o trajeto.

Além disso, anteparos antievasão foram instalados próximos à catraca, junto ao cobrador. Todos os ônibus possuem barreiras de proteção contra o coronavírus, para motorista e cobrador, item importante para a manter a biossegurança.

Iluminação em LED, catraca eletromecânica e preparação para sistema de bilhetagem eletrônica complementam os itens que compõem os veículos.

Itinerários eletrônicos, também em LED na cor âmbar, foram instalados em vários pontos da carroceria, para que os passageiros tenham melhor visibilidade do itinerário.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta